Devo cortar os pelos do meu animal de estimação no verão?

· novembro 8, 2018
A verdade é que a tosa é mais aconselhável nas estações de outono ou primavera, quando não está muito quente ou muito frio, pois a pelagem dos cães também refrigera seu corpo.

Quando o verão chega, cabeleireiros caninos ficam cheios de pessoas que querem cortar os pelos de seus pets, mas é realmente necessário tosá-los no verão? Se você já se fez essa pergunta, hoje a responderemos. Fique conosco!

Cortar os pelos do meu animal de estimação no verão, sim ou não?

Se você tem um gato ou um cachorro, essa é uma pergunta que passará por sua mente toda vez que o verão se aproximar.

Você pode ter ouvido que os pelos “esquentam” os animais. Mas a verdade é que, antes de “passar a tesoura” no seu animal de estimação, você deve saber que os pelos servem como um cobertor no inverno e uma geladeira no verão.

De fato, muitos veterinários não aconselham cortar os pelos de nossos animais neste momento. Por exemplo, a “Sociedade contra a Crueldade contra Animais” explica textualmente:

“Ainda que as pessoas não suportem os próprios pelos durante o verão, a verdade é que os pelos de cães e gatos lhes proporcionam alívio e proteção contra o calor.”

Bichón sendo tosado

Entenda que os pelos que nossos animais de estimação têm, servem como um tipo de isolamento térmico impede que o calor os machuque.

Então, é o oposto do que acreditamos, pois os pelos funcionam como um sistema de resfriamento natural para nossos animais de estimação.

Se fizermos a tosa, os nossos animais estarão expostos a um maior risco de superaquecimento.

Em todo caso, é altamente recomendável cortar os pelos de nossos animais de estimação pelos menos duas vezes por ano.

Pois isso irá eliminar os nós mais rebeldes, deixar o couro cabeludo respirar e remover os pelos velhos, para que possam ser substituído por novos.

No entanto, os especialistas recomendam que esses cortes sejam feitos no outono e na primavera, quando as temperaturas ainda não estão altas ou baixas demais, para evitar danos ao animal.

Como podemos ajudá-lo no verão?

Se, depois de tudo o que leu sobre o assunto, você decidir não cortar os pelos do seu animal de estimação, você pode se perguntar como ajudá-lo ainda mais a se refrescar no verão

Pense que os animais passam calor como nós, mas agora você já sabe que isso nada tem a ver com os pelos.

Rasqueadeira

O que você pode fazer para ajudar seu animal de estimação a lidar com seu calor é o seguinte:

  • Mantenha a casa ventilada. Abra as janelas ou ligue o ar condicionado, se você tiver, ou, ainda, um ventilador. Esta última opção pode não ser a favorita do seu animal de estimação, porque ele não vai gostar muito do vento, mas se é a única coisa que você tem e está muito quente, é uma opção.
  • Ofereça-lhe água fresca. Se a água da torneira sair muito quente, ou a que o seu animal de estimação tem disponível perde a temperatura ideal rapidamente, não hesite em misturar água gelada com a água à temperatura ambiente. Além disso, cuide para que sua vasilha esteja sempre limpa.
  • Sua cama. É possível que os materiais da cama de seu pet sejam muito sintéticos e isso aquece o seu animal de estimação. Você poderá cobri-la com um pano velho ou comprar uma cama nova. O importante é que ele tenha um lugar confortável para relaxar durante as altas temperaturas.
  • Escovação. Como dissemos anteriormente, os pelos agem como um isolante térmico, que impede que o seu animal sinta calor. No entanto, se não escovarmos os pelos constantemente, poderemos ter nós enormes que prejudicam o animal. Neste caso, mesmo sendo verão, é melhor tosá-lo.

Como vimos, para que para o verão seja uma estação mais agradável para os nossos animais de estimação, não devemos cortar os pelos. Apenas tente cuidar deles durante o ano todo e ajudá-lo de outras formas a superar o calor.