5 dicas para levar seus animais de estimação no transporte público

julho 21, 2019
As regulamentações, vacinação, desparasitação e identificação, bem como o processo de adaptação, são fatores-chave a serem levados em conta ao andar de transporte público com um animal de estimação.

Felizmente, cada vez mais cidades no mundo permitem a presença de animais de estimação no transporte público. No entanto, é necessário cumprir uma série de regras e recomendações para garantir o bem-estar do seu melhor amigo e de outros passageiros.

A seguir, resumimos cinco dicas para andar de transporte público com seu bichinho com segurança.

Conselhos para levar animais de estimação no transporte público

1. Respeite as regras específicas de transporte da cidade

Cada país, estado, cidade ou município pode estabelecer regras específicas para o acesso de animais de estimação ao transporte público. Além disso, cada meio de transporte pode ter diferentes condições ou recomendações.

Andar de transporte público

Antes de sair com o seu melhor amigo, será necessário consultar as regras da sua cidade e de cada meio de transporte. Não é apenas uma questão de legalidade, mas também de aproveitar os recursos disponíveis.

Algumas cidades separam vagões específicos do metrô nos quais o acesso a animais é permitido, enquanto outras fazem restrições dependendo do tamanho e do peso de cada animal.

2. Vacinação e desparasitação sempre atualizadas

Antes de levar seus animais de estimação no transporte público, é essencial garantir que suas cadernetas de vacinação e desparasitação estejam atualizadas.

Na verdade, estes são cuidados básicos para oferecer uma medicina preventiva adequada aos nossos melhores amigos ao longo de suas vidas.

Cachorro tomando vacina

3. Identifique seu animal de estimação corretamente

Como vimos, algumas cidades só permitem animais de estimação no transporte público se os mesmos tiverem um microchip. Ainda que outros locais não façam esta exigência, este é um elemento essencial para evitar que o seu animal se perca.

Cartaz buscando cão perdido

Também é altamente recomendável que nossos amigos carreguem uma placa de identificação em todas as viagens ao exteriorEmbora ela não substitua o microchip, esta placa permite contato imediato e facilita o retorno do animal para sua casa.

4. Escolha o transportador ideal 

A melhor opção para levar seus animais de estimação no transporte público é ter uma caixa de transporte adequada ao seu tamanho. Primeiro, a caixa de transporte facilita o movimento com um animal em um lugar público com muitas outras pessoas.

Como levar seus animais de estimação no transporte público

Além disso, o transportador fornece um ambiente seguro e controlado, onde o animal pode ficar protegido contra ruídos, estímulos desconhecidos e outros animais. Portanto, os donos de cães e gatos pequenos devem preferir o uso da caixa de transporte.

Os cães de médio ou grande porte podem se adaptar melhor a andar com coleira e focinheira no meio de transporte autorizado. Levá-los na caixa de transporte não é viável, porque isso significaria que uma única pessoa teria que carregar quase 10 quilos.

5. Respeite o tempo de adaptação do seu animal de estimação

Se o seu animal de estimação nunca esteve na rua, levá-lo a um transporte público será uma experiência muito desagradável. Imagine ser exposto abruptamente, sem qualquer preparação prévia, a um conjunto de estímulos desconhecidos e pessoas estranhas, todos em movimento.

Como transportar um cachorro

Primeiro, devemos acostumar o animal a sua caixa de transporte. O primeiro passo será apresentar o objeto, deixando-o sempre aberto à sua disposição. Em seguida, vamos colocar algumas guloseimas à direita na porta de entrada.

Quando o animal estiver se aproximando da porta, colocaremos as guloseimas dentro da transportadora, mas sempre deixaremos a porta aberta.

Deixando seu animal de estimação entrar voluntariamente na transportadora, será possível começar a fechar a porta, pouco a pouco. Primeiro, vamos fechá-la pela metade, deixando meio aberta e observando o comportamento do nosso melhor amigo.

Se o animal estiver calmo, vamos continuar a fechar a porta; se ele ainda se mostrar nervoso, vamos esperar e tentar este passo outro dia, até que ele fique calmo no interior da caixa de transporte com a porta fechada.

Depois de concluir com sucesso o passo anterior, podemos levá-lo para passear de carro pelas ruas. Para começar, faremos pequenos passeios nas proximidades de nossa casa e sempre devemos recompensar o bom comportamento de nossos amigos peludos quando voltarmos.

Pouco a pouco, você vai observar o comportamento do seu animal e encontrar o momento certo para fazer os preparativos para a sua primeira viagem em um meio de transporte público.