Consulta etológica para animais de estimação

· março 25, 2019
A etologia canina estuda problemas comportamentais do nosso cão. Sendo assim, uma consulta etológica poderia resolver os maus hábitos do seu animal de estimação

A etologia consiste em uma área específica dentro da biologia comportamental que estuda o comportamento dos animais.

Em uma consulta etológica, o etologista deve conhecer o estado de saúde, o comportamento habitual, o estilo de vida e a rotina de cada animal.

Nesse contexto, as abordagens teóricas e práticas colocam ênfase especial nos comportamentos instintivos de cada espécie.

Inclusive, como esses comportamentos podem ser alterados ou melhorados através da educação.

O que é preciso saber para ser um etologista?

Para ser um etologista, antes de tudo é necessário ter um diploma ou estar estudando medicina veterinária. Ou seja, os etologistas são veterinários que complementam os estudos universitários regulares com especializações nesse ramo da biologia comportamental.

Atualmente, a etologia canina – dedicada ao estudo do comportamento dos cães – é a parte mais avançada e com maior demanda de profissionais.

Portanto, há muitos veterinários que optam por se especializarem em etologia canina para expandirem seus conhecimentos sobre a linguagem e o comportamento do cão.

Dessa forma, eles podem oferecer um atendimento integral aos seus pacientes, que contemple sua saúde física e mental.

Embora não seja tão reconhecida ou popular, a etologia felina também é uma área em expansão dentro das ciências veterinárias.

Atualmente, é uma disciplina com muito desenvolvimento e grandes avanços, muito atraente para os profissionais do setor.

O que é uma consulta etológica para animais de estimação?

Normalmente, uma consulta etológica é usada para diagnosticar, reconhecer a causa e tratar problemas comportamentais em animais de estimação.

Um etologista canino, por exemplo, procurará saber por que um cão tem certos transtornos comportamentais e, em seguida, tentará ajudá-lo a superá-los.Consulta etológica para animais de estimação, saiba mais.
Entre os problemas mais comuns que são geralmente tratados por um especialista veterinário em etologia canina, estão:

  • Agressividade
  • Problemas de interação com outros cães, animais, estímulos ou pessoas (problemas de socialização).
  • Medo excessivo
  • Estresse
  • Comportamento destrutivo
  • Ansiedade de separação
  • Coprofagia (comer o próprio excremento ou de outro animal)
  • Possessividade em relação aos seus objetos, a casa ou seus proprietários.
  • Estereotipias e TOC (transtorno obsessivo compulsivo).

Causas dos problemas comportamentais caninos

Estes problemas podem aparecer por diferentes razões. Por isso, o etologista deve ser capaz de identificá-los para estabelecer um tratamento adequado.

Embora a herança genética do animal influencie sua personalidade, os distúrbios comportamentais geralmente estão associados à educação.

Por isso, em cães, problemas de comportamento muitas vezes são causados por uma educação inadequada. Por exemplo, através do uso de métodos contraproducentes, como coleira de estrangulamento e punições.

A socialização deficiente e a privação da interação social também são fatores determinantes para o surgimento de comportamentos inadequados. Portanto, os etologistas costumam fazer muitas perguntas sobre a história, o estilo de vida e a rotina do paciente.

Além disso, os problemas de comportamento também pode ser derivados de algumas doenças. Quando um animal experimenta dor intensa ou tem seus sentidos afetados, ele pode demonstrar diversos sintomas. Entre eles, medo, agressividade, isolamento e uma postura defensiva, entre outros.

Para o tratamento correto de todos esses comportamentos, os etologistas geralmente fazem análises clínicas. Além disso, podem ser realizados outros estudos para verificar o estado de saúde dos pacientes.

Nesses casos, o tratamento do distúrbio de conduta dependerá do controle ou solução da patologia subjacente.

Cachorro na praia carregando algo na boca
Como uma consulta etológica pode ajudar seu cão?

A ajuda fornecida por uma consulta etológica dependerá fundamentalmente das necessidades específicas de cada animal.

Se seu cão apresenta um problema comportamental ou adota comportamentos estranhos, recomendamos consultar um etologista rapidamente.

Tal como acontece com as doenças relacionadas com o físico do seu animal de estimação, os distúrbios comportamentais também serão melhor tratados através do diagnóstico precoce.

Embora revele altos índices de sucesso, a eficácia dos tratamentos etológicos não chega a 100% dos casos. Infelizmente, existem problemas comportamentais muito complexos que dificilmente podem ser totalmente curados ou revertidos.

Na realidade, o trabalho com um etologista será essencial para controlar esses comportamentos. Assim, será possível permitir que o cão desfrute de uma vida mais equilibrada.

Tudo isso reafirma a importância de prevenir problemas comportamentais em nossos animais de estimação.

A melhor prevenção para esses transtornos comportamentais é proporcionar uma educação saudável, positiva e bem direcionada.

Se não tivermos o tempo ou o conhecimento certo para educar nossos amigos por meio do reforço positivo, a melhor coisa que podemos fazer é consultar um educador ou instrutor profissional.