Abdômen agudo em cães: o que é?

· maio 5, 2018

abdômen agudo em cães pode causar muita dor e geralmente está associado a doenças como a peritonite canina. O diagnóstico precoce é decisivo para aplicar o tratamento eficaz e imediato que o quadro requer. Portanto, convidamos você a saber mais sobre o abdômen agudo em cães, seus sintomas e causas.

Abdômen agudo em cães: o que é e como se desenvolve

O abdômen agudo geralmente é considerado mais como um sintoma complexo do que como uma patologia em si. Consiste em um quadro de sintomas que engloba sinais clínicos. São eles dor aguda, diarreia, distensão abdominal, vômitos, desnutrição, fraqueza, depressão, etc.

Como podemos ver, o abdômen agudo em cães é quase sempre associado a doenças que comprometem a cavidade abdominal. Entre elas, a que mais afeta animais de todas as idades é a peritonite canina.

Você sabe o que é abdômen agudo em cães?

Porém, em alguns casos, o abdômen agudo aparece como uma consequência do agravamento de certas doenças crônicas dos órgãos abdominais.

O que é peritonite canina?

A peritonite é uma inflamação aguda e repentina que ocorre nos tecidos que compõem a cavidade abdominal (ou peritônio). Como resultado, o organismo acumula uma enorme quantidade de fluido na região peritonial, o que gera um inchaço notável.

Essa intensa retenção de líquidos também provoca desidratação severa e desequilíbrio eletrolítico. Isso reafirma a necessidade de estar ciente dos sintomas e ir imediatamente ao veterinário para diagnosticá-los em seu animal de estimação.

Normalmente, a peritonite canina começa e progride muito rapidamente no organismo. Muitos animais chegam à clínica veterinária em estado de choque ou em coma. Nesses casos, antes de proceder com o diagnóstico, é muito provável que o veterinário inicie imediatamente uma terapia antichoque.

Sintomas do abdômen agudo em cães

Os primeiros sinais visíveis do abdômen agudo em cães podem não ser muito específicos, mas são fáceis de reconhecer. No início, o animal fica constantemente cansado, com respiração mais pesada e seu apetite é reduzido. Depois, ele pode apresentar tremores e chorar ou gemer permanentemente por causa da dor que sente em seu abdômen.

Os seguintes sintomas estão associados ao avanço da peritonite no organismo do animal:

  • Letargia
  • Mudanças na postura e na maneira de se deitar: é comum que os cães tentem encontrar uma posição em que a dor incomode menos.
  • Inchaço abdominal e/ou abdômen rígido.
  • Dor aguda: muitos cães podem chorar de dor com um simples toque ou ao roçar seu abdômen em algum lugar.
  • Diarreia: normalmente, na cor preta (com melena).

Quando a inflamação compromete os intestinos e o estômago, muitas vezes causa vômitos frequentes. Além disso, muitos cães também apresentam febre.

Como na maioria das condições patológicas, os sintomas da peritonite canina são agravados pela progressão da doença. Em muitos casos, os animais chegam ao veterinário em estado de choque.

Dessa forma, a urgência do diagnóstico precoce é fundamental para permitir um tratamento eficaz e evitar complicações graves. É essencial contatar imediatamente o veterinário ao observar qualquer dos sintomas descritos acima.

Causas do abdômen agudo em cães

A maioria dos diagnósticos de abdômen agudo em cães estão relacionados a causas endógenas e infecciosas, tais como:

  • Viroses que afetam o estômago e/ou os intestinos
  • “Gripe intestinal” (ou gastroenterite viral)
  • Peritonite canina
  • Endoparasitas intestinais ou estomacais
  • Infecção uterina (geralmente bacteriana)
  • Presença de furos no estômago ou nos intestinos
  • Abscessos (ou acúmulo de pus) no baço, fígado, pâncreas ou intestinos

Causas não infecciosas do abdômen agudo em cães

Muitos cães podem apresentar abdômen agudo devido a fatores não infecciosos ou exógenos, tais como:

  • Envenenamento
  • Certos tipos de tumores
  • Doenças ou deformidades congênitas
  • Trauma na região abdominal
  • Hérnia abdominal
  • Dilatação gástrica
  • Cálculos nos rins ou vesícula biliar
Cachorro de grande porte com veterinária

Tratamento do abdômen agudo em cães

O tratamento específico deve ser determinado pelo veterinário, após o diagnóstico da causa do problema. A medicação e os procedimentos serão focados para combater ou controlar a doença subjacente que leva ao conjunto de sintomas.

Geralmente, são aplicadas terapias intravenosas para combater a desidratação e a desnutrição. Analgésicos também podem ser fornecidos para aliviar a intensa dor que o cachorro sente.

Como as doenças associadas tendem a avançar rapidamente, a intervenção cirúrgica torna-se necessária em uma grande quantidade de casos.

Fonte da imagem principal: Cody Wellons