Como ensinar hábitos de higiene aos cães

março 30, 2019
O ideal para educar um cão em relação a hábitos de higiene é fazer isso desde quando ele é filhote, embora também seja possível adestrar um cachorro adulto com esforço e dedicação.

A educação do seu cão também deve incluir certos hábitos de higiene que ajudam a prevenir problemas de comportamento e a proliferação de agentes patogênicos no lar. A seguir, compartilhamos três passos simples que ajudam a ensinar hábitos de higiene aos cães da melhor maneira.

Três passos básicos para ensinar hábitos de higiene aos cães

O ideal é começar a ensinar estes hábitos quando o cachorro ainda é filhote. No entanto, se você decidiu adotar um cão adulto, também é possível educá-lo e socializá-lo com paciência e carinho.

Em ambos os casos, lembre-se de usar o reforço positivo para estimular seu aprendizado e começar a educá-lo desde a sua chegada ao lar.

Passo 1: Definir os espaços permitidos e proibidos do lar

No momento em que seu cão chegar à sua casa, será fundamental determinar quais são os lugares permitidos e proibidos para ele.

Não falamos apenas de onde poderá fazer suas necessidades, mas também das áreas da casa em que ele pode circular livremente.

As regras de cada casa são determinadas por quem vive nela. Ou seja, você vai escolher quais são as normas a serem apresentadas ao seu melhor amigo.

O importante é transmitir estas regras de forma clara e objetiva, para que seu cachorro compreenda como deve se comportar em sua nova casa.

Um exemplo a considerar: seu cão pode subir no sofá ou na cama? Se a resposta for ‘não’, então lembre-se de ensinar que estes lugares não são permitidos, e quais são as partes do lar que ele pode frequentar livremente.

Filhote de Beagle na hora do banho

Passo 2: Determinar os horários das refeições

Este é um dos aspectos mais importantes ao ensinar hábitos de higiene aos cães. Seu animal de estimação precisa entender quais são os horários das suas refeições e quando deve respeitar nossos momentos de alimentação. Também é essencial ensinar-lhes a não procurar alimentos no lixo.

Embora possa parecer fofo ter um cachorro pedindo comida ao pé da mesa, não é aconselhável reforçar esta conduta; é preciso evitar os maus costumes desde o começo.

Também não devemos oferecer comida ou petiscos a nosso cão para fazer com que pare de ter um comportamento não desejado, como latir excessivamente.

Quase sempre isso leva a um adestramento inconsciente, já que o animal assimila que está sendo recompensado por um mau comportamento.

O ideal é dividir a quantidade total de comida que seu cão consome por dia em duas ou três refeições. Desta maneira, evitamos que ele passe muitas horas sem comer e fique tentado a buscar comida no lixo ou nos armários de casa.

Passo 3: Ensinar seu cão a fazer as necessidades no lugar certo

Um dos pontos mais importantes ao ensinar hábitos de higiene aos cães é mostrar como fazer suas necessidades no lugar certo.

Para isso, primeiro temos que definir que queremos que ele as faça na rua ou em um determinado espaço de casa.

Aconselhamos que você ensine seu cachorro a fazer suas necessidades na rua. Isso permitirá manter uma melhor higiene do lar e o passeio também será um excelente exercício para a mente de seu amigo canino.

Homem limpando coco do seu cachorro na rua

Como ensinar o cachorro a fazer suas necessidades na rua?

Antes de começar a ensinar seu cão a fazer suas necessidades na rua, é essencial completar seu primeiro ciclo de vacinas. No geral, isso acontece quando o cachorro completa três ou quatro meses de vida.

Durante este período, podemos aproveitar para habituar o cão a andar com sua coleira ou arnês.

Devemos fazer algumas caminhadas dentro de casa e ensinaremos o animal a não tirar a coleira e caminhar de forma equilibrada e tranquila.

Quando chegar o momento, começaremos fixando os horários dos passeios na rua. Lembre-se de que é essencial estabelecer uma rotina para que seu cão a assimile e entenda que estes são os momentos para fazer suas necessidades.

Durante os passeios, sempre devemos deixar que o cachorro fareje livremente, possa se expressar e interagir com outros cães. Sempre que ele urinar ou defecar no lugar certo, devemos oferecer uma recompensa para reforçar esta conduta.

Mesmo depois que seu cão tiver aprendido a fazer suas necessidades na rua, aconselhamos que deixe um “banheiro” à sua disposição em casa, especialmente se o animal costuma passar mais de quatro ou cinco horas sozinho.

A retenção excessiva da urina pode levar a problemas no trato urinário, além de ser muito incômoda. Por isso, o melhor é deixar uma toalha absorvente ou um jornal no qual o cachorro possa fazer suas necessidades quando estiver sozinho.