Como alimentar um filhote de pintassilgo

junho 26, 2018

Se alguma vez encontrarmos um filhote desse pássaro, devemos colocá-lo em uma espécie de ninho. Ou seja, um lugar que pode ser criado com uma toalha ou pano, para aquecê-lo. Em seguida, você deve alimentá-lo com alpiste, que deve ser dado à mão. Caso o animal não aceite a comida, é preciso usar uma seringa como alternativa.

Os pintassilgos são passarinhos simpáticos que vivem em todo o mundo. No Brasil, eles podem ser ouvidos em qualquer parte do país. Por isso, é comum ver alguns filhotes que caíram do ninho e se perderam.

Durante a época de reprodução, esses animais geralmente têm entre dois e três filhotes. Agora, vamos te falar um pouco sobre como alimentar um filhote de pintassilgo. Dessa forma, você poderá dar-lhe a oportunidade de viver em liberdade se encontrá-lo perdido.

Por que os filhotes caem?

Existem várias razões pelas quais os filhotes podem acabar no chão. Seja em uma rua movimentada ou no quintal de casa. Um deles tem a ver com a sobrevivência dos mais fortes, como Darwin corretamente observou. Ou seja, os filhotes maiores eliminam os menores pela comida.

Além disso, há outra explicação com termos semelhantes aos de Darwin. A mãe detecta que o bebê está doente ou será propenso a uma doença, por isso ele é expulso do ninho para evitar a contaminação da ninhada. Um terceiro motivo e mais simples é que o pássaro estava tentando aprender a voar e não conseguiu.

Em qualquer dos casos, se você tiver a sorte de encontrar uma dessas criaturas vivas, é hora de assumir o papel de mãe de aluguel e alimentá-las. Por isso, vamos dar alguns conselhos sobre como alimentar um filhote de pintassilgo.

Pintassilgo em um galho

Do que os pintassilgos se alimentam?

Os pintassilgos são aves granívoras, ou seja, alimentam-se inteiramente de sementes e algumas flores. Nas cidades, eles também tendem a comer algumas migalhas de comida humana, competindo com os pombos.

Dito isso, se quisermos ajudar a um desses filhotes, devemos levar em conta que a dieta deles não é a mesma em todo o seu ciclo de vida. Em outras palavras, ao longo de suas vidas, eles são alimentados de forma diferente, conforme necessário para nutrir seu corpo da maneira correta.

É por isso que a maioria das aves resgatadas e alimentadas em casa tendem a morrer inesperadamente ou, pior, não comer nada. Mas não se preocupe, com um pouco de paciência e com o equipamento certo, alimentar um filhote de pintassilgo pode ser muito fácil.

Como alimentar um filhote de pintassilgo

Para começar, devemos levar em conta a idade do filhote. Se ele ainda não tiver penas em seu corpo ou se estiver começando a muda, isso poderá afetar muito a alimentação.

Primeiro de tudo, depois de trazê-lo para casa, é preciso criar uma espécie de incubadora onde o filhote de pintassilgo possa descansar. Dessa forma, ele se sentirá seguro de uma forma semelhante a que se sentia em seu ninho. O ideal é que seja um recipiente de tamanho apropriado e profundo.

Pintassilgo

Coloque uma toalha ou um pano no fundo e tente fornecer calor de forma adequada com o que estiver à mão. Assim, o animal se sentirá seguro e relaxado o suficiente para nos permitir pegá-lo e manipulá-lo sem muita dificuldade.

Uma vez terminado esse estágio, a forma correta de alimentar o filhote é à mão, por meio de uma seringa ou de alguma outra maneira semelhante. Ou seja, o alimento precisa ser depositado no bico do filhote. Você pode usar alguma mistura fortificante para filhotes de qualquer loja de animais junto com um pouco de alpiste.

Precauções

Se o animal não comer na mão ou de um recipiente, a seringa deve ser usada para alimentá-lo. Primeiro, ela deve ser esterilizada com água quente para não deixar o animal doente acidentalmente. Depois, é preciso mostrar a ponta ao filhote como se fosse sua mãe alimentando-o.

Nunca toque no bico diretamente ou poderá machucar o animal. Ofereça comida devagar até que ele feche a boca em sinal de que está satisfeito. Repita o mesmo processo a cada hora e, depois de alguns dias, deixe frutas e nozes  para que ele aprenda a se alimentar sozinho e seu bico endureça.

Quando o animal aprender a sobreviver sozinho, lamentamos informar que será hora de soltá-lo. Os pintassilgos são aves selvagens e não se dão muito bem quando são mantidos presos em cativeiro.

Como foi possível ver, alimentar um filhote de pintassilgo é algo bastante simples e fácil de fazer. Se você encontrar algum na rua e decidir cuidar dele, agora já sabe como.