Gato da sorte: de onde vem essa crença?

Março 10, 2018

Certamente você viu na entrada de alguma loja ou casa um boneco de um gato branco ou dourado que move sua mãozinha como saudação para os recém-chegados. O chamado “gato da sorte ou da fortuna” vem da cultura japonesa. Neste artigo, contaremos como essa crença surgiu e muito mais.

Gato da sorte: por que todo mundo tem um?

Ele pode ser feito de plástico ou de porcelana. Mas, independentemente da versão ou do material, tem o mesmo significado: atrair sorte. A maioria das pessoas acredita que este gatinho está “acenando” com o movimento da patinha dianteira. Mas, no entanto, está chamando com a mão. Não se esqueça de que os orientais flexionam o tronco para dizer olá. Então, levantar a mão para dizer “olá” ou “adeus” é um ato puramente ocidental.

Gato da sorte

Mas, retornando ao “Lucky Cat”, devemos saber, por exemplo, que seu nome original é Maneki-Neko. A tradução literal seria “gato que te convida a passar [por algum lugar, sobretudo uma porta]”. Além disso, o movimento da mão é um convite notável para entrar em um lugar e para receber os convidados.

O felino que serviu de inspiração para este objeto popular nos países asiáticos (e cada vez mais em europeus ou americanos) é o Bobtail japonês. Esta raça é famosa por não ter cauda devido a uma mutação natural da coluna vertebral.

O gato da sorte é visto em todos os tipos de negócios, lojas e restaurantes. A pata esquerda é a que geralmente está levantada ou em movimento (dependendo do material com que for feito) e a direita segura uma antiga moeda conhecida como Koban. Além disso, ele pode contar com um colar de chocalho para espantar espíritos malignos.

Significado das cores do gato da sorte

O simbolismo no Japão é muito importante. Portanto, o Maneki-Neko pode ter versões diferentes. Cada um deles significa algo.

Por exemplo, se cumprimentar com a pata direita, é sinônimo de dinheiro e prosperidade; se o fizer com a esquerda, atrai visitantes. Existem esculturas mesmo com ambas as mãos levantadas, o que significa proteção.

Há também diferenças de acordo com a cor do gato da sorte. Aquele que tem mais “poderes” é o tricolor (preto, branco e laranja), e se diz que é o melhor para os viajantes. Vale ressaltar que esta característica em termos de tons de pelo é conhecida (em espanhol) como Calicó, e é a combinação mais comum na raça Bobtail.

Além disso, podemos encontrar Maneki-Neko verde (para saúde e estudos), branco (para coisas boas no futuro), ouro ou prata (sorte nos negócios), vermelho (amor), amarelo (economias), azul (para realizar sonhos), rosas (casamento) e negros (felicidade e evitar má sorte).

Lendas e história do gato da sorte

De onde é que vem a tradição de colocar uma escultura de um gatinho que acena na entrada de lojas e casas? Os japoneses não têm uma, mas três explicações baseadas em lendas.

Gatos da sorte, Manekineko

A primeira nos fala sobre um templo com muitos problemas econômicos. Lá, um monge compartilhou seu alimento escasso com seu gatinho chamado Tama. Um dia, um senhor feudal se esconde da chuva sob uma árvore e vê um gato de três cores que o chama, convidando-o a entrar no templo. Assim que o homem se aproxima do animal, um raio cai na árvore onde ele estava se protegendo. Como recompensa, ele financia a reforma do templo e traz prosperidade de volta ao lugar.

A segunda lenda conta a história de uma cortesã de Tóquio que teve um gato. Ele foi assassinado pelo dono do bordel, acreditando que estava enfeitiçado. A mulher ficou profundamente triste com a morte de seu animal de estimação. Portanto, um cliente fez um retrato de madeira para que ele estivesse sempre com ela.

Finalmente, outra história de Tóquio também fala sobre uma velha que teve que vender seu gato por causa de sua pobreza extrema. O felino apareceu em um sonho e pediu-lhe que fizesse uma escultura de seu corpo com argila, o que ela vendeu rapidamente. A partir desse momento, ela se dedicou a criar mais estátuas do gato e a prosperar por causa de seus clientes.

Recomendados para você