A primavera está chegando, quando cortar o pelo do seu cão?

· setembro 20, 2018
Quando as altas temperaturas começam a chegar, os parasitas emergem, e estes se ligam mais facilmente ao pelo quando este é longo. Agora, cortar o pelo do seu cão pode ser prejudicial para ele, já que em algumas raças, mais do que em outras, os pelos são uma espécie de filtro solar.

Quando a primavera se aproxima, muitos donos de cães se preparam para cortar o pelo de seus animais. Outros estão convencidos de que é melhor esperar pela chegada do verão e pelas altas temperaturas. Se você quer saber quando cortar o pelo de seu cão, sugerimos esclarecer suas dúvidas com as dicas a seguir.

 Todos os cães precisam cortar o pelo?

Muitos especialistas afirmam que cortar o pelo é desnecessário e que pode até ser perigoso para muitos cães, especialmente no caso de algumas raças. O pelo canino é a sua maior proteção contra todas as possíveis ameaças externas, por isso, se o privarmos dele, podemos deixá-lo mais vulnerável a várias doenças e elementos nocivos.

Cães de pelo curto não precisam ir ao pet shop. Esta camada protege-os da radiação solar e do frio, o que evita queimaduras e previne o câncer de pele.

Uma opção muito usada é fazer tosas higiênicas anuais na região dos olhos, focinho, pernas e genitais.

Cães com pelo longo ou abundante podem fazer uma visita anual ao pet shop, fazer uma tosa. Aqueles que têm pelos em abundância no rosto e nas orelhas podem ser especialmente beneficiados pelos cortes de pelo.

Essas áreas mais sensíveis do animal acumulam umidade e estão em contato constante com vários microrganismos. Portanto, o corte geralmente ajuda a prevenir a proliferação de agentes patogênicos em seu corpo.

A escovação é essencial

Todos os cães precisam de escovação semanal para remover pelos mortos e impurezas da pele. Logicamente, a frequência da escovação varia de acordo com a pele de cada animal. Exemplares de pelo curto podem ser escovados uma ou duas vezes por semana. Aqueles com pelos longos geralmente requerem um mínimo de quatro escovações por semana.

Dona escovando seu cachorro

Além disso, os cães que soltam muitos pelos devem ser escovados diariamente, duas vezes ao dia, durante os momentos de troca de pelos. Devemos esclarecer que não apenas os cães de pelos longos podem soltar muitos pelos. O pug, por exemplo, é uma das raças de pequeno porte que mais pelos solta.

Inverno e outono: as estações menos recomendadas

Definitivamente, o inverno não é o momento certo para privar os cães de sua abundante pelagem. É precisamente durante a estação mais fria do ano que seus pelos são mais úteis e necessários. Eles fornecem isolamento térmico e proteção contra as adversidades climáticas.

Também não é aconselhável cortar os pelos durante o outono, pois eles devem crescer novamente antes da chegada do inverno. Além disso, as temperaturas estão começando a cair e os cães devem manter sua “proteção natural”.

Primavera ou verão: quando cortar o pelo do seu cão?

Classicamente, a resposta seria no verão, mas muitos donos de cães optam por adiantar o corte por uma razão: parasitas externos.

A mudança climática é uma realidade global e as temperaturas estão subindo cada vez mais rápido, ano após ano. Embora o calor seja bem-vindo após os meses de inverno, as altas temperaturas favorecem a proliferação de numerosos agentes patogênicos.

Cachorro poodle sendo tosado: quando cortar o pelo do seu cão?

Quando a primavera se aproxima e traz calor, os carrapatos e outros parasitas começam a aparecer e se reproduzir. Embora possam afetar todos os cães, eles geralmente preferem ficar em camadas de pelos abundantes, que oferecem sombra e proteção. Além disso, quando o pelo de um cão é muito longo, torna-se mais difícil verificar a presença de ectoparasitas.

Atualmente, recomenda-se cortar o pelo do seu cão entre o primeiro e o segundo mês da primavera. Ou seja, quando percebemos que as temperaturas já estão subindo e que o risco de ter parasitas externos é maior.

Dicas para saber quando cortar o pelo do seu cão

  • Verifique o corpo do seu cão diariamente para identificar a presença de qualquer ectoparasita. Se você observar pulgas ou carrapatos, deve levá-lo ao veterinário para estabelecer um tratamento e pensar em cortar o pelo de seu cão.
  • Veja se o seu cão está sendo afetado por altas temperaturas. Os cães geralmente tomam muita água e ofegam excessivamente quando estão com calor. Eles também podem se deitar com suas barrigas no chão ou dormir com as pernas traseiras abertas e a barriga para cima. Nestes casos, é melhor cortar o pelo do seu cão o mais rápido possível.
  • Consulte o seu veterinário. Alguns cães são muito sensíveis à luz do sol e outros sentem muito frio. Em ambos os casos, a tosa pode ser prejudicial à sua saúde. O veterinário poderá lhe dizer se cortar o pelo do seu cão é uma boa opção ou se isso deixará seu peludo mais vulnerável.