Conheça a amizade entre um Pit bull e uns pintinhos

· março 5, 2017

Rotular algo ou alguém é muito fácil. Na verdade, isso é exatamente o que se fez a vida toda com os cães da raça Pit bull. Espalhou-se a crença de que é uma raça potencialmente perigosa. No entanto, a história de hoje mudará a cabeça de muitos. Conheça o Pit bull que se tornou amigo íntimo de pintinhos.

A qualificação do Pit bull como raça perigosa não surgiu por causa dele. Isso se deve ao que muitas pessoas fizeram com eles. Por causa da força e imponente presença desses cães, as pessoas acabaram usando-os como cães de briga, ou como cães de guarda em casa, preparados para matar.

No entanto, não existem raças de cães perigosas. Todo cão é como nós o educamos. Uma prova disso é a história que queremos contar a você.

O Pit bull amigo dos pintinhos

amizade-entre-pitbull-e-pintinhos-2

Fonte: http://www.razapitbull.com

A própria dona desse belo animal nos conta sobre essa história:

“No Texas, o estado onde moro, é comum ter vários animais em uma casa grande. É comum a existência de granjas, e é muito frequente ter um cão de companhia e vigilância e algumas galinhas para botar ovos frescos.

Esse é o meu caso. Tenho algumas galinhas e um cão, um lindo Pit bull da cor branca e marrom e um dos cães mais carinhosos que vi na minha vida. Vejo os rostos apavorados das outras pessoas quando passeio com ele, porque é impossível evitar que rotulem essa raça como perigosa.

Não as culpo, na verdade, é preciso ser previdente com um cão que não conhecemos. Mas, não se pode colocar em um saco só todos os animais que pertencem a uma raça sem conhecer cada um deles individualmente. O que aconteceu em minha granja há algumas semanas poderia dizer a você muito da personalidade do meu cachorro.

Compartilho isso nas redes sociais para que, se você vive perto de mim, é meu vizinho ou nos cruzamos quando saio para passear com meu cão, seja capaz de, na próxima vez, fazer um carinho nele ao invés de sair correndo dele.

Uma das minhas galinhas teve pintinhos. É normal manter afastado deles um cachorro, mas eu não fiz isso. Conheço o meu Pit bull e sei que ele não faria mal a ninguém. Por isso, um dia, de repente, me dei conta de que meu cão estava farejando a comida dos frangos. No começo, me senti estranha, confusa, não saberia como descrever o que sentia.

Fiquei observando e gravei o vídeo. De repente vi que os pintinhos não tinham nenhum medo do cachorro e que comiam calmamente, enquanto ele farejava e experimentava a comida deles. Pensei que meu cachorro somente fosse olhar e ir embora. Mas, além disso, ele ficou junto aos pintinhos, se deitou e eles se aproximaram dele sem nenhum problema.

Desde esse dia, os pintinhos o seguem e vão atrás dele, quem sabe, porque se sintam protegidos. Talvez o vejam como um guarda-costas, mas parecem ter criado uma amizade inabalável, uma que vai além das aparências ou formas”.

Uma incrível história de amizade animal

amizade-entre-pitbull-e-pintinhos-3

Fonte: www.razapitbull.com

Sem dúvida alguma, classificar todas as raças de cachorros que foram usados em brigas como agressivos não é justo. E não é justo nem para eles nem para os donos deles. Um cão é como nós queremos que seja, terá a educação que nós dermos a ele. Ele se comportará da forma que nós os ensinamos.

Essa história demonstra que cada animal é único, entre eles não existem preconceitos e o que importa não é como você é exteriormente, mas sim o que habita em seu coração. Esses pintinhos puderam perceber claramente o que se escondia no coração desse lindo Pit bull.

Fonte das imagens: www.razapitbull.com