Conheça o Basenji, o cão que não late

agosto 18, 2016

Você sabia que existe um cão que não late? Pode ser uma excelente aquisição se você mora em um prédio com vizinhos sensíveis. Brincadeiras à parte, este cão pertence a uma raça pouco comum, que se chama Basenji, e hoje vamos te contar tudo o que sabemos sobre ele. Quer conhecê-lo?

Um cão que não late é algo que possivelmente nunca tivéssemos imaginado, mas este artigo vai nos ajudar a saber mais a respeito deste peculiar animal.

Mais sobre o Basenji

Origem

Este cão que não late é originário da África e no passado foi usado para a caça e rastreamento. No Egito ainda se pode ver pinturas em relevo com imagens deste cão.

A maior parte destes animais vive na República Democrática do Congo.

Características físicas

O Basenji é um cão bonito, de orelhas pontudas, seu tamanho não é muito grande: Os machos têm, em média, 43 cm em cruz e as fêmeas 40 cm.

Seu pelo é curto e sedoso e se encontra em 3 cores: preto, dourado e tigrado. Também pode ser encontrado em uma tonalidade tricolor, com preto, dourado e branco, mas o branco é sempre a cor minoritária. Sua cauda é longa e ele sempre a mantém sobre suas costas, de forma enrolada.

O peso dos machos oscila entre os 11-13 quilos e entre 10-12 nas fêmeas.

Suas patas são curtas, por isso ele não é um cão de grande porte.

Personalidade

Embora haja quem afirme que o Basenji é um cão para adultos, o certo é que ele também é um animal excelente para as crianças, por sua personalidade tranquila e amável. Entretanto, quando ainda são filhotes, são brincalhões e gostam de destruir tudo o que encontram no caminho.

Por essa razão é importante realizar exercícios de adestramento o quanto o antes.

É um cão travesso, teimoso e independente, por isso ele é conhecido como o gato dos cães. Porém, sim, ele criará um forte vínculo com seu dono e não suportará ser ignorado, se apegará possivelmente muito ao dono.

São obedientes, mas também temperamentais, por isso se você fizer a eles algo que não os agrada e, depois, eles não obedecerem suas ordens, não é porque eles não te entendam, é vingança, desobediência premeditada.

Cuidados especiais

basenji-o-cao-que-nao-late-2

Não é um cão complicado para cuidar, embora esta raça seja propensa a ter a síndrome de Fanconi, que consiste em problemas renais. Se não for tratada a tempo, essa síndrome poderá trazer sérios problemas à saúde de seu pet.

Também podem sofrer de problemas com os olhos e com a visão, como a atrofia de retina, também podem ter doenças intestinais, por isso uma alimentação de qualidade será essencial para evitar isto.

Os Basenji são cães muito limpos e se caracterizam por não terem um cheiro parecido ao de outros cães. É bom escovar os pelos diariamente com uma escova de cerdas naturais, que aumentará a maciez e o brilho inatos do pelo deste belo animal.

Ele necessitará de exercício diariamente, pois é muito ativo e curioso, e quer estar em constante movimento. Se puder lhe dar um irmãozinho da mesma raça será ideal, pois ambos se ajudarão na liberação de energia e desafogarão um pouco você desse trabalho. Além disso, ter alguém de sua mesma espécie e raça o fará ser feliz e estar bem o tempo todo.

O Basenji é um cão pouco conhecido, mas que é apto para todos os públicos. Se você se incomoda com latidos, este é o cão ideal para você e para seus vizinhos. E somado a isto, como pode ver nas fotos, é um animal muito bonito, o que mais se pode querer?