As razões por trás das reuniões de baleias

· novembro 26, 2018

Ao sul do planeta, acontecem reuniões de baleias para elas se alimentarem sem terem que percorrer longas distâncias constantemente. Nessa região, vive seu alimento principal, o krill.

As reuniões de baleias jubarte começaram a ser observadas na costa oeste da África do Sul no início dos anos 90. Desde então, aumentaram misteriosamente ano após ano.

Atualmente, há mais de 200 baleias, que passam vários meses por ano nessa pequena região marítima, do tamanho de três campos de futebol.

Essas reuniões de baleias surpreendem muitos e finalmente sabemos o motivo para elas.

A razão por trás das reuniões de baleias

O motivo para as reuniões desses grandes cetáceos no Sul foi finalmente descoberta. Você vai se surpreender com a simplicidade do motivo.

Nessa região, há uma concentração excessiva de krill, a base da dieta de boa parte dos cetáceos. Dessa forma, a explicação óbvia é que elas se reúnem para comer.

Em poucos anos, a espécie mudou seus hábitos alimentares de forma drástica. Ou seja, as reuniões de baleias são simplesmente outro exemplo da cultura que rege o comportamento desses animais.

As baleias são extremamente inteligentes e sensíveis. Além disso, acredita-se que os cetáceos têm laços familiares semelhantes aos dos humanos, ou até mais poderosos.

Infelizmente, ainda é muito complicado medir a inteligência dos animais. Provavelmente, porque usamos o ser humano como a medida de todas as coisas.

Mergulhador fotografando baleias

Mudanças no comportamento das baleias

Normalmente, esses cetáceos se reúnem em pequenos grupos e patrulham dezenas de quilômetros em busca de comida.

No entanto, essas reuniões de baleias permitem que elas façam movimentos incansáveis ​​através dos “enxames” de krill. Dessa forma, juntas, podem capturar mais comida.

Cientistas estão certos de que esse fenômeno fornece pistas sobre como as baleias e outros cetáceos se comunicam. Apenas um animal com um grande sistema de comunicação pode atrair tantos novos seguidores.

Uma de suas técnicas de caça mais conhecida é a rede de bolhas, utilizada precisamente nas reuniões de baleias. Baleias jubarte emitem um som em uníssono para criar uma enorme rede de bolhas que atordoa os grupos de krills. Assim, posteriormente, podem comê-los com facilidade.

Conheça as baleias jubarte

Por trás dos encontros de baleias, há a espécie conhecida como baleia jubarte. Trata-se de um mamífero marinho que pode atingir 16 metros comprimento e pesar 36 toneladas.

Possui um tipo de barbatana peitoral longa que executa movimentos bastante acrobáticos. Além disso, o canto das baleias jubarte é conhecido por muitos. Algumas comunicações de 20 minutos são feitas pelos machos, mas sua finalidade não é clara.

As jubarte estão distribuídas por todos os mares do planeta. Normalmente, migram para águas polares no verão e nas zonas tropicais para se reproduzirem no inverno. Para isso, se deslocam por até 25 mil quilômetros.

razão para as reuniões de baleias

Nosso relacionamento com as jubarte

Como outros cetáceos, as baleias jubarte foram caçadas por humanos, então sua população estava perto da extinção em meados do século 20.

No entanto, foram criados importantes movimentos ambientais para sua preservação. Dessa forma, mais de 80 mil exemplares ainda sobrevivem.

Hoje, as baleias e outras espécies de cetáceos não são caçados. Porém, há excursões para observar a vida selvagem, especialmente nos países da América Latina e em várias partes dos Estados Unidos e Austrália, além de na África do Sul.

Felizmente, todos os dias sabemos mais sobre as reuniões de baleias e outros comportamentos dos animais, por isso temos uma relação mais positiva com eles.

Esperamos que não acabemos destruindo-a por causa das mudanças climáticas e dos plásticos despejados nos oceanos.