Como resfriar a água do aquário de um axolote?

O axolote é um dos anfíbios mais fascinantes para manter como animal de estimação, mas, infelizmente, manter a água tão fria quanto necessário pode ser um desafio.
Como resfriar a água do aquário de um axolote?

Última atualização: 17 Janeiro, 2021

O axolote é uma das espécies de anfíbios mais fascinantes que podemos encontrar na natureza, pois permanece em estado larval aquático permanente, ao contrário dos outros tritões e salamandras. Esse animal pode ser um pet curioso, mas o aquário do axolote deve permanecer frio o ano todo, algo que nem todos podem conseguir.

A seguir, vamos dar algumas dicas que todo tutor de um axolote deve ter em mente. Para resistir às estações mais quentes e preservar esse anfíbio, serão necessários alguns sacrifícios de energia e logística. Se você quiser manter o aquário do seu animal com uma temperatura fria em ambientes mais quentes, continue lendo.

Por que a temperatura é importante para o axolote?

O axolote (Ambystoma mexicanum) é um anfíbio caudado endêmico do sistema de lagos da bacia do México. Esse animal é criado em cativeiro há décadas e, por isso, muitos apaixonados pela terrariofilia já tiveram a oportunidade de adquirir um espécime em algum momento de suas vidas.

A maioria dos portais informativos indica que a água do aquário desse animal deve permanecer a uma temperatura constante de 20 graus ou menos, embora em Xochimilco e Chalco, locais onde o axolote vive, possam ser observadas temperaturas ambientes de 30 graus no verão – e de cerca de 23 graus na água.

Sem dúvida, isso não significa que a temperatura do aquário deva ser negligenciada. Estamos apenas tentando mostrar que, de fato, há testemunhos de pessoas que mantiveram os seus axolotes a temperaturas de cerca de 22-23 graus durante certos períodos de tempo sem complicações graves.

Ainda assim, o tutor precisa estar atento aos seguintes sinais claros de estresse causado pela temperatura muito elevada da água:

O axolote obtém oxigênio da água por meio da sua árvore braquial externa, da pele e dos pulmões. Os níveis de oxigênio dissolvido na água diminuem com a temperatura. Portanto, em águas muito quentes, o animal se afoga – literalmente. Por esse motivo, é fundamental ter um cuidado especial com o parâmetro do qual estamos tratando aqui.

resfriar a água do aquário de um axolote

Como manter o aquário do axolote resfriado

Uma vez que já mostramos a importância da temperatura da água para o cuidado desse simpático animal, é hora de apresentar uma série de dicas para manter o seu aquário resfriado. Vamos lá.

A localização do aquário

A localização do aquário é um fator importantíssimo que deve ser levado em consideração. Para evitar ao máximo o acúmulo de calor, as seguintes dicas devem ser consideradas:

  • Coloque o aquário próximo ao chão. O ar quente sobe, por isso você sempre economizará alguns décimos se colocar o aquário no nível do chão.
  • Evite a exposição à luz. Luz é energia e, por isso, ao entrar em contato com a água, ela a aquece. É fundamental que, durante as épocas de calor, o aquário fique longe das janelas. Além disso, também não acenda a luz do aquário durante as horas mais quentes do dia.
  • Coloque o aquário no cômodo mais frio da casa. Se você tiver um porão ou um dos cômodos se comunicar com um espaço aberto interno com sombra, você já sabe o que fazer.
  • Abra a janela durante a noite.

Ventiladores especializados

Existem diversos modelos de ventiladores para o aquário do axolote que podem ser encontrados em pet shops a preços relativamente acessíveis. É possível colocar tantos quanto forem necessários, pois eles vão movimentar a água de forma superficial e o animal, por estar no fundo do aquário, nem perceberá.

É importante destacar que esse método de resfriamento promove a evaporação da água. Aproveite para repor a fração evaporada diariamente com água da geladeira ou congelada, desde que previamente desclorada.

De acordo com relatos em páginas especializadas, existem ventiladores para aquários que podem baixar a temperatura da água em até quatro graus.

Garrafas geladas e cubos de gelo

Sem dúvida, estamos diante do método mais famoso e, infelizmente, o menos eficaz. A colocação de garrafas frias no aquário só deve ser considerada durante ondas de calor ou em momentos de urgência, pois o seu efeito é transitório. Apesar disso, colocar uma garrafa gelada no aquário do animal vai diminuir a temperatura em alguns graus durante um tempo.

Um refrigerador para aquários

Sem dúvida, a melhor opção. Os refrigeradores para aquários funcionam perfeitamente para manter a temperatura desejada, mas têm uma desvantagem muito importante: o preço. A maior parte deles fica na faixa de aproximadamente 300 dólares. É preciso esvaziar a carteira.

resfriar a água do aquário de um axolote

Um grande esforço para um grande animal

Conforme você viu nessas linhas, manter a temperatura do aquário de um axolote quando está fazendo 30 graus do lado de fora é um grande sacrifício. Você vai precisar de controle, paciência e, acima de tudo, uma grande tomada elétrica para conectar ventiladores e refrigeradores.

Mesmo assim, o esforço vale a pena. O axolote é um dos animais mais fascinantes que podem ser encontrados no mundo dos animais de estimação exóticos e, como tal, merece todo o cuidado e a atenção de que precisa da parte do seu tutor.

Pode interessar a você...
O que é o axolote? Saiba tudo sobre este animal peculiar
Meus AnimaisLeia em Meus Animais
O que é o axolote? Saiba tudo sobre este animal peculiar

O axolote pode ser encontrado em uma variedade de cores que incluem o preto, cinza, dourado, albino, branco com olhos pretos e outras.