Exercícios para filhotes e seus benefícios

· junho 4, 2018

Há diferentes exercícios para filhotes que eles podem desfrutar a qualquer hora do dia, tanto em casa como ao ar livre.

Sabemos que os cães, quando são filhotes, gostam de brincar, correr e pular. Porém, talvez precisem de uma atividade física mais “formal”, obviamente, sem deixar de lado a diversão. Exercícios são práticas que não devem faltar na vida de um filhote de cachorro. Saiba mais abaixo.

Exercícios para filhotes: recomendações

Antes de iniciar uma rotina de exercícios para filhotes, seria bom analisar algumas questões em relação às suas necessidades e habilidades. Apesar dos cães serem ágeis, cheios de energia e amor por brincadeiras, também precisam dormir e descansar.

1. Não exagere nos exercícios

Quando os cães são pequenos, possuem uma grande quantidade de energia, mas o descanso é também importante para crescerem fortes e saudáveis.

Lembre-se de que, quanto maior for o cão, mais propenso ele está de sofrer com problemas ósseos e articulatórios no futuro. Uma boa maneira de evitar esses problemas é incentivá-lo a praticar certas atividades e respeitar seu tempo de descanso.

2. Comece pouco a pouco

Não é uma questão do animal se esforçar em demasia. Muito esforço pode machucá-lo ou cansá-lo mais do que seu corpo pode aguentar. Aumente a intensidade pouco a pouco e preste atenção aos sinais que o cão dá. Caso ele comece a ofegar, pare de ir atrás da bola ou pare de brincar, é porque está cansado.

3. Acostume-se com a raça

Um Golden Retriever não é igual a um Basset Hound, um Boxer ou um Cocker spaniel. Cada raça tem características próprias que lhes permitem ou não a prática de certos exercícios. Lembre-se de que cães com focinhos curtos ou braquicefalia cansam mais rápido por não conseguirem respirar corretamente.

Por outro lado, raças mais atléticas, como o dálmata e o pastor alemão, precisam de mais exercícios que raças mais sedentárias, como o labrador.

4. Comece o adestramento

Levar seu cão a uma escola de adestramento é uma excelente forma de exercitá-lo. Além disso, a experiência é boa para a saúde mental do animal. Um cão obediente sofre menos estresse, conhece seus limites e vive melhor.

Filhotes e exercícios

5. Leve-o para passear

Se você não tem muito tempo livre para se exercitar com seu cão, leve-o para passear! É uma ótima atividade para se fazer com nosso cão. Comece caminhando um pouco pela manhã e vá aumentando o percurso ou o tempo na medida em que ele for se acostumando.

Não se esqueça de ensiná-lo a passear com coleira e perto de você. Dessa forma, você evita que ele corra para longe ao ver algo que chame sua atenção. Porém, deixe-o brincar livremente em áreas mais vazias de um parque.

6. Siga uma rotina

Os animais precisam seguir certos hábitos para ficarem relaxados e serem obedientes. Esses hábitos devem incluir ter uma hora para comer e para passear. E, claro, uma hora para se exercitar. Os filhotes são mais ativos pela manhã do que à noite. Aproveite essa energia para brincar com ele, mas sempre antes de alimentá-lo.

Se você não puder manter uma rotina de exercícios, recomendamos que pelo menos o entretenha um pouco. Alguns minutos serão suficientes para gastar sua energia acumulada e evitar o estresse ao ficar sozinho.

Brincadeiras e exercícios para filhotes

Você não sabe como brincar ou se exercitar com seu cão? Existem diferentes exercícios para filhotes que eles podem desfrutar a qualquer hora do dia, tanto em casa como ao ar livre. Esses exercícios ajudam a desenvolver concentração, obediência, inteligência, audição e olfato.

1. Esconde-esconde

Pegue um objeto ou brinquedo que o cão goste e esconda-o para ele procurar. Se encontrar, recompense-o com um petisco, carícias e mimos.

2. Dar a pata

Esse truque tão comum para os caninos é ótimo para exercitar a obediência e a atenção. O melhor momento para ensinar a dar a pata é quando o cão é filhote.

Filhote de husky siberiano

3. Encontrar o prêmio

Esse jogo consiste em colocar três recipientes no chão e esconder comida embaixo de um deles, deixando os outros dois vazios. Dessa forma, o animal irá se guiar por seu olfato para encontrar o prêmio.

4. Corrida de obstáculos

Para esse exercício, você precisará de espaço, como um jardim ou terraço. Em várias lojas de animais há kits completos de obstáculos. Porém, você também pode fazer os seus: túneis, bancos, caminho em zigue-zague, etc. Há muitas opções!