Ter um cão melhora a sua saúde emocional e física

Adotar um cão só traz benefícios para os seus donos. Há quem garanta que, mais do que um ato altruísta, decidir cuidar dos cães é um ato de egoísmo, devido às imensas vantagens que vêm junto, também para a nossa saúde.

Esse bichinho faz jus ao título de “melhor amigo do Homem”. O simples fato de contar com a companhia de um cachorro já é um ganho para uma pessoa.

Benefícios em todos os âmbitos, inclusive para a saúde

As vantagens que os cães trazem para a nossa vida e nossa saúde são inúmeras e variadas. A seguir, vamos relembrar algumas delas:

Redução do estresse e da pressão cardíaca

Quando interagimos com nosso animal de estimação através de carinhos ou brincadeiras, ou por meio de gestos simples, como levá-los para passear, isso reduz os nossos níveis de estresse e diminui a pressão cardíaca, ao mesmo tempo em que aumenta a sensação de bem-estar.

A luta contra a solidão

Quando precisamos falar com alguém, nenhum ser vivo nos escutará com maior atenção e paciência do que um cão.

Os cães diminuem os sentimentos de solidão e agem como um antídoto para a depressão. Contar com a companhia de um cachorro alivia a sensação de solidão que algumas pessoas que, por alguma razão, podem chegar a sentir quando vivem sozinhas. Para quem sofre de um quadro depressivo, a responsabilidade que implica o cuidado de um animal de estimação é uma razão a mais para se levantar e seguir em frente.

A autoestima pessoal

Alguns estudos em fase avançada, realizados pelas Universidades de Miami e Saint Louis, concluíram que as pessoas que são donas de cachorros, de forma gradual, aumentam seus níveis de confiança e de segurança em si mesmas.

Mais atividade física

Muitas pessoas têm como propósito adotar uma rotina diária de exercícios físicos. No entanto, por razões variadas (desde cansaço físico real, pouco tempo disponível e até falta de força de vontade), muitas vezes os planos não se concretizam.

A partir do momento em que se decide adotar um cachorro, sair para caminhar pela manhã e no final do dia deixa de ser algo opcional. Os cães, como seres vivos, têm necessidades fisiológicas que precisam ser atendidas. Além disso, da mesma forma que seus donos, precisam realizar atividade física diária, para poderem desfrutar de um bom estado de saúde, tanto física quanto mental.

Melhora a vida social

As pessoas donas de cachorros costumam ser muito populares entre seus amigos e vizinhos. Elas expressam segurança, responsabilidade, bem-estar e saúde. Existem vários filmes e séries de TV que mostram o clichê das relações amorosas que começaram a partir de uma conversa em um parque.

Clichê ou não, a verdade é que sair para passear junto com o seu cachorro abre um leque de possibilidades para ingressar em novas relações, inclusive, entre pessoas com interesses afins.

Idosos

Para os idosos da família, cuidar do animal de estimação pode se tornar uma responsabilidade muito útil, ter o que fazer todo dia.

Ajuda a pessoa a ter uma rápida recuperação

Vários estudos já comprovaram isso. Os donos de cachorros que sofrem infartos ou se submetem a intervenções cirúrgicas se recuperam mais rapidamente.

Um elemento de união familiar

Ter que cuidar de um integrante de quatro patas do núcleo familiar sempre será uma boa razão para que os “humanos da matilha” interajam mais entre eles. Além disso, os cães costumam tornar o ambiente mais descontraído e relaxado. Mesmo que as travessuras dos cães exacerbem os ânimos, com o tempo, todos passar a rir das loucuras do bicho.

Os cães e as crianças

Os benefícios que os cães trazem para a família que têm crianças pequenas (inclusive bebês) também são reais.

Vamos aprofundar mais no assunto. Vamos ver as vantagens que eles trazem para as crianças da casa. A convivência da criança com um “irmão” canino favorece:

  • Fortalecimento de seu sistema imunológico. Os tempos, nos quais os pediatras viam com maus olhos a presença de animais de estimação em casas com crianças pequenas, já estão ficando no passado.
  • Uma pesquisa publicada no Journal of The American Medical Association afirmou que as crianças que crescem junto com animais de estimação têm 50% menos chance de desenvolver alergia. A razão para isso é simples, as bactérias que habitam os animais ajudam a fortalecer todo o sistema imunológico da criança.
  • Ajudam na sua formação. As crianças desenvolvem, na medida em que cuidam dos cachorros, o senso de responsabilidade, amizade, amor e lealdade. Ao mesmo tempo em que os bichinhos servem como ferramentas nas tarefas pedagógicas específicas. Isso quer dizer que ajudam a criança a superar o medo de falar em público ou melhoram a leitura em voz alta.