Qual é o momento da castração? Ela é recomendável?

O momento da castração representa uma decisão crucial sobre a saúde sexual e o futuro reprodutivo dos animais de estimação. É fundamental conhecer melhor este processo para saber quando, como e por que esterilizar o seu melhor amigo.

O que é castração?

A castração consiste em extirpar as glândulas sexuais. Ela é feita por meio de uma intervenção cirúrgica de curta duração com aplicação de anestesia geral. Nos machos, são extraídos os testículos, enquanto nas fêmeas retiram-se os ovários e o útero.

Em muitos países, a esterilização em massa e gratuita e uma iniciativa do Governo. Isso ocorre para incentivar a posse responsável e também é uma forma de combater a superpopulação de animais sem donos.

Gato preto e branco

O exemplo da Espanha

Na Espanha, esta medida se tornou mais comum depois que o Congresso aprovou as reformas em 2015. O novo regulamento penaliza os donos que maltratam e abandonam os seus animais de estimação. Também obriga o Governo a tomar providências para evitar a proliferação de animais abandonados.

No entanto, a castração não é indicada somente para um controle reprodutivo. Para muitos animais, é uma forma de prevenir ou frear doenças graves, como infecções e tumores.

Como determinar o momento da castração de seu animal de estimação?

Para determinar o momento da castração de seu pet, é necessário levar em conta o sexo, idade e raça do animal.

Para raças de pequeno porte, os estudos científicos recomendam, como idade ideal, entre 6 e 9 meses. Nesse momento, a castração pode prevenir a maioria das doenças uterinas nas fêmeas. Já os machos podem ser castrados até o primeiro ano de vida, para diminuir o risco de doenças na próstata.

Sobre os cães de porte médio a gigante, os prazos são diferentes. Muitos veterinários opinam que o recomendável é esperar até os 18 meses de vida. Isso para evitar que o organismo desses animais se torne vulnerável ao câncer dos ossos.

Muitas vezes, o motivo da castração não é biológico, mas sim temperamental. Uma boa quantidade de animais de estimação é esterilizado para diminuir condutas agressivas, fuga e comportamento possessivo intenso sobre territórios e pessoas.

Nestes casos, o melhor é ouvir o conselho profissional do seu veterinário de confiança.

Por que optar em castrar o seu animal de estimação?

Para responder a essa pergunta é necessário equilibrar o lado racional e o lado emocional dos donos. A ideia de retirar as glândulas reprodutivas de um animal pode parecer invasiva ou antinatural, pelo menos a princípio. Mas na verdade é um método eficiente de cuidar da saúde e do bem-estar de seu pet.

O procedimento é indolor, já que o animal se encontra sob o efeito de uma anestesia geral. Durante a recuperação, os cuidados apropriados e a administração de medicamentos básicos diminuirão o incômodo da cicatrização.

Motivos principais para a castração

Os veterinários listam os 3 motivos principais que os levam a recomendar a castração de um animal:

  • Problemas de comportamento: quando o animal apresenta tendência excessiva para marcar território ou é agressivo com pessoas e animais e, ainda, se tem tendência a fugir.
  • Prevenção e controle de patologias (principalmente hereditárias): diminui a propensão a tumores, displasia, epilepsia, hemofilia, doenças venéreas, entre outras.
  • Controle reprodutivo e de superpopulação.

Os especialistas apontam também 5 vantagens da castração para a convivência e a socialização do animal:

  1. As fêmeas deixam de experimentar mudanças hormonais radicais durante o período do ciclo. Isso significa que seu animal de estimação ficará mais tranquilo, deixará de atrair outros machos e de sujar o lar.
  2. Os machos diminuirão consideravelmente a necessidade de fugir para marcar território alheio.
  3. A maioria dos cães e gatos castrados tornam-se mais carinhosos e menos ariscos.
  4. Será mais fácil de adestrar o seu animal de estimação e de socializá-lo com outros animais.
  5. O risco de câncer de ovário, de mama e de útero nas fêmeas diminui radicalmente. Também o de próstata, nos machos.

Há desvantagens na castração?

Há muitos mitos sobre os efeitos negativos da castração. Ainda que sim, tenha desvantagens, elas são bastante raras e não justificam expor o animal a doenças mais graves.

Pastor Alemão sendo examinado por veterinária

É um mito que todo animal de estimação castrado desenvolve obesidade. Sim, há uma tendência para o aumento de peso após o procedimento. Mas isso é algo perfeitamente controlável com uma alimentação balanceada e com exercícios físicos regulares.

O maior risco da castração está em realizar o procedimento demasiadamente tarde. Os animais idosos submetidos a uma esterilização podem apresentar complicações diversas. Por isso, recomenda-se escolher bem o momento da castração de nosso animal de estimação.

Fonte da imagem principal: O Colecionador de Instantes Fotografias & Vídeos.

Recomendados para você