Manutenção do aquário no inverno

A manutenção do aquário no inverno é fundamental para manter o estado de saúde dos seus peixes com a chegada do frio. Por isso, convidamos você a conhecer cinco conselhos para que as baixas temperaturas não ameacem o equilíbrio do seu aquário.

Conhecendo melhor a temperatura corporal dos peixes

A maioria dos mamíferos, inclusive, o ser humano, é endotérmico. Significa que são capazes de gerar calor e aquecer seus tecidos corporais se valendo do seu próprio metabolismo. Por isso, são conhecidos como “animais de sangue quente”.

A maioria dos peixes, da mesma forma que os répteis e anfíbios, são ectotérmicos. Seu organismo não é capaz de produzir calor. Na verdade, são as condições externas que determinam a temperatura do seu corpo. Por isso, são capazes de experimentar grandes diferenças e mudanças de temperatura. Esses “animais de sangue frio” utilizam as fontes externas para se aquecer ou se resfriar.

peixes no aquário

Condições marinhas

Os peixes do mar costumam regular sua temperatura corporal por meio do comportamento. Diferente dos mamíferos, que fazem isso utilizando métodos fisiológicos.

As massas de água mais profundas do oceano são mais frias, enquanto que as mais superficiais se aquecem por causa dos raios solares. Os peixes com maior capacidade de termorregulação permanecem em uma camada de água profunda, sem migrar no inverno. Já os peixes menos termorreguladores costumam buscar as camadas de água mais quentes.

Cinco conselhos para a manutenção ideal do seu aquário no inverno

1. Temperatura adequada

Ter um peixe em um aquário significa recriar a temperatura do seu habitat natural para possibilitar o seu desenvolvimento. De acordo com os especialistas, cerca de 70% das espécies de peixes vivem em águas de clima temperado.

Por isso, quando temos um aquário no inverno, em regiões de clima frio, ele deve possuir um sistema eficiente de calefação.

Além disso, é importante ter um termostato ou sistema de medição que permita regular e controlar a temperatura interior do aquário. Os peixes também podem sofrer com o superaquecimento da água.

Sempre que se fala de calefação, é básico reafirmar a importância de ventilar corretamente o ambiente. Deve-se deixar uma parte da janela aberta durante todo o dia, evitando qualquer acidente ou intoxicação.

Muitos especialistas defendem que é bom desligar a bomba de circulação de água do aquário no inverno, principalmente, quando se tratam de muitos peixes diferentes vivendo em tanques de grande porte.

2. Escolher a localização ideal para o seu aquário

Comprar um bom e amplo aquário é apenas o primeiro passo para cuidar dos seus peixes. Escolher a localização ideal é indispensável para acondicionar o ambiente onde crescem e se desenvolvem as espécies marinhas.

Nunca se deve deixar um aquário exposto às intempéries. A friagem e o calor são muito perigosos para a saúde dos peixes. O ideal é dar preferência a um ambiente ventilado e com boa incidência de luz solar.

O Feng Shui recomenda colocar os aquários do lado direito das janelas, de preferência na área norte da casa ou do ambiente de trabalho. Essa disposição seria perfeita para proporcionar boas energias ao ambiente.

3. Alimentação equilibrada no inverno

A maioria das espécies adota mudanças naturais nos seus hábitos alimentares durante o inverno. E os peixes não são uma exceção.

Quando contamos com uma calefação adequada, a alimentação dos peixes deve ser realizada de duas a quatro vezes por dia, sempre que a temperatura esteja acima dos 12 °C.

No entanto, quando se escolhe deixar que os peixes entrem em estado de hibernação, a alimentação deve ser oferecida apenas uma vez por dia. Essa prática respeita as mudanças alimentares, mas exige muitos cuidados. E, além disso, um controle permanente da temperatura do aquário no inverno.

peixe no aquário

E como saber se o seu aquário está bem equilibrado?

A melhor forma de averiguar se as águas do seu aquário estão bem equilibradas é observar o comportamento dos seus peixes. Esses animais são muito sensíveis e demonstram facilmente que estão vivendo em condições inapropriadas.

Quando a temperatura do interior do aquário está equilibrada, os peixes tendem a não demonstrar grandes alterações. Eles continuam sua rotina de alimentação e natação característica do verão.

No entanto, se as águas do aquário se tornam frias, isso dispara o gatilho das suas habilidades de sobrevivência. Sobretudo, ficam imóveis no fundo do aquário, evitando circular pelo espaço.

Esse mesmo comportamento pode ser provocado pelo frio ou pela alimentação desequilibrada durante o inverno.

Os peixes precisam de atenção redobrada com a chegada do frio. Manter corretamente seu aquário no inverno é a melhor maneira de protegê-los.

Recomendados para você