Colt, o cão treinado para ajudar sua dona

Os cães têm capacidade para serem treinados e fazerem trabalhos que só eles podem fazer. Esse é o caso de Colt, um cão treinado para ajudar sua dona. Você quer saber como? Nós lhe contamos!

Já vimos determinados cães que cumprem funções de cães-guia, policiais, de resgate e muitas outras. Esses animais são treinados para uma tarefa específica: ajudar um ser humano. Esses cachorros não só são muito queridos por seu trabalho, mas também pela nobreza e doçura com a qual cumprem suas missões.

No caso de Colt, sua dona precisa de sua ajuda. Sem essa assistência, ela teria muitas dificuldades diárias, isso sem falar dos riscos.

A história de Colt é um caso isolado, que visto assim pode parecer muito especial. Mas na verdade, existem muitos cães de grande valor, nobreza e doçura treinados para ajudar pessoas que necessitam.

Por que Colt foi o cão treinado para ajudar?

A dona de Colt se chama Janayne Kearns e mora no Colorado, nos Estados Unidos.

Há cinco anos, Janayne sofreu um derrame cerebral. Entre as consequências, ela teve convulsões. Além disso, devido a uma lesão no cérebro, qualquer golpe em sua cabeça, por menor que seja, poderia ter consequência fatais para ela.

Janayne cai continuamente no chão e começa a ter convulsões parecidas com as de um ataque epilético, que a fazem golpear a cabeça contra o chão.

Se esses golpes não fossem controlados, poderiam agravar sua lesão cerebral e isso poderia levá-la até à morte.

Aqui é onde entra na história Colt, seu cão. Ele foi treinado de uma maneira especial para detectar as convulsões de sua dona e ajudá-la rapidamente quando elas começam a se agravar.

Colt corre até ela e se abaixa atrás da cabeça da mulher, evitando que seja golpeada contra o chão e possa ocasionar mais lesões. Em seu canal no Youtube, é possível ver o treinamento do animal.

Janayne não sofre convulsões reais nos vídeos, apenas finge para ter certeza de que Colt está fazendo bem seu trabalho.

Como ela mesma explica:

“Quando sofro convulsões é como se não estivesse mais presente no meu corpo, por isso, antes que aconteçam, tenho que me assegurar ao máximo de que Colt vai fazer bem seu trabalho. Durante as convulsões reais, seria impossível saber”

Janayne treina várias vezes com Colt, e mesmo que às vezes faça isso em solo escorregadio, Colt não se rende e sempre continua tentando chegar o quanto antes embaixo da cabeça de sua dona. Um animal perseverante e fiel sempre.

Seu canal no Youtube já tem meio milhão de curtidas e mais de trezentos mil seguidores.

Colt não é o único caso

Em Alicante, na Espanha, há um projeto universitário de cães de alerta médico para convulsões, especialmente para ataques epiléticos. Os cachorros são treinados por um ano, desde filhotes, quando têm dois ou três meses.

Os cães são treinados para um paciente em particular, pensando nas circunstâncias e necessidades daquela pessoa.

Já foram três os cães treinados e entregues a pessoas que sofrem essas convulsões e parece que o projeto está sendo um sucesso.

Esses cães devidamente treinados ajudam pessoas
com convulsões a levar uma vida normal, evitando lesões na cabeça.

É uma mostra a mais do grande trabalho que nossos amigos cães fazem para melhorar a vida de muitas pessoas. Sua lealdade, perseverança e capacidade de serem treinados e obedecer já ajudaram muitas pessoas com problemas sem solução a levar uma vida normal.

Sem dúvida, temos muito o que agradecer a esses animais inteligentes.

Mesmo quando não precisamos, os cães que fazem trabalhos de busca, socorro ou resgate podem nos beneficiar em qualquer momento.

A cães como Colt e como todos aqueles que prestam serviços, só temos uma coisa a dizer: Obrigado!

Fonte da imagem: verne.elpais.com

Recomendados para você