Benefícios da hidroterapia para cães

janeiro 4, 2020
A hidroterapia para cães usa a água como um elemento curativo para combater vários tipos de problemas; ela pode reduzir o estresse e aliviar tensões, bem como atenuar diferentes tipos de dor.

Existem diferentes técnicas e tratamentos que podem ajudar os nossos animais de estimação se eles estiverem com alguma doença ou sentindo dores. Uma delas é a hidroterapia para cães. Você quer saber quais são os seus principais benefícios? Então não hesite em ler este artigo.

O que é a hidroterapia para cães?

Trata-se de uma técnica semelhante à utilizada em humanos que sofreram um acidente ou têm uma doença que requer algum tipo de reabilitação. No caso da hidroterapia para cães, a água também é usada como método de cura, tanto para doenças quanto para lesões ou distúrbios.   

Estar submerso em uma piscina a uma certa temperatura ajuda a reduzir o estresse dos cães, a aliviar a dor e a diminuir as tensões. Portanto, ela é algo cada vez mais recomendado pelos veterinários para os animais idosos, para os que não conseguem andar ou para os que sofreram um acidente que não permite que eles se movimentem adequadamente.

Os tratamentos são realizados em piscinas especiais e sempre sob a estrita supervisão de um profissional. Dependendo do caso, o cachorro é vestido com um colete salva-vidas para que ele possa flutuar e fazer diferentes exercícios simples. Um dos mais comuns é se movimentar para buscar uma bola a uma certa distância.

Também existem outros dispositivos dentro da hidroterapia para cães, como as esteiras subaquáticas, por exemplo. Estas esteiras são iguais às da academia, mas ficam submersas na água.

Elas são utilizadas para os animais com problemas de locomoção e podem ser reguladas tanto em termos de velocidade quanto de inclinação. O objetivo é fazer com que as articulações recebam o menor impacto possível durante o movimento, uma vez que a água reduz bastante o esforço que deve ser feito.

Benefícios da hidroterapia para cães

Outro método de hidroterapia para cães é o chamado ‘banho de contraste’, usado quando o animal tem problemas circulatórios. O animal é colocado em uma piscina de água fria e, em seguida, em outra de água quente (ou vice-versa) para ajudar na compressão e dilatação das veias e artérias.

Quando a sessão termina, o cachorro é levado para uma jacuzzi que tem como objetivo fazê-lo relaxar, proporcionando assim um maior efeito sobre as áreas trabalhadas.

Quando esta técnica é utilizada?

O veterinário será o responsável por determinar se o animal precisa desse tipo de tratamento; quantas sessões e quais exercícios devem ser executados são aspectos que devem ser decididos pelos especialistas em hidroterapia para cães.

Na maioria dos casos, essas terapias são benéficas para os cães, mas também pode haver algumas contraindicações – que o profissional deve avaliar – caso o cachorro sofra de problemas nos rins ou nos pulmões, se ele tiver úlceras ou feridas cirúrgicas ou se ele tiver problemas cervicais.

A hidroterapia para cães é indicada principalmente para o tratamento da artrose, de dores musculares ou articulares, de problemas neurológicos e para os processos de reabilitação após intervenções cirúrgicas.

Cachorro em sessão de hidroterapia

As doenças que costumam ser tratadas com esse método são a displasia do quadril ou de cotovelo, a luxação da patela, as rupturas de ligamentos e a espondilose.

Quais são os benefícios da hidroterapia para cães?

Existem inúmeras vantagens que esta técnica oferece aos animais de estimação, principalmente graças à água, que possui muitas propriedades. Entre elas, podemos destacar o fato de que ela reduz o impacto dos movimentos em comparação com qualquer ambiente terrestre. 

Executar qualquer tipo de exercício na água permite desenvolver a força, a resistência cardiorrespiratória, a massa muscular, a agilidade e a amplitude de movimentos, ao mesmo tempo em que as dores são reduzidas. Para os cães, a hidroterapia tem os seguintes benefícios:

  • Fortalece os músculos
  • Melhora o movimento articular
  • Estimula a circulação sanguínea
  • Alivia o inchaço
  • Reduz espasmos musculares
  • Reeduca a marcha
  • Melhora a resistência cardiorrespiratória

Por fim, vale a pena destacar que a hidroterapia para cães permite exercícios ativos, porém suaves, graças à flutuabilidade na água. Isso dá uma maior sensação de segurança ao animal quando ele está se recuperando de um acidente ou intervenção cirúrgica.

Rodríguez Fuentes, G., & Iglesias Santos, R. (2002). Bases físicas de la hidroterapia. Fisioterapia. https://doi.org/10.1016/S0211-5638(01)73023-4