83 animais são resgatados de um criadouro clandestino

· maio 26, 2017

O fato aconteceu nas proximidades de San Cristóbal, na Colômbia. Graças à denúncia dos habitantes da região, 83 animais foram resgatados de um criadouro clandestino de cães. O local era dedicado à venda ilegal de animais de estimação.

Um criadouro clandestino em Medellín

As “fábricas de mascotes” são um problema muito comum em todo o mundo. Essa prática é ainda mais difundida em países com Estados Unidos, Austrália e Reino Unido, onde as pessoas costumam pagar por um cão ou um gato de raça ou “sangue puro”.

A comercialização de animais de companhia é um negócio extremamente lucrativo. Mas, ao mesmo tempo, é mesquinho e cruel. Os criadouros dificilmente são denunciados, porque sua localização não é conhecida ou porque as pessoas têm medo de agir.

Felizmente, não foi isso que aconteceu na região de San Cristóbal, município de Medellín, na Colômbia. Um grupo de vizinhos denunciou um criadouro clandestino, através de um vídeo onde registraram as condições deploráveis em que se encontravam 83 animais.

A gravação foi publicada no perfil de Facebook de uma garota chamada Milena Pérez Ospina. Desde então, a publicação viralizou e chegou até a entidade competente. As autoridades ambientais conseguiram resgatar 67 cães, 14 gatos e 2 porcos em miniatura. Todos estavam em péssimas condições, dentro de um criadouro ilegal.

Os animais apresentavam sinais de desnutrição e desidratação. No momento do resgate, estavam amontoados em gaiolas minúsculas e sujas. Um cãozinho inclusive já agonizava em uma delas. Segundo as autoridades, o abastecimento de água do local estava interrompido há semanas. O proprietário da empresa só aparecia por lá uma vez ao dia e às vezes nem aparecia. Assim, os animais permaneciam sozinhos e sem cuidados.

A polícia ambiental de Medellín informou que o estabelecimento não cumpria com as exigências sanitárias para poder funcionar como criadouro. Além disso, os bichos eram submetidos a maus-tratos e eram negligenciados. Durante o resgate, os oficiais capturaram um homem que será julgado por crime de maus-tratos contra animais, como estabelece a Lei 1.774 do país.

Outro caso de resgate em um criadouro clandestino

Este outro caso aconteceu na Argentina, mais precisamente na capital Buenos Aires. Os 68 animais resgatados estavam em estado de abandono total em uma residência do bairro Almagro. Participaram da operação a Polícia local, voluntários de um abrigo de cães chamado “O Campito” e o Centro de Prevenção de Crueldade contra o Animal.

O resgate começou nas primeiras horas da manhã e terminou à tarde. A juíza que cuidava do caso emitiu uma ordem para invadir o local e remover os animais. A tarefa das equipes de resgate durou cerca de três horas, devido o estado de saúde dos cães e da conservação da residência. Usando máscaras e luvas cirúrgicas, os voluntários se revezaram para procurar os peludos.

De acordo com informações do Centro de Prevenção de Crueldade contra o Animal, o criadouro clandestino abrigava 66 cães da raça Poodle ToyTodos estavam em péssimo estado de saúde. Também havia dois cães da raça Labrador que provavelmente foram roubados na região.

Quando o resgate terminou, um grupo de vizinhos que estava atrás do cordão de isolamento da polícia agradeceu a ação de todos com um grande aplauso. Muitos postaram fotografias nas redes sociais como um agradecimento. Os cães foram levados até um hospital para serem atendidos por veterinários.

Sem dúvida, a melhor maneira de evitar casos horríveis como esses é não comprar animais de criadouros, clandestinos ou não. É muito importante nos certificarmos de que os pais do filhote estão em boas condições. E também que o estabelecimento cumpre com as exigências necessárias.

Fonte da imagem principal: www.noticiasambientales.com.ar