Saiba como ensinar o seu cão a rastrear

Todos nós adoramos que nosso cachorro saiba fazer coisas especiais, como dar piruetas, trazer o jornal ou buscar objetos. Ainda que o ato de farejar seja um instinto natural dos animais, é muito difícil ensinar um cão a trazer um determinado objeto.

É difícil, mas não impossível. Neste artigo, vamos dar algumas dicas para que você desperte esse instinto que pode estar adormecido em seu peludo.

Como despertar o instinto rastreador em um cão

Ensinar nosso cão a rastrear tem muito mais valor do que ensinar-lhe apenas um novo truque. É despertar uma habilidade inata que pode estar adormecida no seu animal. É muito importante para o desenvolvimento e socialização do cão que os seus instintos sejam estimulados.

 chihuahua

Procure um lugar livre de odores

Para começar a ensinar um cão a rastrear é muito importante que busquemos um lugar que não seja muito movimentado. Prefira locais com menos odores e onde não tenham passado muitos animais anteriormente.

Conforme o cão vai aprendendo, saberá diferenciar o odor que você quer rastrear dentre todos os outros. Mas, no início, você deve começar o treinamento dessa forma. Escolha um lugar ao ar livre, pois em casa será mais difícil encontrar algo.

Pense em sua capacidade olfativa

Os cães têm um olfato extremamente desenvolvido, mas esse sentido não é igual em todos os animais. Considere a capacidade olfativa do seu bicho de estimação e escolha uma zona de rastreamento adaptada a ela.

Existem cães que podem farejar e rastrear a distâncias maiores, enquanto outros só conseguem fazer isso a distâncias menores. Por isso, escolha um lugar e um espaço de acordo com as capacidades do seu peludo.

Por outro lado, as brincadeiras serão de grande ajuda para que o aprendizado seja mais fácil. Mesmo sendo um instinto natural, os jogos serão úteis na hora de desenvolvê-lo.

Acorde cedo

Os especialistas aconselham ir até o local do rastreamento antes das 6 horas da manhã, pois o sol ainda não nasceu e a vegetação não começou a emitir umidade.

Somado a isso, nesse horário, o local estará livre de pegadas e cheiros que possam atrapalhar o trabalho do seu cão.

Muito espaço

Um parque próximo à sua casa é o local ideal. Para desenvolver bem a habilidade de rastreamento do seu cãozinho, prefira espaços amplos. Em seguida, vem a melhor parte.

Passe um pouco de comida na grama. Não se esqueça de prender o seu cão para impedi-lo de comer. Forme uma trajetória com restos de comida e, se quiser surpreender e divertir o seu animal, esconda um brinquedo untado com um pouco do alimento.

Uma sugestão é usar comida enlatada no início do treinamento por causa do forte cheiro e pela facilidade em espalhá-la nos brinquedos. Depois de um tempo você poderá usar um pouco de ração.

Vamos em frente!

raças-de-cachorro-que-nao-soltam-pelo

Chegou a hora de mostrar para o seu cão que o jogo começou. Solte a coleira e deixe-o farejar livremente.

Use o comando “Pegue“, “Vá” ou “Em frente” para que o seu cão entenda o que você quer. Lembre-se de que a brincadeira deve ser mais simples no começo, mas, conforme ele for praticando, você poderá aumentar a dificuldade.

Você poderá, por exemplo, usar alimentos ou objetos de cheiro mais sutil, deixando-os mais espaçados entre si. Você também poderá fazer curvas com o rastro de comida, escondê-la atrás dos arbustos ou qualquer outra ideia que tiver.

Só não se esqueça de usar o reforço positivo, pois os gritos e repreensões não levam ninguém a lugar algum e deixarão você mais longe do objetivo.

Por fim, treine o seu cachorro com frequência, caso contrário o animal esquecerá tudo o que aprendeu e dará um passo atrás, ao invés de avançar.