O que acontece quando você deixa seu cachorro em casa?

O que acontece quando você deixa seu cachorro em casa?

Última atualização: 30 Março, 2021

Os cães são animais muito sociais e gostam de estar sempre perto dos seus tutores. Um cão sente muita falta dos tutores e precisa de muita atenção, principalmente se mora em espaços confinados, onde não pode ter alguma independência para atender às suas necessidades. Ou seja, um cachorro que mora em um apartamento não tem a mesma vida que um cachorro que mora em uma casa com acesso a um quintal. Da mesma forma, um cão que passa horas sem se exercitar não leva a mesma vida que um cão que faz caminhadas regularmente.

Se o cão não se exercita, não gasta energia ou não brinca, como as crianças, fica entediado. Esse tédio pode se traduzir em ansiedade, que pode ser descarregada nos seus objetos ou móveis favoritos, ou talvez em latidos insuportáveis que atrairão a atenção dos vizinhos. Além disso, certamente o animal vai sujar a casa fazendo suas necessidades onde não deveria. Porém, quase tudo tem solução e você pode evitar esse tipo de reação implementando algumas dicas para que isso não aconteça. Vamos conhecê-las.

Dicas se você deixar seu cachorro em casa

Cachorro passeando.

O melhor para que seu cão não manifeste ansiedade de separação é sempre levá-lo passear. Portanto, se você está pensando em sair de casa, é aconselhável levar o animal para passear alguns minutos antes para que, quando ele estiver sozinho, fique mais calmo.

Você também pode aproveitar a saída para programar algum jogo que o faça gastar muita energia. Como você sabe, ter um cão ansioso e hiperativo sem fazer exercícios pode ser um verdadeiro desastre.

O exercício ajuda a acalmar seu cão de duas maneiras. Por um lado, fisicamente, ou seja, se o seu cão já tiver saído para passear, ele se sentirá cansado quando você não estiver em casa e, provavelmente, se deitará para um cochilo tranquilo. Por outro lado, emocionalmente, o exercício nivela a química do cérebro do cão da mesma forma que um bom treinamento pode deixar os humanos eufóricos. Ou seja, isso os tranquiliza.

Se você não tem tempo para dar um passeio com o seu cão, é recomendável que você contrate um passeador de cães. Caso não possa pagar, você pode combinar com alguns vizinhos e revezar com eles os dias das caminhadas.

Um cão entediado pode aplacar seu tédio mastigando tudo o que estiver ao seu alcance. É apropriado que, ao sair de casa, você deixe alguns brinquedos à disposição para que ele possa mastigar.

Os brinquedos são muito divertidos para eles. Lembre-se de escolher o brinquedo certo para seu animal de estimação. E uma sugestão extra: não confie apenas nos brinquedos que escondem petiscos dentro. Assim que o cão come a guloseima, às vezes em questão de minutos, ele para de brincar e descarrega sua ansiedade em outros objetos. Portanto, geralmente são eficazes quando você pode estar perto do seu cão.

E se eu tiver mais de um cachorro…

Filhote de cachorro brincando.

Se você tiver mais de um cão em casa e um deles for o mais novo membro da família, é necessário tomar alguns cuidados, mas não há regras gerais e tudo depende de cada caso. Variáveis como tamanho, sexo, energia e temperamento dos cães são muito importantes, e você deve levá-las em consideração ao determinar as medidas que irá tomar.

É melhor mantê-los ocupados e respeitar seus horários de caminhada. Proporcionar momentos de atividade para os cães é fundamental para que o comportamento do animal melhore e ele não desenvolva ansiedade.

Por isso, quando se assume o compromisso de ter um animal de estimação, é muito importante estar ciente de que ele demanda determinados cuidados e depende de nós para satisfazê-los. Então se você não tem tempo para se dedicar ao seu animal de estimação, se o espaço em que você mora é muito pequeno e se você não tem ninguém que possa te ajudar com isso, por que ter um bichinho?

Embora ter animais de estimação implique inúmeras vantagens para a saúde física e mental, também é verdade que, se não tivermos tempo e espaço, eles podem se tornar uma dor de cabeça. Resumindo, se você não pode cuidar de um animal de estimação, é melhor não adotá-lo. Dessa forma, evitam-se grandes problemas que, sem dúvida, são remediáveis.

Pode interessar a você...
Requisitos para adotar um animal
Meus AnimaisLeia em Meus Animais
Requisitos para adotar um animal

A adoção é uma medida fundamental para lutar contra o abandono e ajudar os cães e gatos necessitados. Se você quer fazer sua parte, confira este post.