Regras para fazer com que o seu cão seja feliz

Para conseguir com que o seu cão seja feliz, você precisa seguir alguns passos básicos. O primeiro, antes de decidir ter um animal de estimação, é se assegurar de que conta com espaço suficiente em casa.

Tenha em mente que, para que o cachorro seja feliz, você deve dispor de tempo para ele, satisfazendo as necessidades básicas do animal. E não apenas as fisiológicas, mas a necessidade por brincadeiras, carinho etc.

Um local adequado para que o cão seja feliz

O lugar escolhido para acolher o peludo deve ser confortável e bem ventilado para evitar maus odores, além de ser higiênico. Também é muito importante que ele seja proporcional ao tamanho do mascote.

Uma vez que o cão já esteja em casa, lembre-se de que eles precisam de tempo para aprender as regras e para conseguir controlar as necessidades fisiológicas.

Alimentos

biscoito cachorro

Comida de boa qualidade é fundamental para a saúde e o bem-estar do animal.

Você deve alimentá-lo com comida especial para cães, já que ela é produzida para manter a pelagem saudável, brilhante e bonita. Não ofereça sobras de sua comida ao animal.

Envelhecer, com com muita alegria

  • Você deve ajudar o seu cão a envelhecer com dignidade. Leve-o para passar por pelo menos 10 minutos por dia para que ele se exercite e possa esticar as articulações. É muito fácil fazê-lo feliz.
  • Caminhar é um ótimo exercício para os dois, cão e dono. Além disso, essa atividade ajuda a criar e fortalecer os laços afetivos.
  • Os cães devem tomar banho duas vezes ao mês. Não exagere, ou eles poderão desenvolver algum tipo de infecção de pele.
  • Elimine os parasitas que deixam o seu mascote infeliz, causam alergias ou provocam enfermidades. Consulte um veterinário para saber quais os melhores tratamentos para eliminá-los.
  • Seu cão precisa brincar. Dedique tempo suficiente para isso e o animal retribuirá com muito carinho.
  • Água fresca é fundamental para a saúde de seu peludo. Mantenha a tigela sempre cheia e troque o líquido diariamente.

Biscoitos, presentes, passeios e muito mais

  • Quando o animal se comportar bem e obedecer a todas as ordens, ofereça-lhe um biscoito especial. Não há nada que demonstre melhor o nosso carinho do que oferecer a ele a sua guloseima preferida. São reforços positivos.
  • Uma excursão. Assim como você, o seu cão também adorará mudar de ares, seja com uma ida ao campo ou um passeio rápido ao parque mais próximo.
  • Muitos cachorros também adoram nadar. Não pense duas vezes em levar o seu amigo de quatro patas a locais que permitam a entrada de mascotes, como praias, rios, piscinas apropriadas etc. Só não se esqueça de averiguar se o peludo gosta mesmo de água.
  • Cuidado com a medicina caseira. Não tente dar uma de médico. A medicação para pessoas podem causar sérios efeitos colaterais em cães.
  • O profissional da clínica veterinária dará os remédios apropriados. É uma boa ideia perguntar ao veterinário o que colocar em um kit de primeiros socorros para cães. Com isso, poderemos salvar a vida de nosso amigo.

Um filhote recém-chegado

Quando você trouxer um filhote para viver em sua casa, não se esqueça de adaptá-la para evitar qualquer tipo de acidente. Retire objetos que possam ferir um animalzinho curioso e brincalhão. Algumas bordas cortantes podem machucá-lo.

Tenha em sua agenda telefônica o contato do veterinário, além do número dos serviços de emergência. Eles podem fazer falta nas horas mais improváveis.

Os brinquedos de seu peludo devem totalmente seguros. Alguns brinquedos contêm produtos químicos perigosos para a saúde do animal. Preste atenção especial às peças pequenas espalhadas pela casa, para que o seu cachorro não as engula.

A linguagem canina

feliz vida con tu perro

Com um pouco de esforço, a comunicação com o seu cão pode ser perfeita. Ele não pode falar, mas com certeza pode demonstrar como se sente através da linguagem corporal.

Não deixe de observar. A cauda é um bom indicativo. Se ela estiver abaixada, é sinal de medo e ansiedade, enquanto ele a movimenta quando está feliz.

Quando for chamar pelo seu cão, certifique-se de usar um tom de voz doce e amigável, evitando gritar. Eles não entendem as palavras, mas compreendem as emoções.

Por último, se você tem um cachorro e passa muito tempo fora de casa, talvez seja uma boa opção ter um outro animal para ele tenha companhia e se divirtam juntos. Se isso não for possível, pense em contratar um cuidador de cães por algumas horas.

Categorias: Conselhos Tags:
Recomendados para você