Boykin spaniel: tudo sobre essa raça

De caráter amigável, inteligente e enérgico, assim é o boykin spaniel. Esse cão de origem americana surgiu no início do século passado como um cobrador de presas. Hoje é um animal de estimação muito valorizado. Venha conhecer mais sobre essa raça junto com a gente!
Boykin spaniel: tudo sobre essa raça

Última atualização: 24 agosto, 2021

Dentro do grupo de spaniels, encontramos a maravilhosa raça de cachorro boykin spaniel. De origem americana, esse cão se tornou um cão cobrador de caça desde o seu surgimento, muito valorizado por sua energia e seu tamanho. Hoje em dia, ele é considerado um animal exemplar devido ao seu bom caráter.

Ideal para viver com famílias que têm crianças, esse cão precisa de uma boa dose de exercício diário para manter a sua saúde. Há muito mais a ser destacado sobre essa raça, por isso convidamos você a conhecer o boykin spaniel desde as suas origens.

Origem do boykin spaniel

Para falar do surgimento da raça, devemos voltar à primeira década do século XX. Naquela época, os caçadores da Carolina do Sul (EUA) queriam um cobrador de caças de menor porte do que os que existiam naquela época na área.

Isso porque, quando saíam em seus barcos para caçar perus e outras aves aquáticas, iam carregados com utensílios e provisões e não sobrava espaço para cães de grande porte. Acredita-se que o boykin spaniel, batizado em homenagem a um de seus primeiros criadores: Lemuel Whitaker Boykin, surgiu do cruzamento de um cocker spaniel, cobrador da baía de Chesapeake, com um spaniel d’água americano.

Esse cão é reconhecido pelo American Kennel Club desde 2009. No entanto, até hoje a Federação Cinológica Internacional ainda não o considera como uma raça estabelecida.

Um boykin spaniel.

Características do boykin spaniel

Os boykin spaniels são considerados cães de tamanho médio: os machos medem entre 39,4 e 43,2 centímetros e as fêmeas, entre 35 e 42 centímetros na cernelha. O peso varia entre 13,5 e 18 quilos nos machos e 11,4 e 15,9 quilos nas fêmeas. Devido a esses atributos, apresentam um corpo compacto de aparência robusta.

Suas patas são musculosas, sua cabeça é larga e sua mandíbula é poderosa. Continuando com as características faciais, os olhos desse cão são ovalados e castanhos ou amarelo-escuros. Além disso, suas orelhas achatadas caem para os lados e ficam coladas na cabeça.

Um dos aspectos mais característicos desse animal é sua pelagem ondulada, espessa, marrom-avermelhada ou marrom-chocolate. Possui uma camada interna e outra externa de pelos, sendo esta última de comprimento médio. O pelo costuma ser um pouco mais fino na área das orelhas, da barriga, do tórax e das patas.

Caráter e comportamento

Se algo fez desse cão um grande cobrador de caça desde o início, foi sua inteligência, sua boa predisposição para o trabalho e sua vontade de agradar. Essas são características que continuam presentes até hoje em boykin spaniels.

Agora, além disso, eles são reconhecidos como grandes animais de estimação por serem cães afetuosos, dóceis e nobres. Adoram estar com a família, são sociáveis, se dão bem com crianças e outros cães e têm grande capacidade de adaptação.

Claro, para manter esse caráter afável e equilibrado, também é necessário considerar que esses animais são muito enérgicos e ativos. Portanto, além de sua saúde física, eles requerem longas caminhadas diárias e exercícios para não acumular energia, e isso acaba influenciando negativamente em seu caráter.

Esse fator também é importante porque são cães que podem viver facilmente em diferentes ambientes, independentemente de estarem no campo ou na cidade. Para isso, a condição mais importante é poder correr livremente em um amplo espaço todos os dias.

