Coelho de estimação: o que é preciso saber

· março 2, 2018

Os coelhos são os roedores mais famosos e cativantes. São uma excelente opção para primeiro pet das crianças. Geralmente, ensinam muito sobre a responsabilidade de cuidar e respeitar a vida animal. E não requerem muito tempo ou espaços grandes. Assim é o coelho de estimação.

Possuem um caráter dócil, ativo e brincalhão. E mesmo que pouca gente saiba, podem ser adestrados. Mas os coelhos também precisam de cuidados específicos com a higiene, nutrição e condicionamento físico. Tudo isso para um desenvolvimento saudável.

Por que escolher um coelho de estimação?

Cães e gatos ocupam os primeiros lugares no ranking de pets mais queridos. No entanto, as opções para quem busca a fiel companhia de um animal não precisam se limitar a felinos e caninos. Existem diversos pets mais exóticos que são capazes de encher o lar de alegria.

Coelho em casa

Vantagens de escolher um coelho de estimação

Excelente relação espaço-tempo

Os coelhos requerem muito menos espaço que gatos e cachorros. Em uma jaula de um bom tamanho e com temperatura adequada, podem viver saudavelmente sem a necessidade de mais espaço. No entanto, é aconselhável deixá-los pular e explorar o lugar sob a devida observação dos donos.

Como geralmente são independentes, os coelhos de estimação requerem pouco tempo de seus donos. Mas é preciso ter cuidado para não abandonar o animal, principalmente se são dados de presente a crianças.

Caráter dócil e brincalhão

Esses animaizinhos são muito mais que orelhas grandes peludas e o movimento fofo do pequeno nariz.

Esses pequenos animais estão quase sempre dispostos a saltar, explorar e descobrir novas atividades. Por isso, um coelho de estimação pode ser a companhia ideal para os pequenos em fase de desenvolvimento.

Ao contrário do que pode parecer, os coelhos interagem muito com seus donos. Pedem carinho, propõem exercício conjuntos e gostam de estar na companhia de humanos.

Disposição para entretenimento

Os coelhos são inteligentes e muito dispostos ao entretenimento. Com a orientação devida, podem ser adestrados assim como cães e gatos. Inclusive respondem pelo nome e seguem seus donos.

Muitos coelhos de estimação aprendem a fazer suas necessidades no banheiro ou na caixinha própria. Também são capazes de memorizar e reproduzir truques, assim como responder a diversos comandos.

Diversidade de raças e caráter

À nossa cabeça, pode vir facilmente a imagem do coelhinho branco com olhos vermelhos. Mas existem diversas raças de coelhos, com diferentes temperamentos e aparências.

Por isso, o ideal antes de adotar um coelho de estimação é investigar e buscar orientação para escolher o animal que melhor se adapte ao seu estilo de vida.

Quais são os cuidados para ter um coelho de estimação?

Mesmo que não demandem muito tempo diário, os coelhos precisam de alguns cuidados específicos para manter sua saúde. A seguir, resumimos os principais aspectos para sua criação adequada.

Escolhendo e preparando uma boa jaula

Grande parte da vida de um coelho de estimação se desenvolve dentro da jaula. Essa é sua casa, e por isso é tão importante escolhê-la com consciência e prepará-la. O habitat é parte fundamental de um desenvolvimento saudável.

A escolha deve se basear principalmente no tamanho do animal escolhido. O coelho tem que se mover para fortalecer seu corpo e crescer saudável. Por isso, o ideal é optar por uma jaula de tenha 4 ou 5 vezes o tamanho do corpo do animal.

Além disso, a jaula deve contar com um espaço onde o animal possa se refugiar. E não podem faltar um bom comedor e um lugar para beber, ambos apropriados ao seu tamanho.

A higienização é um dos aspectos mais importantes, já que os coelhos são animais muito limpos. A limpeza do interior da jaula e a troca do feno devem ser realizadas semanalmente.

Menino alimentando coelhos

Alimentação balanceada

O coelho precisa uma alimentação variada que combine sementes, verduras, cereais, frutas, verduras e frutos secos. O feno é fundamental para sua digestão e deve ser oferecido em abundância.

O ideal é utilizar a ração comercial como base de proteínas e fibras. Isso se complementada com frutas e verduras, de acordo com a lista a seguir:

  • Alimentos permitidos: maçã, pera, morango, ameixa, melão, kiwi, abóbora, cenoura e raízes.
  • Alimentos proibidos: comida humana com condimentos e industrializada.

Desgaste dos dentes

A intenção é impedir o crescimento excessivo dos dentes do coelho. Existem várias opções naturais no mercado. O veterinário pode ajudar na escolha mais adequada.