Como tratar diarreia em cães

Talvez o seu companheiro esteja com diarreia devido à ingestão de um alimento estragado, embora também existam outros motivos possíveis. Por isso, você deve ser responsável e analisar a causa, para garantir o bem-estar do animal.

Embora na maioria dos casos não seja um problema de saúde grave, é muito importante saber como tratar a diarreia nos cães, de modo que o animal não sofra desconforto. Além disso, assim é possível evitar a desagradável tarefa de ter que limpar a casa e o animal nessa situação. Neste artigo, informamos mais sobre esse desequilíbrio intestinal frequente em animais de estimação.

Por que os cães têm diarreia?

Diferentes motivos podem levar à diarreia em nossos cães, assim como acontece com os seres humanos. Elas podem ser mais ou menos graves dependendo da causa do problema. Os três principais motivos são:

1. Bactérias e vírus

O intestino é habitado por milhões de bactérias que são responsáveis ​​pelo processamento dos alimentos e pela expulsão dos resíduos através das fezes. No entanto, quandopor algum motivo, a flora intestinal se torna desequilibrada, é possível ocorrer um quadro de diarreia.

Por exemplo, quando um vírus entra no corpo e ataca o sistema digestivo, bactérias do cólon não conseguem fazer seu trabalho. O problema também pode aparecer quando são ingeridas bactérias nocivas através um alimento em mau estado de conservação ou contaminado por certas doenças: parvovírus, cinomose e “tosse do canil”.

2. Alimentos

Os cães são muito curiosos e gulosos por natureza. Por isso, quando terminam de comer, não têm problemas em pegar lixo ou roubar algo da mesa. Se o animal consumir algo estragado, cru ou impróprio para o estômago, é provável que ele sofra com problemas intestinais e, portanto, diarreia.

Cachorro com diarreia

Deve-se notar que,  em alguns casos, a responsabilidade cabe aos proprietários. Principalmente, quando oferecem alimentos de baixa qualidade, leite cru, pão ou ossos sem cozinhar corretamente. O excesso de alimentos e as alergias alimentares também podem causar diarreia.

3. Parasitas

É a causa mais comum de diarreia em cães e geralmente é comum nos primeiros meses do animal. Mesmo que sejam vacinados ou recebam uma pílula antiparasitária, o cão não estará protegido contra 100% desses microrganismos.

Além disso, existem muitos parasitas que não podem ser eliminados com tratamentos preventivos e devem ser tratados com antibióticos, como no caso das giardias.

Dicas para tratar a diarreia em cães

Em primeiro lugar, você deve se certificar de que é um desconforto intestinal simples e não uma doença. Preste atenção a outros sintomas além da diarreia: febre, fraqueza, fezes sangrentas, falta de apetite ou dor. Se o animal apresentar algum desses sintomas, você terá que levá-lo urgentemente ao veterinário.

No entanto, se o único sinal que você vê é que o excremento é de consistência bastante líquida, mas seu animal de estimação mantém a energia e bom humor, pode seguir estas dicas:

1. Não lhe dê comida por 24 horas

Às vezes, tudo que o cão precisa é equilibrar a quantidade de bactérias no intestino. Em vista disso, ingerir mais alimentos pode ser contraproducente. Nada ruim vai acontecer se o cão não comer por um dia, especialmente se não se sentir bem.

2. Ofereça muita água

O que você nunca deve “cortar” é o abastecimento de água, pois isso impedirá que o animal fique desidratado por conta das muitas fezes líquidas. Verifique se o recipiente está sempre cheio e se ele bebe várias vezes durante o dia.

Cachorro bebendo água

3. Ofereça alimentos macios

Depois de terminar o período de jejum. Caso a diarreia tenha diminuído, prepare uma dieta especial por alguns dias. A comida deve ser fácil de digerir e macia para o estômago animal: carne de frango desossada, arroz ou macarrão apenas. Evite carne, gordura, leite e ração .

Analise as fezes e o número de vezes que ele defeca até perceber que começaram a se normalizar. Só então ele pode retornar, pouco a pouco, à sua dieta habitual. Se o quadro se manifestar novamente, leve-o ao veterinário.

4. Racione as porções

Ao tratar a diarreia em cães, você deve se lembrar que, se fosse pelo animal, ele comeria tudo e em grandes quantidades. Você será o responsável por pensar de acordo com a situação e oferecer comida em pequenas quantidades durante o dia. Em vez de uma única refeição de manhã ou de noite, divida em duas porções menores.

5. Evite a diarreia

Analise por que o seu cão pode ter sofrido diarreia: talvez porque você mudou a marca de alimentação, talvez porque ele comeu algo no parque sem que você percebesse ou pode ter sido devido a um alimento cru que você ofereceu. Evite essas situações para que isso não aconteça novamente. Dessa forma, você garante o bem-estar do seu melhor amigo.

Recomendados para você