Ajuda veterinária contra o abuso de animais

· novembro 22, 2018
Os profissionais são peças fundamentais para detectar casos de maus-tratos contra animais de estimação. Sobretudo quando atendem animais que foram abusados por seus donos.

Ser veterinário requer muito mais do que a escolha de uma carreira profissional, pois também é uma vocação.

Todos os que escolheram esta profissão o fizeram porque amam os animais e, por disso, dedicam suas vidas ao cuidado e proteção deles.

Portanto, os veterinários podem ajudar na luta contra o abuso de animais?

Infelizmente, o abuso de animais ainda é muito comum. Embora acreditemos que só isso afeta os animais, a verdade é que tem sido demonstrado que os maus-tratos também têm a ver com o abuso humano.

Quando o ser humano descarrega suas frustrações sobre um animal uma vez, a segunda é mais fácil e, com o tempo, ele começará a fazê-lo com outras pessoas. 

Portanto, lutar contra o abuso de animais é dever de todos. Mas há algumas pessoas que, devido às suas circunstâncias, têm maior possibilidade de fazer isso, como os veterinários.

Como os veterinários lutam contra o abuso de animais

Não são poucos os acusados ​​de abuso de animais em muitos países do mundo. Quando um cão é maltratado, e esse abuso vem à tona, ele precisa de ajuda veterinária.

Então, é muito provável que ele chegue à clínica em péssimas condições de saúde.

abuso de animais: homem com um pau para bater em um cachorro

O veterinário desempenha um papel importante, já que ele é o único capaz de analisar os danos físicos e psicológicos que o animal sofreu.

Isso permitirá que o agressor seja condenado a penalidades maiores e pense duas vezes antes de machucar um animal.

Por outro lado, às vezes é provável que um proprietário leve um veterinário até seu cão, e que o veterinário observe uma série de comportamentos estranhos.

Ele também pode notar até mesmo danos internos que não são visíveis externamente. O insight do médico terá um papel muito importante nisso.

Você deve prestar atenção na pessoa que trouxe o animal, como ele trata seu animal e como o animal se sente quando o vê. 

Não é a mesma coisa um cão que sofreu um acidente, cujo dono é um cliente regular; e alguém que chega de repente com um cão machucado que tem medo de vê-lo. O que um veterinário faz neste caso?

O veterinário fica com o cão

Se não for possível obter os dados do suposto agressoro veterinário pode decidir ficar alguns dias com o cão para ganhar tempo e poder relatar o caso. 

Para evitar suspeitas, ele pode sugerir ao proprietário que o deixe sob observação.

Denunciar o abuso

Neste momento de observação, o veterinário será capaz de determinar se o animal foi vítima de abuso através de uma análise mais profunda e de testes psicológicos. 

Se determinar que realmente há sinais de abuso contra animais, ele reportará o caso ao órgão de defesa responsável, que levará o animal e informará o proprietário.

Cachorra desnutrida

Depois, o dono receberá um comunicado com a penalidade correspondente. As penalidades contra o abuso de animais aumentaram nos últimos meses.

São altas o suficiente para que os abusadores percam o desejo de maltratar o animal novamente.

Buscar adoção

Uma vez resolvido o caso do animal, o veterinário pode servir como um intermediário para procurar um novo dono para ele.

Durante o processo judicial, a clínica pode servir como um local de recepção até que tudo seja resolvido.

Como acontece nos hospitais, onde é relatado qualquer tipo de abuso e muitos pagam pelo que fazem, os veterinários também podem lutar contra os maus-tratos que descobrem.

Você também pode fazer a sua parte, denunciando qualquer sinal de abuso que testemunhar contra qualquer animal; seja animal de estimação ou de rua. Juntos, todos nós podemos mudar isso.