Os cães podem ficar agressivos por causa do comportamento dos donos

Embora exista uma crença de que certas raças de cães podem ser mais agressivas, assunto avaliado pela legislação de diversos países, você precisa saber que – o mais provável – é que os cães fiquem agressivos por causa do comportamento dos donos.

Contra a teoria das raças potencialmente perigosas

cão agressivo

Salvo exceções que sempre confirmam a regra, a ciência parece confirmar cada vez mais que não existem raças caninas com maior tendência a comportamentos violentos.

Não importa se o seu peludo tem pedigree ou é um animal mestiço recolhido da rua. Se o animalzinho se comporta de maneira agressiva, a primeira coisa que você deve analisar é qual a sua parcela de culpa.

Partimos do pressuposto de que qualquer cão que seja tratado com violência pode começar a desenvolver comportamentos similares.

Os cães podem se tornar agressivos por diversos motivos. Na maioria dos casos, as causas desses comportamentos são de responsabilidade de seus donos.

Os cães podem ficar agressivos se recebem um treinamento baseado em castigos

Em um estudo publicado na revista Applied Animal Behaviour Science, foi constatado que os cães podem ficar agressivos se são treinados com métodos que incluem o castigo e o reforço negativo.

Com isso, aumentam as possibilidades de que estes animais latam ou mordam desconhecidos. E mais, eles podem começar a agir assim com membros de sua família humana.

Por sua vez, um estudo feito na Universidade da Flórida concluiu que embora nem todas as raças se comportem da mesma maneira, atribuir a agressividade a algumas delas é inconclusivo. E isso vai além de dizer que o tamanho do peludo influencia no dano que pode causar ao atacar pessoas ou animais.

Outros motivos que podem deixar os cães agressivos

O mais correto seria dizer que alguns cães podem apresentar comportamentos agressivos, independente de sua raça. Mas não é apenas um treinamento violento que pode desencadear esse tipo de atitude.

A agressividade canina também pode ser causada pelo trato cotidiano que damos ao animal. Entre outras coisas:

  • Não prestar a devida atenção a ele
  • Socialização e educação escassas
  • As condições em que o cão se encontra (se tem espaço suficiente, se permanece preso ou sozinho por muito tempo etc.)
  • Não realiza atividade física o suficiente

A irresponsabilidade humana, principal causa da violência canina

Não há razão para dúvidas. Um cão agressivo pode ser consequência, mais uma vez, da irresponsabilidade de seus donos em vários aspectos.

Lembre-se de que os cães são animais de matilha e que agem a partir de um sistema de hierarquia. Se não impomos regras claras de convivência e não são bem tratados, não há razão para culpá-los pelo mau comportamento ou pela agressividade que possam desenvolver.

Podemos afirmar que a agressividade nos peludos é uma forma de resposta ancestral a um estímulo do ambiente. E aqui entram tanto as experiências passadas, o tipo de treinamento que recebem e as condições de vida que possuem. Todos esses fatores, como você pode observar, dependem dos humanos.

Parágrafo à parte para aquelas pessoas que, deliberadamente, buscam que seus cachorros tenham reações agressivas por motivos diversos. Mas isso é tema para outros artigos.

Eduque, cuide e ame o seu cão

Staffordshire bull terrier, cães agressivos

Por isso, se você tem um cão, seja responsável por seu cuidado e pela sua boa educação. Veja sempre o lado positivo e respeite-o pelo que ele é. Não tente humanizá-lo.

E, principalmente, lembre-se de que, se por ação ou por omissão de sua parte, o animalzinho se tornar agressivo, é ele e não você que pagará as consequências. Não esqueça que elas vão desde o abandono até o sacrifício.

Então, socialize o seu cãozinho, estabeleça regras claras e, principalmente, ame-o muito.