Como são os gatos carey?

março 11, 2019
O nome dos gatos carey deve-se à sua cor, que lembra a carapaça das tartarugas-carey. 

Os humanos geralmente consideram seus animais de estimação únicos por causa de detalhes diferentes. Mas os donos de gatos carey podem ter certeza de que não há um bichano como o deles, já que a mistura particular de sua pelagem tricolor é certamente irrepetível.

Considerados portadores de boa sorte, esses animais são, em sua maioria, fêmeas.

Alguns felinos muito originais

Não estamos diante de uma raça específica de Felis catus, mas ante um padrão de cor que se manifesta tanto em gatos mestiços como em algumas raças. Os gatos carey, então, são aqueles que apresentam uma mistura das três cores comuns desses felinos:

  • Laranja e suas variações (cremes, canela ou vermelho)
  • Preto e seus derivados (cinza, azul ou marrom escuro)
  • Branco

Recebem esse nome porque a distribuição de suas cores lembra a carapaça das tartarugas-carey. Estes quelônios habitam áreas tropicais e estão em sério risco de extinção.

Além disso, para além das características gerais de todos os gatos, as restantes características físicas e personalidade destes bichanos dependem da raça a qual pertencem (ou à ausência desta, já que podem ser mestiços).

cores dos gatos: carey

Conheça todos os detalhes dos gatos carey, lindos felinos de três cores distribuídas de maneira particular em seu manto.

As fêmeas são a maioria

A explicação de por que quase todos os espécimes de gatos carey pertencem ao sexo feminino é encontrada no fato de que, nos bichanos, a cor está ligada ao gênero.

Assim, a informação genética para o surgimento das cores preta ou laranja é encontrada no cromossomo sexual X.

Então, para poder ter as duas cores ao mesmo tempo, dois cromossomos X (fêmeas) devem estar presentes. Por outro lado, como os machos são XY, assim, eles só podem apresentar uma dessas duas cores.

Para um gatinho macho ser tricolor, uma alteração genética deve ocorrer (XXY, por exemplo). Nestes casos, a maioria dos espécimes é estéril. Por outro lado, a cor branca dos gatos carey, geralmente escassa, é dada pelo gene S.

A lenda dos gatos carey

Sobre a origem destes belos animais, conta a lenda que o sol queria passar um tempo na Terra. Por esta razão, ele pediu à lua para ajudá-lo, para que os humanos não notassem sua ausência no céu.

gata carey

Assim foi que, enquanto o nosso satélite eclipsou o rei sol, este se incorporou em uma linda gata preta para passar despercebido entre nós.

Mas aconteceu que a lua se cansou dessa tarefa e retirou-se do céu, forçando o sol a voltar rapidamente para ocupar o seu lugar.

Foi então que, ao sair apressadamente do corpo da gatinha, deixou em seu manto alguns de seus raios; que geraram um grande número de tons dourados. Este detalhe particular no manto foi então herdado por todos os filhotes da gata.

Sem sorte para encontrar um lar

Embora desde os tempos antigos os gatos carey estejam associados com a boa sorte; atualmente eles estão enfrentando problemas: muitas vezes são abandonados ou, ainda, são os últimos a serem adotados nos abrigos.

A explicação para essa rejeição parece ser que, embora sejam únicos e belos, alguns humanos veem na distribuição de suas cores uma certa desordem ou desproporcionalidade.

No entanto, além de seu manto particular, ninguém deve duvidar que, na realidade, eles estão diante de animais maravilhosos e únicos; como todos e cada um dos gatos.