Animais de estimação, herdeiros de grandes fortunas. Isso é possível?

· março 2, 2017

Muitos se perguntam o que acontece com as fortunas desses milionários que morrem sem deixar herdeiros. Bem, normalmente eles já pensaram para quem deixar sua fortuna. No caso de muitos, transformaram seus animais de estimação em herdeiros.

Você imagina um cachorro diante de um advogado, escutando a leitura do testamento de seu dono? Parece até uma piada, porque vem à nossa mente uma imagem engraçada. No entanto, isso é uma realidade. Existem animais de estimação que herdaram as fortunas de seus donos. A pessoa que faleceu as deixou sob a supervisão judicial.

Por isso, hoje, falamos para você sobre vários animais de estimação que se tornaram herdeiros de grandes fortunas que mais de um de nós sonharia ter.

Cães e gatos, animais de estimação herdeiros de fortunas

presentes-de-natal-para-gatos

Nós amamos muito os animais que convivem conosco, quer dizer, os nossos animais de estimação. Tanto que deixamos para eles milhões e milhões de dólares? Parece que sim, e são os diversos casos que comprovam isso.

Trouble, o mais famoso

Embora seu nome possa ser traduzido do inglês para o português como problema, parece que esse não foi o caso. Não devia causar problemas para o seu dono, já que esse deixou para ele uma herança no valor de 12 milhões de dólares. Trouble é o cão mais rico do mundo.

Um bichano maltês, amigo fiel de Leona Hemsley, uma célebre gestora de hotéis e edifícios famosos, como o Empire State Building. A leitura do testamento não deve ter deixado contentes os netos dela. Dois deles foram deserdados e os outros dois receberam menos dinheiro que Trouble.

Gunther IV, 200 milhões de euros?

É curioso o fato desse cachorro não ter recebido sua grande fortuna de seu dono, mas sim de seu pai, ela poderia variar entre 140 e 200 milhões de euros. Esse pastor alemão está cheio da grana. Seu pai herdou esse dinheiro da condessa Karlotta Liebstein, que deixou para seu animal de estimação a bagatela de 92 milhões de euros geridos pela Corporação Gunther.

Contudo, essa fortuna foi posta em dúvida, já que se observa grande excentricidade nos membros da Corporação Gunther. Quando Gunther, ou a corporação, quis comprar a casa de Silvester Stallone, avaliada em 27,5 milhões de dólares, dizia-se que não tinham dinheiro suficiente para pagá-la.

No entanto, adquiriram a da cantora Madonna por 7,5 milhões. Mas, as finanças da corporação, a existência da fortuna e, inclusive, a herança da condessa, são todas duvidosas.

Jasper, lutando por 100 mil euros

20090625085134011743-roupa-de-caes

Esse foi um cachorro resgatado de um abrigo pela dona de uma cervejaria, em 1994. Sua dona gostava tanto dele, que lhe deixou uma herança que gira em torno de 100 mil euros. Foi o primeiro animal de estimação envolvido em uma batalha judicial para saber quem deveria ficar com sua guarda e administrar o dinheiro dele.

O genro da falecida, cujo nome é Benjamin Slade, usou a fortuna do cachorro para aplicá-la em ações, conseguindo dobrar a cifra.

Jasper é famoso nas redes de televisão por ser o cachorro mais mimado da Grã-Bretanha, pois viaja de Limusine e come refeições extravagantes, como lombo de boi, filés de linguado ou mexilhões importados da Nova Zelândia.

Tinker, um gato herdeiro

Nem todos os herdeiros dessa lista são cães. Tinker, um gato britânico, herdou de sua dona, Margaret Layne, uma mansão avaliada em 700 mil euros e uma conta bancária com 145 mil. Em seu testamento, especificou que o felino devia viver na casa junto com outros dois gatos, uma forma, quem sabe, de acalmar sua solidão.

Esses são alguns dos casos de herdeiros peculiares. Sempre vem à tona a questão se a pessoa que detém a guarda aproveita a fortuna mais que o cachorro. Qual a sua opinião? Você gostaria de administrar o dinheiro de algum desses herdeiros?