Conselhos sobre cortar as orelhas do cachorro

· janeiro 7, 2018

Muitas pessoas optam por cortar as orelhas do cachorro. Isso é algo muito comum. Mas será que é bom para o animal? Existem muitas controvérsias quanto a esse tema. É necessário analisar muito bem os benefícios e consequências dessa ação.

Algumas raças de cães se caracterizam pelo aspecto particular de sua cabeça. Esse aspecto se adquire ao cortar as orelhas do animal. Geralmente, essas raças são as mais puras e peculiares. Trata-se do Dobermann, Dogue Alemão e algumas outras. Existem inclusive raças pequenas que têm as orelhas cortadas. É uma prática muito comum hoje em dia.

É bom cortar as orelhas do cachorro?

Muitos donos de cães se perguntam seriamente sobre isso. Há uma grande diversidade de opiniões sobre o assunto, que tem gerado discórdia.

Aliás, alguns países proibiram por completo o corte das orelhas. O argumento principal é o sofrimento do animal e a crueldade com ele. O mesmo acontece com a ação de cortar o rabo do cachorro. Por isso, cada vez mais países proíbem essas ações.

Cachorro com bandana na neve

Mas por que cortar as orelhas do cachorro? Muitos especialistas asseguram que é assim que se conserva a personalidade e o caráter natural do animal. Isso ajudaria a conservar a pureza da raça. Outros profissionais garantem que este tipo de prática representa um grande perigo. Cortar as orelhas e o rabo do cachorro pode causar tumores nele. É um risco desnecessário para o animal.

É importante lembrar que, nessas cirurgias, não se utiliza anestesia. O animal sofre muita dor durante todo o procedimento e depois. Além disso, os cães podem se comunicar através de seus rabos e orelhas. Tirar essas partes pode ocasionar graves problemas de entendimento e comunicação.

Também há o argumento de que é necessário cortar as orelhas do cachorro para prevenir possíveis infecções no ouvido. Os defensores dessa postura argumentam que a cirurgia é muito simples. Quase igual à castração ou esterilização. A dor que o animal sofre é passageira.

Em algumas ocasiões, as orelhas dos cães são muito grandes. Isso traz muito incômodo ao animal. Nesses casos, é mais comum e aceitável a intervenção cirúrgica.

Qual o efeito da cirurgia?

A intervenção geralmente se realiza em cães com idade entre 2 e 4 meses, muitas vezes, sem anestesia alguma. Não há estudos oficiais que confirmem os benefícios médicos de cortar as orelhas do cachorro. Trataria-se apenas de um fim estético. Além disso, o processo de recuperação pode ser demorado. Tudo dependerá da raça do animal. O que já se confirmou é que o animal realmente sofre durante a intervenção.

A anestesia

Alguns especialistas veterinários optam por dar anestesia geral no cachorro. Outros preferem realizar a intervenção de maneira natural. Há casos de cães que morreram devido a reações alérgicas à anestesia. Como qualquer outra intervenção cirúrgica, cortar as orelhas do cachorro também tem riscos.

Rottweiler após a cirurgia de corte das orelhas

Algumas cirurgias para cortar as orelhas do cachorro causaram um sangramento exagerado. Isso aconteceu por conta de problemas de circulação, que não foram percebidos antes da cirurgia. Não existe a menor dúvida de que o corte das orelhas dos cães tem um risco muito grande.

Caso decida pela intervenção, é necessário contar com o respaldo de um bom profissional. Ele poderá das boas recomendações. Inclusive, dar sua opinião sobre a necessidade ou não da operação.

O profissional deverá ter experiência prévia neste tipo de cirurgia. Pode-se pedir referências sobre a clínica veterinária na qual o cão será submetido à intervenção.

Também é importante deixar bem claro que tipo de corte se busca. Se foi decidido realizar a cirurgia, é preciso levar em conta todos os detalhes. Trata-se da saúde e da aparência do animal. Por essas razões, é necessário lidar sempre com um bom profissional.

Cada dia mais pessoas optam por evitar esta intervenção em seus animais.

Fonte da imagem principal: Gabriel Garcia Marengo