De que forma as mudanças afetam os cães?

· abril 27, 2017

Os cães se adaptam muito rápido, mas assim como acontece com os humanos, as mudanças os afetam, e muito. Independentemente se for algo mínimo, como mudar a cama de lugar, ou algo mais drástico, como as mudanças de casa. Os cães percebem e, de uma forma ou de outra, eles são afetados.

Sabemos que você ama o seu animal de estimação e que não passa pela sua cabeça abandonar o seu bichinho quando for se mudar. Se você conseguir um local adequado para ambos, será possível retomar a convivência sem maiores problemas de adaptação.

Por que as mudanças podem afetar o meu cão?

Os cães, além de serem animais que têm os seus costumes, também são territoriais. Por isso, uma mudança de casa fará com que ele saia do seu território, e o colocará em um novo sem saber se já tem ou não um dono desse território.

Você sabe que não tem, sabe o que irá enfrentar e tem em mente que o único dono do território do seu coração e da sua casa é o seu animal de estimação. Mas demora para o seu animal entender isso. 

Sendo assim, não se preocupe, é lógico que o medo do desconhecido irá ocasionar um nervosismo e um estresse no seu amigo peludo. Quando ele estiver na nova casa, os cheiros e espaços serão todos novos para ele, o que fará com que se sinta completamente perdido.

Ele também poderá se sentir nervoso ao ver outros cães na vizinhança, pois não sabe que lugar ocupam nesse território e até que ponto ele poderá ter um pedaço dele. No entanto, não se preocupe, pois não é tão complicado fazer com que o seu cão se adapte a um novo território. Siga os conselhos simples que iremos listar a seguir.

As mudanças: ajude o seu cão a se adaptar

Existem vários passos para você seguir antes, durante e depois da mudança, para que a adaptação do seu animal de estimação no seu novo lar seja menos traumática.

Antes da mudança

  • Placa de identificação. É provável que no seu bairro conheçam o seu animal de estimação, mas no seu novo bairro e o trajeto até ele, não. Por isso, antes de mais nada, coloque o endereço na coleira do seu animal de estimação, no caso de, devido ao seu nervosismo, ele sair correndo. Será mais fácil recuperá-lo.
  • Antes da mudança, se não for muito longe, passeie com o seu animal de estimação pela nova vizinhança, para que, quando chegue, tudo seja mais familiar e o choque seja menor.
  • Não lave a cama do seu bichinho, em breve você terá tempo para isso. Os seus objetos pessoais são de grande importância para ele, pois, através do seu olfato, a sua mente se enche de lembranças. Ter algum objeto velho, como a sua cama, fará com que ele se sinta mais seguro nos primeiros dias.
  • Siga os horários. É normal que, com a mudança, os seus horários também mudem, mas tente não mudar muito a rotina do seu animal de estimação.

Durante as mudanças

  • Deixe o cão em casa. Não o leve em todas a viagens que você fizer para levar as suas coisas. Se alguém da sua família ou algum amigo puder ficar cuidando do seu bichinho, melhor ainda.
  • Deixe as guloseimas e quitutes espalhados pela nova casa, dessa forma ele irá se divertir procurando os tesouros escondidos na sua nova casa.
  • Não deixe o seu bichinho sozinho quando chegarem lá, pois ele ficará nervoso.

Depois da mudança

  • Deixe que ele cheire tudo.
  • Deixe bem claro desde o primeiro momento os lugares em que ele pode e não pode ficar.
  • Deixe-o escolher o lugar para colocar a cama dele, eles sabem escolher direitinho.
  • Durante os passeios, seja paciente. Tudo é novo e ele precisa farejar para interagir bem como o novo mundo que o rodeia.
  • Deixe que ele se relacione com os seus novos vizinhos caninos.
  • Leve-o para conhecer o seu veterinário, mesmo que ele esteja bem. Dessa forma, ele se sentirá mais confortável quando estiver com algum problema e tiver que ir visitá-lo.