Curiosidades sobre o bicho-preguiça

· outubro 28, 2018

O bicho-preguiça é capaz de dormir o dia todo por conta do seu metabolismo lento. É por isso que sua dieta é formada por alimentos com pouquíssimas calorias.

Além disso, a temperatura corporal dessa espécie é em torno de 30 ºC, aproximadamente 6 ºC a menos que a maioria dos mamíferos.

O bicho-preguiça é conhecido por ser um animal lento, porém, há dezenas de curiosidades sobre ele. Por isso, hoje falaremos sobre esse engraçado animal.

O que é um bicho-preguiça?

Primeiramente precisamos esclarecer que, apesar de ser um mamífero arborícola, o bicho-preguiça não é um primata.

Na verdade, ele faz parte da família dos tamanduás. Dentro da família, as espécies são classificadas de acordo com o número de dedos que possuem, e que é variável.

Aliás, seus dedos possuem garras muito poderosas em forma de gancho, que permitem que ele se prenda nas árvores.

Além disso, as garras permitem que o bebê fique preso na barriga da mãe, já que os filhotes nascem com as garras já bem formadas.

Essa classificação nos faz perceber uma das maiores curiosidades do bicho-preguiça: ele é um dos poucos mamíferos que não possui sete vértebras cervicais. Na verdade, ele tem mais vértebras que uma girafa, o que faz com que seu pescoço tenha uma grande flexibilidade.

Curiosidades do bicho-preguiça: alimentação

Seus parentes mais próximos são insetívoros. Entretanto, isso não o impede de ser folívoro: ou seja, alimentar-se de folhas. 

Curiosamente, alguns bichos-preguiças consomem as algas que se desenvolvem em sua pelagem como complemento da dieta.

Uma das maiores características do bicho-preguiça é sua pelagem grossa e áspera, de cores grisalha e parda.

Entretanto, embora pareça difícil de acreditar, em seu pelo podem crescer tantas algas que ele acaba tendo um tom esverdeado. Inclusive, essa coloração permite que ele se camufle.

Bicho-preguiça

As folhas das quais se alimenta geram muito pouca energia. Por conta disso, o bicho-preguiça possui um estômago que ocupa 1/3 do seu corpo.

Além disso, ele pode passar semanas realizando a digestão em suas múltiplas câmaras, de forma similar aos gorilas.

Curiosidades do bicho-preguiça: por que ele é tão lento?

O bicho-preguiça é conhecido por sua lentidão. Isso se deve ao fato de possuírem muito pouca massa corporal e um metabolismo muito lento.

Seu metabolismo é o mais lento dentre todos os mamíferos, embora algumas espécies sejam superadas pelo Urso Panda.

Devido à sua lentidão e ao metabolismo, o bicho-preguiça passa dias nas árvores e apenas desce para defecar ou por uma extrema necessidade, como beber água. Nos galhos, deslocam-se com grande desenvoltura.

Curiosidades do bicho-preguiça: importância ecológica

Ele não possui apenas algas em sua pelagem. Além delas, há também algumas mariposas que possuem uma relação simbiótica com o animal.

Dessa forma, quando desce para defecar, as mariposas que vivem em seu pelo põem ovos em suas fezes.

Conheça o bicho-preguiça

Quando nascem, as larvas se alimentam das fezes do bicho-preguiça e, ao se transformarem em mariposas, voltam à sua pelagem.

Lá, elas morrem e servem de alimento para as algas que o próprio animal usa como nutriente suplementar.

Além disso, os bichos-preguiça são vitais para os ecossistemas, pois são importantes dispensadores de sementes. Eles consomem vários tipos de frutas e dispersam as sementes através das fezes, em diferentes locais.

Curiosidades do bicho-preguiça: perigo de extinção

Grande parte dos bichos-preguiça encontram-se em perigo de extinção, principalmente por conta da destruição de seu habitat. Por conta de sua lentidão, se veem mais afetados pelas mudanças em seu ecossistema.

Infelizmente, por conta de sua aparência simpática e inofensiva, tornaram-se vítimas de pessoas que querem tê-lo como pet e do tráfico ilegal.

Além disso, também têm sido capturados e utilizados para fins turísticos. Devemos lembrar que animais selvagens não são animais de estimação e nem podem ser explorados para o turismo de forma antiética.