Quantas horas seu gato dorme?

dezembro 15, 2017

Esses animais causam inveja em muitas pessoas. Além de comer, fazer as necessidades fisiológicas, hidratar-se e, eventualmente, brincar, a maior parte do tempo eles estão nos braços de Morfeu. Então, quantas horas seu gato dorme?

Não importa o lugar, a hora ou estação do ano. Faça chuva ou faça sol. Estejam eles com calor, frio, fome ou aborrecidos. Para os gatos, qualquer razão parece ser válida para se deitar, tirar um cochilo ou cair profundamente no sono.

Seu gato dorme 16 horas por dia em média

Os casos de donos de primeira viagem que vão ao veterinário preocupados porque seus gatos passam o dia inteiro dormindo são mais frequentes do que se imagina. Isso ainda acontece, apesar da fama de dorminhocos que os gatinhos têm.

Por que seu gato dorme tanto tempo?

Alguns especialistas dizem que esta é uma das principais características dos felinos, de forma geral. Graças às suas excelentes habilidades de caça, conseguir uma fonte de alimentos de qualidade que forneça todos os nutrientes necessários não leva muito tempo para esses animais.

gato dormindo

Uma vez que a fome esteja saciada, eles podem relaxar por longos períodos antes de terem a necessidade de caçar novamente. Esse tempo entre as refeições é aproveitado para dormir.

Esse é um fenômeno que não se repete em outras espécies, que levam muito mais tempo para caçar suas presas.

Os gatinhos ainda filhotes são adoráveis e dormem ainda mais. Quando adolescentes, são hiperativos. Durante os primeiros dias de vida, os gatos dormem uma média de 20 horas por dia.

Esse tempo não é apenas normal, mas necessário. Os hormônios que influenciam no processo de crescimento dos gatos atuam enquanto seu peludinho dorme. Quanto mais horas de sono o animal tiver, mais completo será o seu desenvolvimento.

Além disso, acredita-se que essa é outra “tradição” herdada de seus parentes selvagens. As mães felinas precisam ir caçar para alimentar sua prole, deixando seus filhotes sozinhos no ninho. Para que as crias não sejam expostas ao perigo, a natureza concebeu um sistema que os “coloca para dormir” durante todo o dia.

Os filhotes crescem

Quando felinos domésticos passam das 5 semanas de vida, já não cochilam tanto. Quando completam um ano de vida, o período “adolescente” é o de maior atividade e menos sono.

Em média, gatos pequenos dormem 60% do tempo todos os dias, entre 12 e 13 horas no total. Além de terem muita energia e todas as capacidades físicas no nível máximo, a curiosidade insaciável os leva a serem ainda mais ativos.

Quando atingem a idade adulta, o número de horas que seu gato dorme pode ficar entre 16 e 17 todos os dias, o que corresponde a 70 e 75% do tempo total do dia.

Se passarem o dia sozinhos em casa, é muito provável que passem todo o tempo dormindo. Não é estranho que os proprietários encontrem os seus animais de estimação dormindo quando voltam do trabalho, no mesmo sofá onde os deixaram antes de sair.

Durante o inverno, eles podem descansar um pouco mais para aproveitarem melhor as energias. Eles também recuperam a temperatura corporal.

Conforme vão envelhecendo, retomam a rotina de quando eram filhotes, dormindo até 20 horas por dia.

Sonecas de cinco em cinco minutos

Onde, quando e como o seu gato dorme é algo muito curioso de se ver. É verdade que esses animais sempre buscam o canto mais quente no inverno e o mais fresco no verão. Entretanto, muitas vezes eles escolhem os lugares mais estranhos para tirarem uma soneca. Pode ser dentro da máquina de lavar ou de um pote, um pneu e até mesmo dentro do motor de um carro…

Gato dormindo sobre um aquecedor

As posições em que ficam para se acomodar nos lugares mais inesperados são também muito impressionantes. A flexibilidade e capacidade de adaptação deles causa inveja até mesmo a contorcionistas.

As horas de sono não são contínuas, nem sequer divididas em dois ou três grupos. Toda vez que eles têm a oportunidade, os gatos tiram um cochilo. Podem até mesmo dormir sentados na porta do banheiro enquanto esperam seus donos tomarem um banho ou se arrumar para sair.

Esses cochilos curtos representam cerca de 70% das horas de sono do seu gato por dia. Eles têm um sono muito leve, acordam muito facilmente e sem turbulência.

Os outros 30% são uma fase de sono profundo, na qual podem apresentar movimentos involuntários do corpo e dos olhos. Em alguns casos, chegam até mesmo a miar.

Os gatos, embora durmam profundamente, permanecem em estado de alerta e não devem ser perturbados.