Em Madrid, você terá que fazer um exame de DNA em seu cão

· agosto 15, 2018
Trata-se de uma iniciativa da comunidade autônoma para dissuadir quem não recolhe as fezes de seu animal nas ruas. Também tem o objetivo de identificar e criar um senso de animais.

Um dos grandes problemas é que muitos donos não recolhem as fezes de seus bichinhos ao passearem com eles e; no fim, os justos acabam pagando pelos pecadores. Pois bem, em Madri isso vai acabar; pois você terá que fazer um exame de DNA em seu cão para reconhecer se as vezes recolhidas pelo serviço municipal são dele ou de outros.

Ainda que isso crie um gasto que muitos não querem assumir; é uma iniciativa benéfica para todos. Se você sempre recolhe as fezes de seu animal, não terá nenhum problema. Vamos lhe contar tudo o que sabemos sobre essa nova iniciativa; pioneira em Madri.

O porquê dessa iniciativa

São muitos os donos pouco responsáveis que não recolhem as fezes de seus animais. Isso gera muitos problemas não só para outros donos de cães; mas também para a vizinhança em geral. Diariamente, há muitas reclamações de pessoas que sem querer pisam em um cocô de cachorro não recolhido.

Há muitos lugares onde podemos ver cartazes pedindo aos donos que sejam responsáveis por seus animais e que eles não têm culpa. Tudo isso gera uma rejeição aos animais daqueles que não tem um dono responsável; e isso não pode ser permitido.

cão fezes

Assim, a Comunidade de Madri pensou que, se não fazemos por bem; teremos que fazer por mal. Muitos donos não recolhem as fezes de seus animais porque acreditam que nunca serão punidos. E isso realmente era assim; até agora.

Com essa nova lei, tudo muda para pior; para aqueles que não recolhem as fezes de seus cães, e para melhor para quem o faz; pois os justos não pagarão mais pelos pecadores.

Você terá que fazer um exame de DNA em seu cão

Em todas as cidades, há lugares determinados para os cães passearem, como parques e algumas ruas específicas. Se os donos não recolhem as fezes de seus animais, elas se acumulam e incomodam a todos os que vivem na área.

Devido a reclamações constantes de muitos vizinhos, em Madri iniciou-se algo novo: um exame de DNA em seu cão.

Além disso, o cão terá que ser submetido a um exame de sangue para determinar se ele é ou não um animal que já está no censo.

Madri tem o objetivo de criar uma enorme base de dados; onde serão listados os cães que passaram pelo censo e os que fizeram o exame de DNA.

cães e veterinários

Um funcionário público vai se encarregar de recolher as fezes dos animais de estimação e levá-las ao laboratório, onde se analisará, através do DNA, de que cão são.

Depois, será elaborada a multa correspondente para o dono.

Também será aceito que os vizinhos; que veem fezes constantemente na área em que vivem, as levem à polícia ou chamem os serviços de retirada; para que o processo seja feito.

Além disso, com o tempo, será possível saber se o cão que está na rua com seu dono está ou não no censo; e se já fez o exame de DNA.

Caso não tenha feito, o dono será multado.

E em outras cidades?

Há outras cidades como Tarragona e alguns município do Vallés que já conseguiram aplicar multas por fezes na rua.

Porém, sem dúvidas, essa nova iniciativa tornará esse trabalho mais simples.

Com certeza muitas cidades espanholas seguirão os passos de Madri nesse assunto. Ter que fazer um exame de DNA em seu cão será algo comum na Espanha.