Escolher uma fantasia para o seu cão, algumas dicas!

· fevereiro 20, 2019
Sabemos que um animal de estimação fantasiado sempre irá inspirar ternura. No entanto, antes de fazer isso, você deve levar em conta algumas dicas. 

Hoje em dia, mais e mais pessoas escolhem fantasiar seus cães em celebrações especiais como o Natal e o Halloween. Fantasias para cães geralmente são muito engraçadas e podem ser uma boa oportunidade para a diversão em família. Mas é essencial ter muito cuidado ao escolher uma fantasia que não prejudique seu pet.

Dicas para escolher uma fantasia para o seu cão

Para escolher o traje ideal para os nossos amigos cães, é essencial ter em mente as seguintes diretrizes:

  1. O conforto do seu cão sempre vem em primeiro lugar

Uma fantasia pode parecer ótima a olho nu, mas se não for confortável para o seu animal de estimação, simplesmente não funciona.

Embora parte do objetivo de fantasiá-lo seja parecer algo engraçado e bonito, seu conforto deve estar sempre em primeiro lugar.

Pela mesma razão, não devemos forçar nosso cão a permanecer com uma roupa que o incomode. Além disso, lembre-se de que cada cão precisará de seu próprio tempo para se acostumar a usar uma fantasia.

Como donos, devemos saber respeitar e encorajar a adaptação do nosso animal de estimação.

  1. Sempre prefira materiais de boa qualidade

Ao pesquisar na internet ou em lojas físicas, encontraremos figurinos de todos os estilos, materiais e preços. As fantasias de melhor qualidade podem ser um pouco caras, mas pense nisso como um investimento.

O ideal é que o traje para o seu cão seja feito com materiais resistentes e tecidos hipoalergênicos. Também é importante olhar para a costura e suas extremidades, para evitar coceira ou uma irritação da pele de nosso peludo.

cães com roupas de frio

  1. Conheça as medidas do seu cão para escolher o tamanho ideal

Sim, pode parecer um conselho muito óbvio, mas ainda é um fator chave para escolher uma fantasia para o seu cão.

Antes de comprar uma peça de roupa para o seu peludo, lembre-se de tirar suas medidas com cuidado e calma.

O tamanho ideal deve permitir que o seu cão se sinta confortável e possa se movimentar livremente.

Ou seja, a fantasia não deve interferir em seus movimentos, nem ser muito apertada, nem muito longa ou curta.

  1. Evite peças de vestuário com ornamentos e acessórios muito pequenos

Muitos dos figurinos têm detalhes, ornamentos ou complementos que ajudam a compor o personagem que eles representam.

Ao escolher uma fantasia para o seu cão, é essencial prestar especial atenção aos botões, pendentes e outros ornamentos.

Esses enfeites podem estar presentes, mas devem estar bem aderidos ao tecido para não se soltarem facilmente.

Também devemos evitar roupas que contenham acessórios muito pequenos, que possam ser engolidos pelo cão.

Por outro lado, lembre-se de que ornamentos muito grandes podem pesar, dificultando a movimentação do cão. Além disso, se eles forem muito brilhantes ou barulhentos, os cães podem se assustar.

Como ajudar seu cão a se adaptar a sua nova fantasia?

Como vimos, o seu cão terá que ter seu próprio tempo para se adaptar a sua nova fantasia. Especialmente se você não o tiver acostumado a usar esses tipos de roupas.

A primeira coisa que devemos entender é que a adaptação é um processo lento e gradual. Nenhum animal se adapta a uma nova realidade de um dia para o outro, porque as mudanças exigem tempo para serem assimiladas.

Embora devamos sempre respeitar os tempos e limites de nossos cães, podemos ajudá-los a viver o processo de adaptação de maneira mais prazerosa. Nós nunca deveríamos forçá-lo a vestir ou a permanecer em sua fantasia contra sua vontade.

cães com fantasias

Antes de vesti-lo com uma fantasia, devemos deixar a roupa ao alcance dele para que ele possa sentir seu cheiro e se acostumar com sua presença.

Então podemos fazer o primeiro teste e observar sua reação ao usar a fantasia. Se o cão estiver desconfortável, devemos retirá-la imediatamente e tentar novamente em algum outro momento.

Quando o cão já estiver confortável, usaremos um reforço positivo para incentivá-lo a usar sua fantasia e recompensar sua coragem.

Além de oferecer-lhe um tratamento para se comportar bem com a sua fantasia, vamos nos dedicar a brincar com os nossos cães por um bom tempo.

Cuidado ao sair com seu cão fantasiado na rua

As etapas acima devem ser feitas em um ambiente seguro e controlado, como a nossa casa, para facilitar a concentração do cão. O segundo estágio de adaptação do seu cão ao seu traje o levará para a rua.

O fato de sair para passear com um cão fantasiado supõe alguns desafios, como a aproximação das pessoas.

Vendo como seu cão fica fofinho quando fantasiado, muitas pessoas vão querer vir cumprimentá-lo, especialmente crianças pequenas.

Essas situações podem gerar estresse ou medo no cão, por isso devemos estar sempre atentos. Também será essencial que o seu cão seja devidamente socializado e que tenha aprendido a relacionar-se positivamente com as pessoas e com outros animais.

Esperamos que as nossas dicas tenham sido úteis!