Cuidado com a venda de filhotes

· maio 17, 2018
Temos que ser responsáveis ​​ao adotar um cão jovem, porque não somente o animal é mais vulnerável nessa fase de sua vida, mas também existem exigências legais a cumprir.

Se é ético ou não comprar e vender filhotes é uma discussão que pode durar muito mais tempo. Por um lado, há aqueles que defendem a adoção a todo custo e, por outro lado, aqueles que querem comprar uma determinada raça.

O que é indiscutível sobre essa controvérsia é que a questão é de importância capital. Não só porque se refere a uma atividade comercial que possui certas regras, mas porque envolve a comercialização de seres vivos.

A decisão de ter um cão é muito delicada. Não importa se optamos por adotar um cão abandonado ou se decidimos comprar um. Em ambos os casos, é um ser vivo que requer um compromisso sério da nossa parte. E muito grave.

Ao decidir comprar um filhote, devemos ter certeza de que pensamos bem nisso antes de fazê-lo. Não é como a compra de um objeto que podemos cancelar ou devolver se ele não nos satisfaz, assumimos o cuidado com uma vida e prometemos cuidar para sempre.

Filhote de cachorro

O número de cães abandonados aumenta a cada dia. É uma questão que vai além de um problema de saúde pública, é uma questão de responsabilidade moral e pessoal. Portanto, se vamos adotar ou se vamos pagar por isso, é necessário estarmos plenamente conscientes do passo a ser dado.

A parte legal da venda de filhotes

A compra e venda de animais é um negócio. Como tal, existem regulamentos que devem ser respeitados quando isso é feito, tanto para proteger os compradores quanto para garantir o direito dos animais. Note que, na Espanha, por exemplo, a venda de animais por particulares não é legal.

Então, a venda de filhotes deve ser feita por uma loja licenciada ou por um criador. Ambos devem cumprir com as leis que regulamentam a atividade em cada comunidade autônoma daquele país, de modo que as leis de proteção animal são aquelas que contemplam as diretrizes a serem seguidas por esses negócios.

Requisitos que as vendas de animais devem cumprir

Os criadores ou lojas que se dedicam à venda de filhotes devem cumprir com alguns requisitos básicos:

  • Estar registrada como negócio de compra e venda de animais.
  • Ter as condições sanitárias básicas que garantem o bem-estar dos animais que lá estão. Cumprir este requisito transforma o estabelecimento em um núcleo zoológico.
  • Eles devem ter os funcionários certos, que estejam treinados para cuidar e atender às necessidades dos animais.
  • Ter a licença necessária e autorizações do conselho da cidade que corresponde.

A venda de animais sem as autorizações correspondentes é punível com multas, que podem chegar a 20 mil euros. As sanções dependem da legislação de cada região.

Que cuidados você precisa ter ao comprar um filhote

Se vamos comprar um filhote, devemos fazê-lo de um criador ou estabelecimento que seja confiável. É aconselhável investigar a fundo antes de fazer a compra e certificar-se de que o local onde eles mantêm os filhotes satisfaz as condições sanitárias correspondentes. Portanto, devemos evitar aqueles lugares que não nos permitem ver suas instalações.

Filhote de cachorro

Também é aconselhável manter o recibo e a garantia legal que nos cobrirá caso o filhote esteja doente. As informações do vendedor, o valor pago, a descrição e a raça do cão devem aparecer.

Nesse sentido, devemos exigir o certificado veterinário onde as vacinas e a desparasitação do filhote devem estar registradas. O documento também deve indicar o estado de saúde em que o animal foi recebido. Além disso, o certificado de pedigree e o compromisso da loja conosco em relação à saúde do animal.

Outro aspecto muito importante é levar o filhote ao veterinário o mais rápido possível, para que possamos fazer valer nossos direitos em caso de qualquer irregularidade. Se o filhote está doente, a loja deverá arcar com os custos que isso implica.

Em alguns países, o vendedor é obrigado a entregar algum tipo de identificação do animal. Estes podem ser elementos como microchips, tatuagens, etc.

O que fazer se você suspeitar que uma venda de filhote é ilegal

Comprar um filhote de cachorro de pessoas que não estão legalmente autorizadas representa um alto risco. Se na busca de opções para adquirir um filhote nós nos depararmos com algum caso assim, é nosso dever denunciar às autoridades competentes.

Pode ser que algum estabelecimento esteja autorizado a vender filhotes, mas não cumpra com algumas normas. Neste caso, as autoridades também devem estar cientes da situação. Em suma, ao denunciar a venda ilegal de filhotes, podemos estar salvando-os de possíveis abusos.