Por que os cachorros cheiram entre nossas pernas?

dezembro 1, 2017

É comum sentir vergonha quando os cachorros cheiram entre nossas pernas ou nosso bumbum. Mas antes de reprimir ou castigar o animal de estimação, é importante entender melhor esse comportamento. O que para nós parece feio, para eles pode ser muito natural.

A primeira coisa a se entender é que o animal não o faz com má intenção, para incomodar ou intimidar. Na verdade, eles não têm ideia de que isso é um sinal de má educação entre os humanos.

O problema é que humanizamos tanto os animais domésticos que nos assustamos com uma conduta própria de sua espécie. Querer que um cão se comporte sob as mesmas regras sociais que os humanos significa não respeitar sua natureza. Isso pode ocasionar dor e facilitar a manifestação de várias doenças no organismo do animal.

Por que os cachorros cheiram os genitais de outros cães?

A forma de comunicação entre os humanos é muito diversa. Mas está longe de ser a única. Os cachorros se expressam, se comunicam e possuem sua própria linguagem corporal.

Cão na coleira passeando com seu dono

Alguns códigos de conduta de nossos animais de estimação podem parecer estranhos para nós. Porém, não acontece o mesmo com eles? É muito fácil observar como nossos cachorros nos olham de forma estranha frente a algumas de nossas atitudes no dia a dia.

Da mesma maneira, nós não temos que compartilhar a linguagem corporal de nossos melhores amigos, mas sim respeitá-la. Os cães têm no olfato seu principal sentido de exploração e reconhecimento. Assim, captam estímulos e informações do meio ambiente para conhecer o que há a seu redor. Inclusive dos animais e pessoas que estão em seu entorno.

Mas por que eles vão direto aos genitais?

Os mamíferos possuem glândulas apócrinas sudoríparas espalhadas por diferentes partes do corpo. Estas pequenas estruturas são responsáveis por produzir um fluido corporal com cheiro, chamado feromônio. Este fluido carrega informações sobre cada indivíduo, cumprindo uma importante função social no ecossistema.

Nos cães, esses fluidos com cheiro se concentram na zona anal e genital. É por isso que os cães geralmente “se cumprimentam” na rua cheirando suas partes mais íntimas.

Quando um animal cheira os genitais do outro, recebe informações sobre sua idade, fase reprodutiva, sexo, caráter e humor.

O que quer dizer quando os cachorros cheiram entre nossas pernas?

Os seres humanos possuem glândulas sudoríparas de diferentes tipos espalhadas por toda a pele. É um mecanismo de controle de temperatura e troca de fluidos com o ambiente.

No entanto, as glândulas apócrinas sudoríparas se concentram nas axilas e virilha. É por isso que o cachorro geralmente se direciona imediatamente para cheirar nossa partes mais íntimas.

Os cachorros cheiram entre nossas pernas ou nosso bumbum como forma de estabelecer uma conexão. Como se quisesse se apresentar e ao mesmo tempo conhecer melhor a pessoa que acaba de encontrar. Por isso, é mais comum que isso aconteça quando encontramos animais desconhecidos.

Por que o cachorro pode cheirar algumas pessoas com mais intensidade?

Muitas vezes, os cachorros podem demonstrar mais curiosidade com o cheiro de algumas pessoas, ou podem cheirar mais intensamente os genitais de certos indivíduos.

Isso acontece porque a produção e liberação de feromônios pode ser acentuada em determinadas condições do organismo humano. Durante o ato sexual, os humanos liberam uma grande quantidade de feromônios. Por isso, os cães podem mostrar muita curiosidade para cheirar as pessoas que tiveram relações sexuais recentes.

No caso das mulheres, é comum que os cães mostrem interesse particular em cheirar a área genital durante o período menstrual e de ovulação. Eles também demonstram curiosidade por mulheres que estão amamentando ou que deram à luz recentemente.

O que fazer quando os cachorros cheiram entre nossas pernas?

Esse comportamento é parte da forma de ser e conviver dos cachorros. Reprimir seu instinto é algo muito doloroso para o animal. Especialmente porque essa conduta não apresenta um risco real para os seres humanos ou outros animais.

Senhora idosa brincando na praia com cachorro

O processo de socialização ajuda a diminuir a reação do animal frente a diversos estímulos, principalmente ruídos. Mas pode ser pouco eficaz em relação ao olfato de reconhecimento.

Pode parecer estranho, mas o melhor é não fazer nada. O animal vai parar de apresentar esse comportamento quando tiver confiança na pessoa. Ele não vai fazer nenhum dano nem ofender a ninguém.

O que pode ser feito é evitar o contato de seu animal de estimação com pessoas que não se sentem confortáveis perto de cachorros. Por isso, quando os cães cheiram entre nossas pernas, estão exercitando um dom e fazendo uma amizade.

Fonte da imagem principal: alexplayground