As melhores dicas para cuidar de cães e gatos idosos

Hoje, vamos dar algumas dicas para ajudar você a cuidar de cães e gatos idosos, tanto no descanso quanto no exercício ou na alimentação.
As melhores dicas para cuidar de cães e gatos idosos

Última atualização: 11 Junho, 2020

Nossos animais de estimação envelhecem e, como nós, precisam de uma série de cuidados especiais. Neste artigo, vamos descrever algumas das dicas mais importantes para que cães e gatos idosos mantenham uma boa qualidade de vida.

Quando os animais ficam idosos?

Evidentemente, isso depende de cada animal e de sua raça. Geralmente, um cão de tamanho médio atinge a maturidade entre os  8 a 9 anos. No caso de cães de raças grandes, isso acontece mais cedo. Os gatos geralmente têm vida mais longa: atingem a velhice aos 8 anos e chegam a viver cerca de 16 anos.

Quando eles chegarem a essa etapa, lembre-se de que suas necessidades diárias vão mudar. Como donos, devemos dar atenção especial aos nossos cães e gatos idosos e seguir uma série de dicas para facilitar o dia a dia do animal.

Uma boa alimentação

A escolha de uma alimentação de qualidade é indispensável para manter nossos animais de estimação saudáveis. No caso de cães e gatos idosos, esse requisito é ainda mais importante. A idade avançada pode trazer distúrbios digestivos ou de qualquer outro tipo.

dicas para cuidar de cães e gatos idosos

Por isso, se escolhermos uma dieta comercial ou caseira, devemos garantir que seja fácil de digerir e que contenha os suplementos necessários que eles possam precisar nessa idade: como por exemplo, antioxidantes, agentes que fortaleçam articulações e ossos etc.

Se o veterinário concordar, você pode complementar a dieta com suplementos nutricionais que ajudem a saúde do seu animal de estimação.

Convivência com cães e gatos idosos

Para tornar o dia a dia mais agradável, a recomendação é seguir algumas diretrizes básicas. Por exemplo, se em sua casa houver animais de estimação de diferentes idades, é importante separar a comida e ensiná-los a respeitar a ração de cada um deles.

Realizar cuidados diários especiais também vai ajudar. É aconselhável adaptar caminhadas e atividades diárias, para que eles permaneçam ativos, mas sem realizar muito esforço.

dicas para cuidar de cães e gatos idosos

Proporcionar um bom descanso é uma boa prática, e existem diferentes camas ou locais de descanso adaptados aos animais de idade avançada. No caso dos gatos, uma escovação diária ajudará com a troca de pelo, além de confortá-lo. Não se esqueça de que é necessário demonstrar carinho aos animais de estimação, sempre.

Vá ao veterinário com frequência

Levar nossos gatos e cães idosos ao veterinário é essencial. À medida que eles envelhecem, a frequência das consultas deve aumentar. Os exames regulares nos ajudam a confirmar que tudo está funcionando corretamente e, além disso, podem prevenir doenças ou transtornos típicos da idade.

O veterinário pode te ajudar com dietas, orientações diárias para exercícios e outros cuidados. Nossos animais de estimação nos acompanham durante toda sua vida, por isso merecem viver saudáveis e felizes.

Pode interessar a você...
A saúde dos cães idosos: três alterações que merecem atenção
Meus AnimaisLeia em Meus Animais
A saúde dos cães idosos: três alterações que merecem atenção

Os cães idosos são uma parte essencial da família, por isso devemos dar à sua saúde toda a atenção que ela merece. Saiba mais detalhes neste artigo...



  • Laflamme, D., & Gunn-Moore, D. (2014). Nutrition of aging cats. Veterinary Clinics: Small Animal Practice44(4), 761-774.
  • Landsberg, G. M., DePorter, T., & Araujo, J. A. (2011). Clinical signs and management of anxiety, sleeplessness, and cognitive dysfunction in the senior pet. Veterinary Clinics: Small Animal Practice41(3), 565-590.
  • Grieshop, C., Flickinger, E., Bruce, K., Patil, A. R., Czarnecki-Maulden, G. L., & Fahey Jr, G. C. (2004). Gastrointestinal and immunological responses of senior dogs to chicory and mannan-oligosaccharides. Archives of animal nutrition58(6), 483-494.