Terra-nova

novembro 25, 2017

O Terra-nova é outro dos cachorros de grande porte que vale a pena conhecer. Foi utilizado como cão de trabalho pelos pescadores do lugar que leva seu nome, em uma localidade que atualmente pertence ao Canadá. Você quer saber mais sobre esse animal? Então fique conosco.

Tudo o que você precisa saber sobre o Terra-nova

História

É um cachorro que tem muito a ver com o São Bernardo, o Mastim Tibetano e o Mastim Inglês. Originou-se em Terra-Nova e descende de uma raça denominada Terra-Nova Maior.

No ano de 1880, pescadores e exploradores da Irlanda e da Inglaterra foram aos grandes bancos da área e falaram sobre os cães de trabalho. Havia dois tipos: um grande com pelo muito longo, e outro médio, com pelo muito curto. A raça menor ficou conhecida como Terra-nova Menor, e a grande como Terra-nova Maior. Ambas eram utilizadas para puxar as redes de pesca e para transportar os equipamentos do pescadores, inclusive carros com peixes ou ferramentas.

A raça Terra-nova seguiu se desenvolvendo e prosperando, até que, durante a Primeira e a Segunda Guerra Mundial, quase foi extinta. No entanto, em 1950 houve um aumento considerável na quantidade de cães da raça, que segue até os dias de hoje.

Características do Terra-nova

Suas patas possuem membranas entre os dedos e seu pelo é muito resistente à água. Talvez seja por isso que alguns cruzamentos foram feitos com cachorros de água, mas que acabaram não dando muito certo.

Os machos podem chegar a até 60 ou 70 quilos e 72 a 90 centímetros de altura, enquanto as fêmeas não passam de 55 quilos.

As cores do Terra-nova são castanho, preto e branco com manchas negras, ainda que quase todos sejam pretos. Há uma classe cinza, e mesmo que seja Terra-nova, é considerada uma raça à parte, o Landseer.

Caráter

É um cachorro grande, mas com sentimentos ternos. É tranquilo e dócil, muito gentil e excelente para fazer tarefas adequadas às suas características. Na verdade, é conhecido como cão-babá. É ideal para ficar com crianças, e até o Kennel Club lhe descreve como um cão de temperamento doce.

Seu latido é profundo e imponente, por isso, é ideal como cachorro guardião se for feito um treinamento exaustivo desde pequeno.

Além de ser bom e sociável com outros pessoas, o Terra-nova também age assim com outros animais. Se há crianças ou animais na casa, saiba que ele pode ser ideal como animal de estimação. No entanto, com crianças, é preciso ter cuidado no início porque, por seu tamanho, pode derrubá-las.

Saúde e cuidados com o Terra-nova

Como muitos outros cachorros grandes, a displasia de quadril é um mal que o afetará com o passar dos anos. Também pode sofrer de displasia de cotovelo e cistinúria, uma má formação na bexiga. De nascimento, alguns têm válvulas do coração defeituosas que podem lhe causar uma morte repentina.

Terra-nova marrom

Fonte: Peter Ludes

Já no que diz respeito aos cuidados, seu pelo precisa ser penteado diariamente para evitar que se formem nós. Comprar um produto que o amacie e torne mais fácil o desenlace pode ser uma boa ideia neste caso.

Não economize na alimentação, compre ração de qualidade. Seus ossos e seu organismo necessitarão de todos os nutrientes que o corpo precisa para estar saudável, especialmente por dentro, e evitar problemas de saúde aos quais os Terra-nova são propensos.

O exercício é essencial para suas articulações, músculos e organismo, já que, devido a seu tamanho, eles podem sofrer se levarem uma vida sedentária.

Você pensa em ter um Terra-nova como animal de estimação? Se sim, vá em frente! Você irá descobrir um cachorro muito terno, leal e trabalhador.