No que você erra na hora de educar o seu cão?

novembro 17, 2016

Educar o seu cão requer perseverança, tempo e paciência. Você deve entender que seu pet não aprenderá de um dia para o outro. Por isso, você não pode perder a calma nem o objetivo de vista. E sobretudo, tem que estar aberto à autocrítica para saber corrigir os enganos que possivelmente esteja cometendo.

A culpa sempre é do dono, nunca do peludo

São vários os pontos onde você pode errar na hora de educar o seu cão. E é bom reconhecê-los a tempo. Assim evitará confundir o seu peludo, ou o que é pior, jogar a culpa nele por não ter avanços.

Portanto, se você quer obter uma boa convivência entre todos os membros humanos e não humanos da família, dê atenção a este artigo.

E lembre-se de que, se de todas formas não obtiver os objetivos que se propôs na educação de seu pet, poderá consultar um veterinário ou um especialista em conduta animal.

passos-para-educar-o-seu-cao

Se você não estiver obtendo avanços na educação de seu peludo, não jogue a culpa nele. O melhor é aprender a identificar no que está errando e certamente assim alcançará os objetivos que se propôs no início.

Utilize o Reforço Positivo para a educação de seu pet

A primeira coisa que você deverá fazer para conseguir educar o seu cão de forma bem-sucedida é aprender a interpretar sua linguagem corporal. Uma vez que saiba decodificar seus sinais, será muito mais simples encarar sua educação.

Mas, de qualquer forma, podem aparecer enganos na educação de seu amigo de quatro patas. Por exemplo, castigá-lo se ele não fizer o que lhe pede ou se ele tem um mau comportamento.

O melhor a fazer é contar até dez e se manter perseverante. Para educar um cão sempre é melhor utilizar o Reforço Positivo. Isto significa, em resumo, ignorar suas condutas negativas e premiar as positivas com carícias, palavras de afeto e alguma guloseima de seu agrado.

Sem dúvida, é muito melhor que seu pet possa associar o que aprende com uma experiência agradável do que com um castigo ou uma provocação. Não acha? Além disso, leve em conta que a crueldade para com os animais, felizmente, passou a ser considerada crime.

Mais erros que podem ser cometidos na hora de educar o seu cão

Outros erros comuns quando você quer transmitir algumas regras de conduta ao seu cão podem ser:

  • Emitir ordens muito contundentes ou tentar frear um comportamento de repente. Os peludos, assim como os humanos, necessitam de um tempo para processar os conhecimentos que lhes são transmitidos.
  • Pretender lhe ensinar tudo de uma vez. Vá passo a passo. Do mais simples ao mais complexo. Tão logo ele claramente incorpore um conhecimento, passe ao seguinte. Não o canse.
  • Dar ordens complicadas. Tente emitir ordens simples, de fácil compreensão, pelo menos em um primeiro momento. Do contrário, provavelmente você confundirá o seu amigo de quatro patas e ele não conseguirá cumprir o que você lhe pediu.

Além disso, procure fazer com que o seu cão se exercite o suficiente. Um cão que não gasta devidamente sua energia pode se mostrar ansioso, e inclusive agressivo, e será muito mais difícil de encarar sua educação.

educar-o-seu-cao1

Conselhos para ter um cão educado e feliz

Leve em conta que os peludos podem se estressar ou ficar ansiosos se lhes dermos ordens muito severas ou com um tom agressivo. Eles também ficam temerosos se os castigarmos fisicamente. E, certamente, nestes casos você obterá o efeito contrário ao procurado.

Mas lembre-se de que – como já deve estar ficando claro – a culpa não é de seu pet, mas sim dos erros que está cometendo em sua educação.

Assim, uma vez mais, na hora de educar o seu cão lembre-se:

  • Priorize principalmente a paciência, a perseverança e a persistência.
  • Deixe as irritações de lado.
  • Aceite que quem pode estar errando é você e não o seu peludo.
  • Encare seu treinamento com muito amor.

Desta maneira você obterá, mais cedo ou mais tarde, um cão educado e feliz.