Como ensinar o seu cachorro a passear com correia

Embora seja mais fácil ensinar um filhote a passear com correia, os cães adultos também podem aprender. A coisa mais importante é que, qualquer que seja o caso, você tenha muita paciência e não desista facilmente. O adestramento bem-sucedido depende da frequência e do compromisso do dono, mais do que da capacidade do bicho de estimação. Saiba mais sobre isso neste artigo.

Passo a passo para ensinar seu cachorro a passear com correia

Talvez leve tempo para conseguir isso, e você deverá reservar um tempo todo dia até que ele aprenda, porque se você deixa para depois, é possível que o animal esqueça a lição anterior. Você deve prestar atenção a esse passo a passo para ensinar o seu cão a passear com correia:

1. Escolha uma correia e uma coleira

Essa tarefa é fundamental e não pode ser feita às pressas. Para começar, escolha uma coleira plana e uma correia retrátil. Assim, o animal vai se acostumar a carregar algo envolta do seu pescoço, e a ficar a certa distância de você. Você não deve apertá-la demais (você deve ser capaz de introduzir os dedos da mão sem problemas entre o pescoço e a coleira).

cão com a língua de fora usando coleira: ensine seu cão a passear com correia

2. Coloque a coleira nele

É preciso que seu bicho de estimação se acostume a andar de coleira quando estiver em casa, e que não seja só algo usado na hora de sair para passear. No começo, ele vai tentar tirá-la e, se conseguir fazer isso, coloque-a de novo. Talvez ele tente morder você ou fique muito nervoso, mas pouco a pouco ele vai aceitar a coleira.

3. Presenteia-lhe com a correia

Assim como ele tem que se acostumar com a coleira, também deve se acostumar com a correia, já que ela só é colocada na hora de sair, e não para andar pela casa. Você deve deixar que ele fareje esse objeto novo, que brinque um pouco com ele, e logo depois, afivele-a no pescoço dele.

4. Adestre-o em um ambiente tranquilo

Para ensinar o seu cachorro a passear com a correia, procure escolher um momento do dia ou um local onde não haja outros animais, crianças correndo ou muita gente. A ideia é que seu bicho de estimação preste atenção ao que você está lhe mostrando, e que não fique nervoso. Além disso, isso vai servir para que você também fique calmo, e o cão possa absorver sua energia e ter você como exemplo.

5. Leve prêmios consigo

Escolha o sistema de recompensa que você quer pôr em prática com o bichinho. Você pode comprar-lhe guloseimas pequenas ou levar um pouco de ração na bolsa. Além disso, pode dar-lhe pedacinhos de salsicha ou de queijo (se o veterinário permitir esse tipo de comida). O mais importante é que seja um lanchinho que ele possa comer enquanto caminha. Dessa forma, nada vai interromper o processo de aprendizagem.

6. Controle o mau comportamento

Assim como você deve premiar o cão quando ele se comportar bem, também deve chamar-lhe a atenção quando fizer algo errado. Não precisa gritar com ele, e muito menos bater nele para que ele entenda. Existem outras maneiras mais “pacíficas” e com resultados mais eficazes.

Por exemplo, se o animal puxar a correia, ele deixa de caminhar. Dessa forma, ele vai se dar conta de que, não importa o quanto ele puxe, não vai conseguir ir muito longe. Se ele se sentar, se deitar ou não quiser caminhar, se afaste alguns passos (a distância permitida pela correia), chame-o e ofereça-lhe uma guloseima.

7. Lidere a situação

O dono deve ser a “voz de comando” a todo momento e, sobretudo, quando estão na rua, onde podem acontecer muitas coisas. Trate de manter-se sempre um pouco mais à frente do que o cachorro, dessa maneira ele trata você como o líder da matilha.

cachorros usando coleira

Além disso, preste atenção ao seu comportamento quando há outros cachorros por perto. Não mude sua atitude nem fique nervoso, porque o animal vai sentir isso e vai agir baseado nisso. Se você ficar passeando tranquilo, seu bicho de estimação vai entender que não há motivo para se preocupar, e que não deve atacar nem ficar de guarda.

8. Mantenha o adestramento

Uma vez que você já tenha ensinado o cão a passear com a correia, você não deve deixar de sair com ele. Se for possível, sai várias vezes ao dia. Não só é um excelente exercício físico para ambos, como também vai ajudá-lo a não se esquecer do adestramento. 

Fonte da imagem principal: Carlos Varela

Recomendados para você