Criação de cavalos: cuidados e conselhos

Maio 20, 2018

Ter uma criação de cavalos exige uma boa dose de tempo e dedicação, mas é uma atividade gratificante. É um animal nobre, que responde à interação pela sensibilidade em volta de si. Portanto, veremos abaixo quais são os cuidados e conselhos a serem considerados na criação de cavalos para que essa seja uma tarefa simples.

Informações básicas para criação de cavalos

O cavalo é um animal que pode viver até 25 ou 30 anos. Sua criação requer compromisso e responsabilidade. Fornecer um espaço ideal, alimentação, higiene e exercício são as principais coisas a pensar para se ter uma criação de cavalos.

Se você está começando a cuidar de cavalos, existem algumas diretrizes a serem seguidas. O ideal é que você comece com uma égua ou um cavalo castrado que esteja acostumado a estar perto de pessoas. A confiança com o animal é alcançada por meio de um tratamento paciente e amável. Evite movimentos bruscos perto dele e dê palmadas suaves em seu pescoço, sem lhe demonstrar medo.

Cuidados na criação de cavalos

O espaço ideal para a criação de cavalos

Para que o animal se sinta confortável, o ideal é uma área de gramado onde ele possa se mover com liberdade. Essa área deve ser cuidadosamente cercada e sem arame farpado.

Deve haver um controle ambiental para que não cresçam espécies de plantas tóxicas perto da área de criação. É o caso da cana, plantas vasculares, louro, cavalinha, mamona e sorgo. O cavalo é um animal herbívoro acostumado a pastar muitas vezes ao dia em pequenas quantidades. Por isso, é vital ter cuidado com as plantas que crescem em sua área de circulação.

Um elemento a ser considerado antes de decidir criar um cavalo é o espaço que lhe será dado. Deve haver um abrigo que o proteja de possíveis mudanças climáticas e onde ele possa dormir. Esse lugar deve ser mantido limpo, com as fezes sendo retiradas diariamente e deve ser providenciado um lugar que possa servir de cama em alguma ocasião.

Com a finalidade de fazer um lugar para descanso, as possibilidades podem ser: palha, a opção mais econômica, mas com o inconveniente de poder passar fungos para o animal ou uma apara de madeira, que é mais higiênica, mas tem um custo maior. Por último, é também uma boa opção usar uma forragem feita de cânhamo.

Alimentação

Por ser um animal de pastoreio, o cavalo ingere poucas quantidades de comida, porém muitas vezes por dia. O alimento adequado para ele consiste em fardos de feno, alfafa ou misturas dos dois. É bom enriquecer suas refeições com substâncias industriais que lhe forneçam as vitaminas necessárias.

Um cavalo que pesa 450 kg, que é o tamanho médio, ingere cerca de 9 a 10 kg de alimento por dia. No entanto, o ideal é consultar um veterinário. Será ele quem indicará o alimento adequado em função do peso e do exercício que o animal realiza regularmente.

Um ponto importante é cuidar para que nunca falte água fresca e limpa para o cavalo. A bacia de água deve ser enchida pelo menos duas vezes ao dia. Levaremos em consideração que o animal bebe diariamente entre 15 e 30 litros de água.

Higiene e cuidado dos cascos

Para ter uma criação de cavalos de forma adequada, deve-se dar atenção à sua limpeza por meio de inspeções gerais.

É aconselhável escovar o casco do animal regularmente, observando se há sinais de cortes, feridas, carrapatos ou possíveis doenças. Os banhos devem ser dados em dias quentes e com um shampoo adequado. Seu pelo deve ser penteado com uma escova de dentes largos, evitando a todo momento uma escovação muito brusca.

Os cascos devem ser limpos para garantir que não haja pedras presas ou sujeira nas ranhuras. Assim como devem ser verificados para garantir que as ferraduras não estão soltas ou quebradas.

Cavalo pastando

Um bom exercício

A quantidade de exercício indicada depende da idade e da saúde do cavalo. O aconselhável é que, com um controle correto, seja realizada uma hora de exercício quatro vezes por semana.

A atividade física é muito benéfica para a saúde do cavalo, pois:

  • Mantém seus músculos fortes.
  • Fortalece os laços de confiança com o dono.
  • É um momento em que o animal pode relaxar, evitando problemas de nervosismo ou ansiedade.

Por último, alguns conselhos sobre a criação de cavalos

  • Limpe regularmente as fezes e a urina dos espaços. Elas são prejudiciais aos cascos e à saúde do animal.
  • Faça visitas periódicas ao veterinário para que ele realize uma inspeção. Coloque as vacinas em dia, protegendo o animal de parasitas.
  • Verifique os dentes pelo menos uma vez por ano.
  • Apare os cascos e verifique as ferraduras.
  • Nunca se aproxime do cavalo pelas costas ou dê gritos enquanto estiver perto dele. Com isso, ele pode se assustar e reagir com um coice.
  • Tente passar um tempo com o cavalo além dos momentos de montá-lo. Isso reforça a confiança e fortalece o vínculo entre vocês.

Fonte da imagem principal: Viault

Recomendados para você