Os cachorros têm inteligência emocional?

Os cachorros têm inteligência emocional?

Última atualização: 11 Novembro, 2017

Fala-se muito sobre as capacidades e habilidades dos animais de estimação, a quem cada vez mais concedemos qualidade humanas. Sabemos que eles podem compreender muito do que dizemos e que têm sentimentos. Mas também nos perguntamos se os cachorros têm inteligência emocional. Neste texto, vamos lhe contar.

O que é a inteligência emocional?

Nós, seres humanos, compartilhamos muitas coisas com os cães, como por exemplo, a estrutura cerebral conhecida como sistema límbico”. Trata-se de um conjunto de conexões que gerenciam as respostas a certos estímulos. Tem relação com a memória, o instinto sexual, a personalidade e a conduta. Faz interação muito rapidamente com os sistemas nervoso e endócrino.

Por isso, talvez, sejamos tão unidos a nossos animais de estimação: por isso entendemos suas emoções e seus sentimentos. E assim como nós temos essa capacidade, o bichinho também tem. É isso mesmo: os cães podem interpretar o que sentimos e reagir por consequência.

Cachorro correndo

Como os cachorros têm inteligência emocional, podemos nos vincular a eles de uma maneira diferente. A atividade cerebral canina aumenta quando eles estão à frente de seu dono, quando ele volta para casa, quando conversa com o animal ou lhe faz carinho.

Os cachorros têm inteligência emocional?

A habilidade de assimilar, perceber, compreender e regular as emoções próprias e a dos demais (nesse caso, a inteligência emocional, segundo o escritor Daniel Goleman) não é algo que diz respeito apenas aos seres humanos.

Ao que parece, os cães têm a capacidade de reconhecer suas próprias emoções (autoconsciência), para controlar seus estados de ânimo (autoregulação), tomar uma atitude (motivação), entender as emoções de quem os rodeia (empatia) e construir relações sociais.

Os cachorros são provenientes dos lobos, e daí vem sua necessidade de viver em companha (manada). Dentro desse esquema, há lugares bem marcados e as relações se estabelecem para assegurar o bem-estar do grupo. Para os cães, os donos são parte deste clã, e por isso simpatizam conosco para entender nossas palavras, nossas ordens e, além disso, para poder ajudar se não estamos em condições.

Assim como fazem os lobos, os cães também podem detectar quando um dos membros da manada está triste ou cansado, e inclusive percebem quando os humanos estão tristes também! Isso demonstra a forte conexão emocional que os animais têm conosco.

Após vários séculos de convivência, os animais de estimação se consideram mais um membro da família. E para se dar bem com os outros membros, tiveram que desenvolver um “sentido” novo: o da inteligência emocional.

É claro que isso não diz respeito só aos cachorros. Nós, os seres humanos, também criamos essa habilidade de compreender um ser de outra espécie simplesmente ao olhar para a expressão em seu rosto.

Lições de inteligência emocional do nosso cachorro

Não creia que você é o único que pode ensinar coisas a seu cachorro. Ele também pode ser um excelente professor em questões relacionadas à inteligência emocional:

1. Estar presente

Quando saem para passear, a única coisa que o animal de estimação pensa é… que está indo passear! Observa e cheira tudo, desfruta de estímulos e, se necessário, entra em alerta quando há perigo.

Cão com sua dona grávida passeando no campo

2. Alegrar-se com os detalhes

Ao chegar em casa depois de um dia estressante, nosso cachorro nos recebe como se fôssemos a Rainha da Inglaterra. Brincadeiras, latidos, rabo inquieto… Quem da sua família te espera da mesma maneira?

3. Empatia

Talvez isso se deva ao fato do cachorro saber como deixar “a mente em branco” e focar no que é importante. O cachorro se aconchega a seu lado quando você está doente, cansado ou triste. Ele te faz lembrar que você não está sozinho… mesmo sem dizer uma palavra.

4. Buscar o melhor do outro

Passamos a vida falando mal dos outros, baseando-nos nos preconceitos, e sempre destacando os defeitos dos outros. Exatamente o contrário do que faz nosso animal de estimação! Para ele, não importa se você está maquiada, com o cabelo desarrumado ou se tem celulite. Ele te ama de forma incondicional e você é o mais importante na vida dele. Por tudo isso, está claro que os cachorros têm inteligência emocional.