Como treinar a inteligência do seu cão

· maio 28, 2018
É possível melhorar as habilidades cognitivas, emocionais e sociais dos cães, o que, no final, os ajudará a serem bem-educados e a preservar a saúde física e mental deles. Há muitos brinquedos e atividades para ajudar a treinar a inteligência do seu cão.

Os cães são seres naturalmente sensíveis e inteligentes, capazes de aprender uma grande variedade de tarefas, truques e diversas atividades. No entanto, como os humanos, eles devem ser bem instruídos e estimulados a desenvolver seu poder cognitivo, emocional e social. A seguir, sugerimos que você conheça algumas maneiras de treinar a inteligência do seu cão.

Descobrindo o mundo exterior

Os cães, assim como nós, usam seus sentidos para perceber e entender seu ambiente. Cada vez que eles andam, nossos animais de estimação “descobrem” todo um mundo de estímulos e sensações. Eles também conhecem outros animais e pessoas, o que lhes permite exercitar sua sociabilidade.

Portanto, passeios ao ar livre são essenciais para estimular as habilidades sensoriais, cognitivas e sociais de seu melhor amigo. Além de ajudá-los a manter um peso saudável e evitar muitas doenças degenerativas.

Adestrar é a melhor maneira de treinar a inteligência do seu cão

O treinamento é o exercício mais completo que um cão pode receber. Ao ensinar comandos básicos de obediência, estaremos fazendo com que sua mente trabalhe para aprender, memorizar e executar várias tarefas. Além disso, esse conhecimento será fundamental para respeitar as regras do lar e saber conviver positivamente.

Brinquedos para treinar a inteligência do seu cão sem sair de casa

Como mencionado anteriormente, a atividade física é essencial para preservar a saúde física e mental de seu cão. Mas também podemos estimular sua inteligência sem sair de casa, além de poder, com isso, manter nosso cão entretido durante nossa ausência.

Beagle brincando com bola

Existem muitos brinquedos interativos que permitem aos nossos peludos exercitar suas habilidades sensoriais e cognitivas. Além de nos ajudar a treiná-los, esses acessórios também combatem os sintomas do estresse, do tédio e da ansiedade por separação.

Há muitos tipos de brincadeiras que são excelentes aliados da estimulação mental dos nossos peludos. Estas quatro já provaram sua eficácia:

1. O quadro ‘TIC TAC’

Esse jogo de inteligência é um clássico, existem versões com nomes diferentes disponíveis no mercado. O brinquedo físico consiste basicamente de uma pequena placa que possui aberturas com portas giratórias na parte superior. Quando o cão vira as portas giratórias com o focinho ou com a pata, o ‘Tic Tac’ dispensa um doce.

O objetivo é fazer o cão entender, memorizar e executar a tarefa que deve ser feita para ganhar seu prêmio. Pode parecer simples, mas é muito benéfico para os nossos amigos peludos.

  • Primeiro, permite que você os mantenha ativos e entretidos quando estamos ausentes.
  • Em segundo lugar, ajuda a regular o hábito alimentar dos cães que comem muito rápido e têm problemas digestivos.
  • Também estimula o sentido do olfato, por isso é altamente recomendado nas idades precoces de nosso animal de estimação.

    2. O Kong

Este brinquedo simples é muito útil para treinar a inteligência do seu cão e prevenir a ansiedade por separação. Além disso, também contribui para ensinar bons hábitos alimentares aos cães, impedindo-os de comer muito rápido e de engolir muito ar.

Cão e dona

Antes de oferecer o Kong ao seu cão, você deve colocar rações ou guloseimas dentro do buraco. O objetivo é que o animal “descubra” como tirar a comida do interior de Kong para ganhar sua recompensa.

Como é um acessório seguro, podemos deixá-lo ao alcance do cão mesmo durante a nossa ausência. Na verdade, o brinquedo é projetado apenas para os cães que ficam sozinhos por um longo tempo e precisam se manter ativos mentalmente.

3. Brinquedos biônicos para cães cheios de energia

Os brinquedos biônicos empregam técnicas mecânicas e de engenharia para simular os movimentos de um ser vivo. Eles são uma excelente “companhia” para aqueles peludos que não têm um irmãozinho ou irmãzinha para brincar. Seus materiais são geralmente flexíveis e resistentes a mordidas.

Existem muitos formatos e propostas diferentes no universo dos brinquedos biônicos para cães. O ideal é escolher um objeto adequado ao tamanho e à idade do nosso animal de estimação.

4. O ‘cubo-bola’

A lógica do jogo da “bola cubo” é muito semelhante à do Kong. O objetivo é que o cão descubra como remover a bola de dentro do cubo. Esta atividade é incrivelmente divertida e desafiadora para as mentes de nossos amigos.

Embora esses jogos e atividades possam parecer simples, para os cães, são desafios reais; com eles, é possível aumentar a capacidade de nossos amigos para agir.