Como ensinar seu cão a mergulhar

A primeira coisa a ter em mente é que devemos garantir a segurança do nosso animal de estimação. Para isso, temos que escolher o cenário ideal, adaptá-lo de forma progressiva, apresentar a experiência como uma brincadeira e ensiná-lo a pular de alguma plataforma elevada.

Alguns cães parecem ter sido feitos para a água. Não só eles são bons nadadores, como também gostam de brincar ou apenas relaxar junto ao mar ou na própria piscina. Se o seu animal de estimação também ama água, você deve saber que há esportes aquáticos especiais para ele. Hoje, nós lhe daremos algumas dicas para você ensinar seu cão a mergulhar.

Passos para ensinar seu cão a mergulhar

Antes de começar a ensinar seu cão a mergulhar, é essencial deixar claro algumas dicas para garantir sua segurança. Estas são algumas das medidas preventivas e as principais instruções para realizar este esporte aquático com seu cão.

Escolha o local ideal para mergulhar

Nunca devemos começar qualquer atividade com nossos amigos em um ambiente desconhecido. A imprudência coloca em risco o nosso bem-estar e, também, a saúde dos nossos melhores amigos. Em primeiro lugar, devemos reconhecer o lugar, conhecer suas profundezas, seu solo, possíveis obstáculos, a qualidade de sua água, etc.

Depois, você pode passar para o estágio de escolher o local ideal para ensinar seu cão a mergulhar. É essencial preferir águas calmas e translúcidas, como uma piscina ou um lago com profundidade suficiente para sua imersão. O cão não deverá alcançar o chão com as patas se estiver em pé.

Cão nadando

Devemos nos certificar de que este local está livre de obstruções e de qualquer objeto que possa ser atingido. O cão deve mergulhar a cabeça primeiro, portanto, qualquer obstáculo pode causar um forte trauma acidental.

Adaptação gradual

Embora o seu cão goste de água (existem raças mais propensas do que outras), lembre-se de que a experiência do mergulho é nova para ele. Portanto, é importante respeitar o tempo de adaptação de cada animal e estimulá-lo com o uso do reforço positivo.

Não devemos forçar nosso amigo a entrar na água ou submergir quando ele não mostrar vontade própria. Além disso, é essencial garantir que o cão se sinta confortável no ambiente escolhido. Se o animal é desconfiado ou medroso, podemos incentivar sua curiosidade através de brincadeiras.

Apresentar a atividade ao seu cão

Ensinar seu cão a mergulhar significa apresentar uma nova atividade, que deve parecer uma brincadeira. A diversão atua como um elemento lúdico, por meio do qual o cão pode entender o propósito de seu treinamento.

Para isso, começaremos pegando seu brinquedo favorito. A forma não importa muito, mas é essencial que o brinquedo escolhido flutue na água e que o impressione. Em seguida, devemos sentar ao lado de nosso melhor amigo e mostrar-lhe seu amado brinquedo. Agitaremos o objeto para capturar sua atenção e estimulá-lo a persegui-lo. Nós, então, jogaremos o brinquedo na água e o incentivaremos a pular para procurá-lo e devolver o objeto.

Cada vez que nosso cão completar essa atividade com sucesso, é essencial recompensá-lo com um prêmio. O animal deve entender que nos sentimos felizes e orgulhosos quando ele encontra o brinquedo.

Cão e bebê nadando

Acostume seu cão às alturas

Para mergulhar, o cão deve ser lançado de uma doca, uma plataforma elevada ou uma rampa. Isso permitirá que ele alcance a profundidade adequada para coletar o objeto desejado. Mais uma vez, devemos ter paciência e permitir que nosso animal de estimação se adapte ao seu próprio ritmo.

Quando o cão estiver confortável nessas superfícies elevadas, será hora de encorajá-lo a pular na água. Para fazer isso, devemos posicioná-lo a 10 metros da borda e nos posicionar na mesma borda.

Uma vez que o brinquedo esteja colocado à beira da piscina, ou em outro lugar com água, chamaremos então nosso peludo e o encorajaremos a correr para pegar seu brinquedo. Logicamente, seguimos com a tática de recompensá-lo por cada tarefa executada com sucesso.

Apresente seu cão ao verdadeiro mergulho

A atividade anterior deve ser repetida quantas vezes forem necessárias, até que o cão a execute com fluência. Ou seja, que é pule na água sem apresentar sinais de medo, pegar o brinquedo e devolvê-lo em nossas mãos. Só então poderemos introduzir o nosso peludo ao verdadeiro mergulho.

Para isso, precisaremos de uma bola que afunde completamente na água translúcida. Nós procederemos da mesma maneira jogando a bola e encorajando nosso cão a procurá-la. Pouco a pouco, podemos lançar o objeto cada vez mais longe, sempre com um prêmio para o nosso melhor amigo, por sua dedicação e habilidade.

Ensinar seu cão a mergulhar requer dedicação, reforço positivo e perseverança. As sessões de treinamento devem ser curtas, entre 30 e 40 minutos, três a quatro vezes por semana. Um cão bem treinado é o resultado de um dono comprometido.

Recomendados para você