Tudo sobre o pelo do gato

Com comprimento e cores diferentes, mais ou menos denso e alvo de inúmeros mitosHoje você descobrirá todos os detalhes sobre o pelo do gato.

Qual a função da pelagem dos felinos

pelo do gato mais brilhante

Quando um gato está saudável e forte, com certeza a beleza de sua pelagem chamará a atenção, muito macia e brilhante.

Mas a pelagem do gato não está ali apenas por uma questão estética. Antes de mais nada, os pelos são a primeira proteção desses animais ante as agressões externas (radiação ultravioleta, golpes etc.). Além disso, servem como defesa contra a desidratação.

O pelo também é um isolante térmico, tanto para o frio quanto para o calor. Por isso, os felinos renovam boa parte da pelagem quando as temperaturas são mais amenas (durante o outono e a primavera).

“O pelo do gato, além de deixar esses animais mais bonitos, guarda uma série de curiosidades que você precisa saber. Neste artigo, contamos tudo para você.”

Informações interessantes sobre o pelo do gato

A pelagem de um felino apresenta outras particularidades chamativas, como:

  • Serve para que o animal se comunique. Quando um gato está chateado ou aborrecido, por exemplo, eriça o pelo.
  • O brilho dos pelos vem das glândulas sebáceas, que também são responsáveis pela proteção contra agentes infecciosos.
  • Os chamados gatos sem pelo na verdade têm uma camada de pelos muito fina, quase imperceptível.

Cuidados com os pelos do seu bichano

Embora a língua do seu amigo ronronador seja a melhor ferramenta para a escovação do pelo, é sempre bom ajudá-lo.

De acordo com o comprimento de sua pelagem, você pode escová-la com maior ou menor frequência. Com isso, você conseguirá:

  • Eliminar pelos mortos e o excesso de sujeira.
  • Evitar que se formem nós.
  • Que o animal não engula tantos pelos.

Durante a época de muda, os gatos podem ingerir mais da metade dos pelos mortos. Isso pode causar a formação das temidas bolas de pelo no estômago, que, se não forem expulsas pela boca, podem acabar obstruindo o intestino.

Falsos mitos sobre o pelo dos felinos

Parece que o pelo do gato tem uma certa má fama. Talvez porque caia muito. Quem é proprietário de gatinhos pode ter a certeza de que encontrará pelos por todos os lados.

Entretanto, embora quase todos pensem que o pelo desses animais causa alergias, o agente alergênico se encontra na pele e na saliva deles.

Também são falsas algumas informações que muita gente repete como se fossem verdadeiras. Por isso, para acabar com as dúvidas, o pelo do gato:

  • Não transmite fibrose pulmonar, toxoplasmose e nenhuma outra doença.
  • Se cair nos seus olhos não causará cegueira.
  • Não deixa as mulheres estéreis.
  • Se você ingerir alguns fios, não se formarão bolas de pelo em nenhuma parte do seu corpo.
  • Não provoca asfixia em bebês.

Fique atento se o pelo do seu gato perder o brilho e a maciez

acariciar um gato

Assim como uma pelagem macia e brilhante é sinal de um gato saudável, se os pelos estiverem opacos e com aparência de sujos, preste atenção. É um sinal de que algo não está bem com o seu bicho de estimação.

São muitas as possíveis causas, como:

  • Dieta inadequada. Consulte o veterinário sobre qual é o melhor alimento para o seu bicho de estimação de acordo com a idade, tamanho, nível de atividade etc.
  • Sobrepeso. Se o animal está muito gordo, talvez não consiga alcançar certas partes do corpo, dificultando a higienização do pelo.
  • Idade. Os gatos mais velhos perdem um pouco da flexibilidade e podem apresentar alguns problemas ósseos que os fazem desistir de limpar certas partes do corpo.
  • Algumas doenças também interferem na pelagem. E não estamos falando apenas de problemas dermatológicos. Talvez o felino não esteja se sentindo bem porque tem uma doença grave e tenha perdido o desejo de se higienizar.

Em todo o caso, marque uma consulta com o veterinário para que o animalzinho trate o problema de saúde e volte a ter pelos macios, brilhantes e bonitos.