Os gatos e o leite: amigos compatíveis?

· junho 9, 2017

A foto de um gatinho bebendo leite é muito famosa. Ela aparece sempre que escutamos falar sobre os felinos. Quando são filhotinhos, precisam de leite, como todos os bebês. Mas, conforme vai passando o tempo, pode ser que isso mude. Sendo assim, será que os gatos são amigos do leite? Vamos ver a seguir.

Devemos lembrar que um filhote bebe leite materno. Mas ele não é como o leite da vaca. Conforme um felino vai crescendo, devemos saber que esse leite contém algumas propriedades que podem trazer ou não benefícios para eles.

Os gatos devem beber leite?

Sem mais rodeios: não, os gatos não podem beber leite. Embora isso pareça incrível, já que sempre pensamos em filhotes bebendo leite, os gatos e o leite são incompatíveis. Conforme o felino vai crescendo, ele vai desenvolvendo uma intolerância à lactose. Por isso, a sua ingestão trará mais malefícios que benefícios.

Sendo assim, apesar de sempre relacionarmos gatos e leite, isso está longe de ser verdade. Os felinos não podem tomar nenhum tipo de leite. Muito menos iogurte ou outros derivados dos lácteos. 

Assim como acontece com tudo na vida, é possível que alguns gatos tolerem melhor o leite. No entanto, muitos criam uma intolerância à lactose na fase adulta. Isso ocorre porque geralmente os gatinhos não devem beber leite.

E se o meu gato gostar de leite?

Se o seu gato gosta de leite, você deverá oferecer a ele de forma moderada. Lembre-se de que ele dificulta a sua digestão. Você deve se assegurar que o seu gato não tenha nenhum tipo de alergia ou intolerância à lactose.

Como eu posso saber se o meu gato tem ou não alergia a leite?

A alergia ao leite é um dos males mais comuns nos gatos. Por isso, antes de se decidir se você irá dar ou não leite ao seu gatinho, é preciso se assegurar que ele não tem nenhum tipo de alergia.

A alergia pode surgir porque o animal não dispõe de enzimas suficientes para quebrar as moléculas da lactose e fazer com que ela seja mais digestível e rápida. Quando isso acontece, o corpo do animal reage de forma adversa. Logo, ele fica passando mal, tendo diarreia, vômitos, etc.

Por isso, esses são os sintomas mais comuns causados pela alergia a leite. O gato também pode apresentar problemas de pele. Normalmente, todos esses sintomas acontecem no animal logo após a ingestão de leite, ou, até mesmo, alguns dias depois.

Se o seu gato sofre de algum desses sintomas e você não sabe ao certo a razão, observe-o por algumas horas após a ingestão do leite. Mas, sobretudo, leve-o ao veterinário.

Mas, então, qual é a melhor alimentação para o meu gato?

Como sempre dizemos, o veterinário é a pessoa mais indicada a orientá-lo sobre o tipo de comida que o seu gato precisa.

Embora o mais recomendado seja que ele coma ração, isso não significa que, de vez em quando, ele não possa comer comida enlatada, alguma guloseima, ou, inclusive, beber um pouco de leite, caso ele goste e não tenha alergia.

Assegure-se de que a ração que você irá comprar seja aquela que contenha os nutrientes que ele necessita, além das vitaminas e minerais e, é claro, que esteja de acordo com a sua idade.

Como você pode ver, digamos que os gatos e o leite não são amigos muito compatíveis. Um gatinho não precisa de leite. Por isso, se você decidir dar para ele, ofereça porções pequenas e com espaços de tempo entre uma e outra, bem prolongados.

Dizem que nós somos aquilo que comemos, e no caso dos gatos esse ditado também pode ser aplicado. Portanto, se você quer ver o seu gatinho saudável e feliz, ofereça sempre ao bichinho uma alimentação saudável.