Cuidados com o boykin spaniel

Além dos exercícios de alta intensidade, o boykin spaniel requer outros cuidados a serem considerados. Dentre eles, destaca-se, como acontece com qualquer outro animal de estimação, o oferecimento de uma alimentação de qualidade e balanceada que contenha os nutrientes necessários para um cão com elevada atividade física.

Escovar os dentes, cortar as unhas e verificar o estado das orelhas são outros dos cuidados importantes para esse cão. Nesse último aspecto, o das orelhas, é imprescindível que sejam verificadas com frequência, pois, por serem longas e ficarem caídas, os sintomas de qualquer problema nelas geralmente não ficam facilmente visíveis.

Por outro lado, manter um aspecto exterior limpo também ajudará não apenas a conservar a aparência do seu cão, mas também a proteger sua saúde. Para isso, recomenda-se uma escovação mínima de 2 vezes por semana. Essa é a única maneira de remover os nós do pelo do cão, assim como a sujeira superficial.

Banho do boykin spaniel

Apesar de ser um cão que precisa passar muito tempo fora de casa se exercitando, se sua pelagem for mantida limpa com a escovação, os banhos podem ter frequência mensal. É importante lembrar que em cães não costuma ser aconselhável aumentar essa frequência, pois estaríamos eliminando a camada protetora natural gerada por sua pele.

Para os banhos, deve-se usar sempre um xampu específico para cães, que será o único capaz de proteger a pelagem sem afetar a derme. Você também pode usar um condicionador para cães para deixar a pelagem mais brilhante e facilitar a escovação subsequente.

Terminado o banho, deve-se secar bem o cão com a toalha. É importante limpar com cuidado as orelhas, inclusive por dentro, pois o acúmulo de umidade pode levar ao aparecimento de fungos e, com eles, infecções.

Por fim, se você for usar um secador de cabelo, nunca deve apontá-lo para o rosto do animal ou para dentro de suas orelhas. Além disso, é aconselhável usar em potência média e manter uma distância segura do corpo do animal para não queimá-lo.

Adestramento da raça

Por terem um caráter dócil e inteligente, adestrar esses cães não é complicado. Eles tendem a obedecer facilmente, especialmente se os ensinamentos foram iniciados quando ainda são filhotes. Claro, é importante lembrar que durante essa fase inicial também deve ocorrer a socialização, essencial para evitar problemas de comportamento no futuro.

Até hoje, muitos desses cães ainda são treinados para caçar, principalmente no meio aquático. Isso ocorre porque eles são extremamente bons em natação. Portanto, se o boykin tiver a oportunidade de se exercitar nadando, sua saúde também agradecerá.

Saúde e doenças

Como indicam os especialistas, esses cães costumam ser bastante saudáveis. Contudo, o acompanhamento regular do tutor e do veterinário é muito importante para detectar qualquer eventual patologia. No caso, o boykin spaniel pode ter algumas doenças hereditárias e relacionadas à raça. Entre elas, encontramos as seguintes:

  • Mielopatia degenerativa.
  • Displasia do quadril. Pode exigir uma intervenção cirúrgica traumática.
  • Luxação patelar. Nesse quadro, a patela se desloca causando claudicação e dor extrema ao animal.
  • Estenose pulmonar. É uma anomalia do coração causada por atividades muito extenuantes.
  • Catarata juvenil.
  • Otite externa. Como suas orelhas ficam abaixadas e muito próximas ao rosto, o canal auditivo não areja adequadamente e podem ocorrer infecções.

 

Um boykin spaniel em um rio.

Essa raça tem uma expectativa de vida elevada, entre 14 e 16 anos. Naturalmente, para que possa atingir sua sobrevivência máxima, exigirá os cuidados específicos mencionados neste artigo, além de muito amor de seus tutores.

Pode interessar a você...
Como adestrar adequadamente um cocker spaniel
Meus Animais
Leia em Meus Animais
Como adestrar adequadamente um cocker spaniel

O cocker spaniel é uma raça muito fácil de adetrar. Aqui, vamos mostrar como treinar adequadamente os cães dessa raça. Confira nossas dicas!