O que fazer quando os gatos vomitam

junho 1, 2017

É normal que gatos e cães vomitem, e isso nem sempre indica algo grave. Entretanto, em certas ocasiões, pode ser sintoma de que alguma coisa não vai bem. Para saber o que fazer diante dos vômitos de nosso felino, confira nossos conselhos.

Temos de estar conscientes de que, se os vômitos são habituais, é importante levá-lo ao veterinário. É preciso que seja ele quem determine as causas e o tratamento. Entretanto, na maioria dos casos, esses sinais são somente anomalias leves, por exemplo, a prova que o animal comeu rápido demais.

O que faço se meu gato tem vômitos

Observe

Se o seu gato vomitar, ainda que somente uma vez, é importante que o observe e veja se isso ocorre com frequência. Quando você fizer isso, identificar o problema será muito mais fácil. Então poderá atuar para combatê-lo.

Imagine que você percebe que seu gato sempre vomita depois de haver comido certo alimento. Ou logo depois de haver ingerido algum tipo de erva. Se isso acontece, o único que você tem a fazer é evitar que ele coma essa erva ou eliminar de sua dieta esse alimento.

Bolas de pelo

Uma das causas mais comuns dos vômitos são as bolas de pelo. Isso acontece porque os gatos fazem sua higiene corporal com a língua. Isso faz com que os pelos comecem a se acumular nela e acabem por engolir.

Como seu estômago não está preparado para digeri-los, a forma de expulsá-los é através dos vômitos. Nesse caso, o que pode ajudar é dar para o gato plantas que o ajudem na tarefa de expulsá-los.

Come demasiado

Da mesma forma que acontece com os seres humanos, os gatos também podem comer além da conta. Isso provoca uma sobrecarga de comida que o corpo não está preparado para digerir. A forma de expulsar é através do vômito.

Para evitar este problema, temos de controlar a quantidade de comida que nosso gato come. Também vigiar para que ele coma devagar e mastigando da maneira correta.

Vômitos frequentes

Em certas ocasiões, os vômitos podem ocorrer sem nenhuma das causas anteriores. Isso poderia ser causado por algum tipo de intolerância ou gastrite.

O que podemos fazer nesses casos é deixar o gato um dia inteiro sem comer e ver se os vômitos continuam. Caso isso ocorra, o mais conveniente será levar o bichano ao veterinário rapidamente, já que é possível que tenha uma infecção gastrointestinal, que terá de ser tratada.

Assim, se o veterinário descobre que é uma intolerância, fará um exame de sangue que determinará qual é o alimento que causou os vômitos e pedirá a você que o elimine da dieta. Se é um alimento necessário para o gato, o habitual será que ele indique outro que tenha os mesmos nutrientes.

Estresse

Ainda que pareça estranho, os gatos também podem sofrer de estresse. Os gatos são animais de rotina, sendo assim, quando sofrem mudanças, podem se estressar. Por exemplo, uma mudança, a aquisição de um novo animal de estimação ou uma mudança na alimentação poderia estressar o animal e isso, por sua vez, pode gerar doenças que o façam vomitar.

Parasitas

Os parasitas estomacais podem ser outra das causas dos vômitos felinos. Se o seu gato tem parasitas, o mais normal é que vomite durante mais de um dia, por isso, você deverá levar o animal urgentemente ao veterinário.

Observar seu gato e ver qualquer alteração em sua atitude ou em seu comportamento é primordial para identificar se esses vômitos são algo para se preocupar ou não.

Entretanto, se você nota que seu gato continua vomitando depois de 24 horas, o melhor é levá-lo ao veterinário sem falta, já que sua vida pode depender disso.

Não é demais alertar que, se seu gato tem vômitos, o melhor é que você não lhe dê nenhum alimento até que esses vômitos parem.