Por que o meu gato não usa a caixa de areia?

Você já explicou mais de mil vezes que a caixa de areia é o lugar onde deve fazer as necessidades. No entanto, o seu gato parece não prestar atenção, não entende suas ordens ou não se importa com o que você tem a dizer. Neste artigo, contaremos quais os possíveis motivos pelos quais o seu animal de estimação não é tão “limpinho”.

Por que o meu gato não usa a caixa de areia

Talvez ele tenha sido um animal higiênico por muitos anos e, da noite para o dia, mudou de hábitos. Talvez se trate de um gato recém-chegado em casa e que ainda não se acostumou com as regras. De acordo com os veterinários, um felino não deixa de usar a caixa de areia sem motivo aparente, já que esse é um comportamento instintivo e que os acompanha desde os primeiros meses de vida. Por isso, se o seu bichano passou a fazer cocô e xixi em qualquer lugar, você precisa descobrir o motivo do comportamento:

1. Problemas de saúde

caixa de areia gato

Se o gato mudou os hábitos e já não usa a caixa de areia, é bom marcar uma consulta com o veterinário, já que ele talvez tenha alguma infecção ou doença urinária. Esse problema é muito comum nos felinos. O animal passa a relacionar a caixa de areia com a dor ao urinar e, por isso, desiste de usá-la. Ele também pode fazer xixi em qualquer canto, porque não tem tempo de ir até o lugar correto.

2. Má localização

A caixa de areia do gato deve estar em um lugar privado, pelo menos longe de ruídos, trânsito ou movimentos. Não há necessidade de ter um cômodo especial só para isso, mas tente colocar a caixa em um ambiente tranquilo e afastado da vida cotidiana da casa.

Por sua vez, se a caixa higiênica está localizada em um lugar pouco acessível para o animal ou em um espaço fechado por uma porta, ele poderá ter dificuldades para conseguir usá-la. Não se pode esperar que o animal de estimação suba ou desça as escadas até um sótão ou porão só para fazer as necessidades.

3. Sujeira

Alguns gatos são mais detalhistas que outros nesse sentido. O olfato dos felinos é 20 vezes mais aguçado que o nosso. Isso significa que quando nós sentimos o cheiro de urina ou fezes… eles já o identificaram há muito tempo!

Muitos gatos não usam a caixa de areia a menos que ela esteja completamente limpa e não tenha nenhum resto de xixi ou cocô (não vamos nem falar sobre o caso de caixas compartilhadas com outro gato). Os donos devem se esforçar um pouco mais na limpeza da caixa higiênica e não ficar mais do que um dia sem trocar as pedras.

4. As pedras ou a areia

Um dos motivos que podem fazer os gatos deixarem e usar a caixa higiênica é não gostarem do que tem lá dentro. E não nos referimos às fezes, mas às pedras ou à areia. Se você comprou uma marca nova ou de outro tipo, por exemplo, pode se que essa marca não agrade o seu mascote. Talvez ela tenha um aroma diferente do qual ele está acostumado ou machuque as suas patas.

5. Tamanho

gato na caixa de areia

A caixa de areia nem sempre é adequada ao gato. Talvez a gente pense que tanto faz uma caixa grande ou pequena, que todas são iguais, mas não é verdade. Quando é filhote, o animal precisa de um lugar menos profundo do que quando é adulto. Todos necessitam de um bom espaço para fazer as necessidades com mais conforto.

6. Caixas compartilhadas

Se você tem muitos gatos, deverá ter várias caixas de areia. Em alguns casos, inclusive, uma por animal, já que eles podem ser mais territorialistas e ficar agressivos quando outro gato se aproxima de suas coisas. Existem felinos que não urinam ou defecam no mesmo lugar que foi usado por outro gato, nem mesmo depois de limpo.

7. Mudança de lugar

Os animais são muito apegados aos hábitos e aos costumes. É por isso que o seu gato sabe que a caixa de areia está naquele lugar e sempre irá até lá quando tiver que fazer as necessidades. Mas se por algum motivo você resolveu mudá-la de lugar… Não espere que o seu bichano siga a corrente. É provável que ele faça xixi ou cocô no lugar onde antes estava a caixa higiênica.