Instruir um cão durante a caminhada diária

· janeiro 23, 2019
Ao instruir um cão durante a caminhada faz com que o animal de estimação permaneça calmo e aproveite a experiência, evitando assim, problemas. 

Certamente você já viu ou experimentou: animais de estimação que puxam a correia quando estão na rua, ou aqueles que fogem sem prestar atenção aos chamados de seus donos. Alguns também latem para atacar ou afugentar outros animais. É muito importante instruir um cão durante a caminhada diária. Nós diremos a você como fazer isso neste artigo.

Instrua um cão durante a caminhada: regras principais

Se um filhote vai iniciar seus passeios na rua, é essencial seguir algumas regras básicas que permitirão caminhadas mais divertidas e descontraídas:

  1. Coleira e correia

Ambas são essenciais quando o animal é pequeno e não tem experiência. Desta forma, ele não ficará muito longe de você e o dono será capaz de controlá-lo.

No começo, é provável que ele puxe muito, mas com paciência e dedicação você fará com que ele caminhe ao seu lado “como deveria”.

Em alguns casos, o uso do peitoral é mais recomendado, porque evita ferimentos ou lesões cervicais no animal.

  1. Controle

Isso é essencial para que todos tenham um ótimo passeio. O cão – seja um sharpei ou um dálmata – deve saber que você é quem controla a situação e não o contrário.

Ele deve andar ao seu lado, nem na frente nem atrás, seguindo o seu passo. Você pode recompensá-lo com um petisco quando ele se comportar dessa maneira.

Mulher no parque com cachorro

  1. Calma

Não se esqueça de que os animais identificam as emoções das pessoas. Portanto, se você está calmo, seu animal de estimação também ficará.

Evite a adrenalina em excesso com palavras como ‘passear’ ou ‘rua’, pois isso o deixará nervoso. Caminhe com a pausa e aproveite o momento… ele fará o mesmo!

  1. Paciência

Instruir um cão não é uma tarefa fácil, leva tempo, compromisso e esforço, mas depois os resultados são percebidos.

Ele aprenderá do dia a dia e, se você mostrar seu orgulho e elogiá-lo, certamente ele desejará ser melhor no futuro.

  1. Recompensas

Que melhor maneira de dizer ao seu cão que você está feliz com suas ações do que dando-lhe presentesNão há necessidade de ser biscoitos ou guloseimas, porque com um carinho, uma palavra amorosa ou um pouco mais de brincadeiras, você já estará presenteando-o.

Instruir um cão para andar sem coleira

Depois que conseguir controlá-lo, você terá que tornar as coisas um pouco mais difíceis, sempre confiando que pode se encarregar da situação. Levar o seu cão sem coleira pode parecer impossível, mas não é.

E o melhor de tudo, uma vez que ele ‘domine a técnica’ e aprecie a liberdade de passear sem correia, os passeios serão ainda mais divertidos.

Quando você começa com este exercício, deve liberá-lo pouco a pouco. Você pode comprar uma coleira-extensível de poucos metros, para que o animal pense que está livre e para que você possa continuar a controlá-lo.

Escolha um local espaçoso e, quando possível, cercado, para praticar nas primeiras vezes. A reação dele será a de fugir e, diante de tanta alegria, ele pode atravessar a rua ou atingir pessoas que andam por lá.

É muito importante escolher as ordens diretas e concretas para que o animal entenda quando deve retornar para o seu lado e quando deve andar muito perto de você (como se tivesse em uma coleira). Uma palavra pode ser suficiente: “vem”, “andar”, “brincar”, etc.

Instruir um cão para evitar brigas

Na caminhada diária, costumamos levar nosso animal a um parque ou um espaço verde onde há outros animais.

Embora a socialização seja fundamental no desenvolvimento do cão, também pode causar problemas comportamentais, especialmente se ele quiser atacar ou morder um “colega”.

Cachorros correndo no parque

Neste ponto, seu animal de estimação já deve saber que você é o responsável e, portanto, cumprir suas ordens. No entanto, por vezes, ele “esquece” esse detalhe, porque considera que existe um perigo iminente nas proximidades (a presença de outro cão).

A princípio, você não removerá a correia e deixará que ele se aproxime do ‘intruso’ pouco a pouco. Avalie sua reação e sua linguagem corporal e fique atento para saber quando afastá-lo do foco do conflito.

Instruir um cão durante a caminhada diária não é uma tarefa fácil, mas traz muitas satisfações. É por isso que vale o esforço!